Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufrn.br/jspui/handle/123456789/14092
Title: Convergência ou divergência no desenvolvimento? um estudo multidimensional para o Sudeste e o Nordeste do Brasil, 1990-2010
Authors: Assis, Renato Silva de
Keywords: Multidimensional. Desenvolvimento. Convergência. Divergência. Análise de agrupamentos;Multidimensional. Development. Convergence. Divergence. Analysis of groupings
Issue Date: 2-Aug-2013
Publisher: Universidade Federal do Rio Grande do Norte
Citation: ASSIS, Renato Silva de. Convergência ou divergência no desenvolvimento? um estudo multidimensional para o Sudeste e o Nordeste do Brasil, 1990-2010. 2013. 70 f. Dissertação (Mestrado em Economia Regional) - Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal, 2013.
Portuguese Abstract: A análise de alguns aspectos do desenvolvimento no Brasil nas últimas três décadas evidencia que houve uma melhoria em uma série de indicadores isolados tanto no Sudeste região mais rica - como no Nordeste - região mais pobre. A partir de uma base de dados de vinte variáveis, o objetivo principal do estudo foi verificar se há indícios de convergência ou divergência em cinco dimensões do desenvolvimento entre as duas regiões no período de 1990 a 2010. Visando identificar os estados mais similares e mais diferentes entre si, bem como verificar alterações na composição dos grupos de baixo desenvolvimento e de alto desenvolvimento no período abordado, foi empregado a Análise de Agrupamentos (Cluster Analysis). Adicionalmente, para testar a igualdade das distâncias entre os estados ao longo do tempo, foi utilizado o teste não paramétrico de Wilcoxon. Este último tornou possível verificar se a distância entre os estados das duas regiões vem aumentando ou diminuindo, apresentando indícios de divergência ou convergência. Os resultados da análise de Cluster sugerem que há indícios de convergência dentro do cluster do Nordeste, porém, a distância entre as duas regiões não foi alterada. Os resultados do teste de Wilcoxon sugerem que não houve mudanças estatisticamente significativas na distância entre os estados. Dentro das duas regiões os padrões de desenvolvimento se tornaram mais homogêneos, porém, as duas regiões continuam muito distantes
Abstract: The analysis of some aspects of development in Brazil in the past three decades reveals an improvement on a range of indicators isolated in the south east the richest region and north east the poorest region. From a database of twenty variables, the main purpose the study was to verify if there are indications of convergence or divergence in five dimensions of development between the two regions from 1990 to 2010. Aiming to identify the states more similar and different, and to verify changes in the composition of low development groups and high development in the adressed period, was used the analysis of groupings (Cluster Analysis). Additionally, to test equality of distance between states all the time, was used the non-parametric Test of Wilcoxon. This makes it possible to verify IF the distance between the states of two regions has been increasing or has been falling, showing signs of divergence or convergence. The results of Cluster s analysis suggest that there are indications of convergence inside the cluster of north east, but the distance between two regions has not changed. The results of test of Wilcoxon suggests that there have been no changes statistically significant in the distance between the states, in the two regions the standards of development became more homogenous, but the two regions will be far apart
URI: https://repositorio.ufrn.br/jspui/handle/123456789/14092
Appears in Collections:PPGECO - Mestrado em Economia

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
ConvergênciaDivergênciaDesenvolvimento_Assis_2013.pdf566,4 kBAdobe PDFThumbnail
View/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.