Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufrn.br/jspui/handle/123456789/13785
Title: Habitus e territorialidade na composição da dinâmica imobiliária em Natal/RN
Authors: Medeiros, Gilene Moura Cavalcante de
Keywords: Produção do espaço;Habitus;Territorialidade.;Production of space;Habitus;Territoriality.
Issue Date: 7-Oct-2011
Publisher: Universidade Federal do Rio Grande do Norte
Citation: MEDEIROS, Gilene Moura Cavalcante de. Habitus e territorialidade na composição da dinâmica imobiliária em Natal/RN. 2011. 168 f. Tese (Doutorado em Desenvolvimento Regional; Cultura e Representações) - Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal, 2011.
Portuguese Abstract: A busca pela compreensão dos processos espaciais, originados a partir da dinâmica imobiliária, tem levado pesquisadores a buscar novas categorias de análise, que possam dar conta de esclarecer os aspectos menos evidentes destes processos. A discussão da produção do espaço tem sido o caminho mais perseguido nessa investigação. Por considerar que somente esse viés não dá conta de explicar a complexa realidade imobiliária urbana, buscou-se analisar, nesse trabalho, como o mercado imobiliário engendra, em Natal/RN, os meios materiais para a sua acumulação. A pesquisa teve por base metodológica a análise do discurso, visando compreender, a partir das posturas dos agentes institucionais entrevistados, as materialidades complexas configuradas no espaço urbano da cidade. Essa análise tem por base a busca por investigar a teoria da prática dos agentes envolvidos no processo, a partir de categorias como produção do espaço (Lefèbvre e Harvey); habitus (Bourdieu); ajuste espacial (Harvey); e territorialidade (Haesbaert). As apreciações iniciais indicam que os processos de ―naturalização‖ das práticas têm implicado na produção de um espaço segregado, marcado por complexas materialidades, que podem ser pensadas a partir da ideia de heterotopias (Foucault). Esses espaços são resultados da própria dinâmica inventiva do capital e da necessidade de realização social das populações de diferentes classes de renda na cidade.
Abstract: Many have sought to understand the spatial processes, which originate from land development and real estate dynamics, seeking also to build new categories of analysis to put some light on the less evident aspects of this process. The discussion about production of space has been adopted in this study, but has proved insufficient to explain this complex urban reality. Here, it is analysed the ways that, in Natal, the market fosters the material basis for capital accumulation. The research had as methodological basis, the analysis of discourse, having full interviews with institutional agents as background. It aimed at understanding the complex, material configuration in urban space. It thus investigates the theory of practices of existing (private and public) agents towards the real estate market, using several concepts, like production of space (Lefèbvre and Harvey); habitus (Bourdieu); spatial fix (Harvey); and territoriality (Haesbaert). Evidence shows that there has been a process of ‗naturalization of certain practices in the market that has had implications for the production of an urban space that is both segmented and segregated, giving rise also to complex material configurations, including different forms of heterotopies (Foucault). These spaces result from capital s own creative dynamics and of the reach for social realization for different groups of people making a living under different economic conditions of income.
URI: https://repositorio.ufrn.br/jspui/handle/123456789/13785
Appears in Collections:PPGCS - Doutorado em Ciências Sociais

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
HabitusTerritorialidadeComposicao_Medeiros_2011.pdf1.52 MBAdobe PDFThumbnail
View/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.