Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufrn.br/jspui/handle/123456789/14096
Title: Mudanças no rural nordestino: uma análise dos determinantes da pluriatividade nas famílias rurais nordestinas, no ano de 2011
Authors: Cruz, Monica Soares
Keywords: Pluriatividade. Nordeste rural. Probit;Pluriactivity. Northeast rural. Probit
Issue Date: 19-Nov-2013
Publisher: Universidade Federal do Rio Grande do Norte
Citation: CRUZ, Monica Soares. Mudanças no rural nordestino: uma análise dos determinantes da pluriatividade nas famílias rurais nordestinas, no ano de 2011. 2013. 93 f. Dissertação (Mestrado em Economia Regional) - Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal, 2013.
Portuguese Abstract: Este estudo propõe avaliar quais os determinantes para as famílias rurais nordestinas serem pluriativas, no ano de 2011. Para isso, no primeiro momento, foi realizada uma revisão de literatura nacional e internacional com objetivo de obter, além da parte teórica que se refere ao estudo da pluriatividade, identificar os possíveis determinantes do fenômeno. Neste resgate, observou-se que os determinantes poderiam ser de natureza macroeconômica e/ou de microeconômica. Por isso, tornou-se necessário descrever as características da Região objeto do estudo, a nordestina. Com o intuito de identificar os determinantes, foram estimados dois modelos Probit, um com base na literatura revisada e o segundo com uma variável característica da região nordestina, as transferências. Para tanto, foram utilizados os microdados da PNAD no ano de 2011. Os resultados indicam que os determinantes são tanto de natureza microeconômica: sexo, raça, idade, anos de estudo, horas trabalhadas, número de membros da família, renda per capita familiar, transferência, quanto de natureza macroeconômica: condições de moradia (água, energia, saneamento), local de moradia. Além de identificar os determinantes, o modelo econométrico permite saber a probabilidade de cada variável sobre a variável dependente, na qual destacou-se: a variável transferência, sexo, renda per capita familiar, número de membros da família, as condições de moradia e o local de moradia. Portanto, concluí-se que é o conjunto dos determinantes (macro e micro) que permitem às famílias rurais nordestinas se tornarem pluriativas. No entanto, não se pode deixar de considerar que também pode haver outros determinantes que não foram captados, devido à disponibilidade dos dados, que poderão ser indicações para estudos futuros. Em síntese, a pluriatividade no Nordeste brasileiro é um fenômeno distinto daquele encontrado na Europa e no Sul do Brasil. É uma pluriatividade de sobrevivência que faz parte das estratégias das famílias rurais nordestinas, para garantir a sua reprodução social em meio às condições de pobreza da região
Abstract: This study aims to the evaluate the determinants for rural households northeastern be pluriactive, in 2011. For this, at first, we conducted a review of national and international literature in order to get beyond the theoretical part which refers to the study of pluriactivity identify possible determinants of the phenomenon. In this rescue, it was the observed determinants could be macroeconomic in nature and / or microeconomics. Therefore, it became necessary to describe the characteristics of the region under study, the Northeast. In order to identify the determinants were two estimated Probit models, one based on the literature review and the second with a variable characteristic of the Northeast, the transfers. For this, we used the PNAD in 2011. The results indicate both the microeconomic determinants are : gender, race, age, years of education, hours worked, number of family members, per capita income, transfer the macroeconomic in nature: living conditions (water, energy, sanitation ), housing location. In addition to identifying the determinants, the Econometric model allows to know the probability of each variable on the dependent variable, which stood out: the transfer variable, gender, per capita income, number of family members, housing conditions and housing location. Therefore, it is concluded that it is the set of determinants (macro and micro) allow rural families become northeastern pluriactive. However, one can not fail to consider may also have other determinants were not captured due to the availability of data, which may be indications for future studies. In summary, the pluriactivity in the Brazilian Northeast is a phenomenon distinct from found in Europe and southern Brazil. It is a pluriactivity survival that is part of the strategies of rural households in the Northeast to ensure their social reproduction amid the poverty of the region
URI: http://repositorio.ufrn.br:8080/jspui/handle/123456789/14096
Appears in Collections:PPGECO - Mestrado em Economia

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
MudançasRuralNordestino_Cruz_2013.pdf1,32 MBAdobe PDFThumbnail
View/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.