Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://repositorio.ufrn.br/jspui/handle/123456789/16777
Título: Estudos in silico da proteína AlkB e prospecção de bactérias alcanotróficas em solos da bacia petrolífera potiguar
Autor(es): Pereira, Matheus Silva
Palavras-chave: Proteínas AlkB;Proteínas alcanotróficas;Bacia Potiguar;AlkB proteins;Microbial alkanotrophics;Potiguar basin
Data do documento: 28-Fev-2007
Editor: Universidade Federal do Rio Grande do Norte
Citação: PEREIRA, Matheus Silva. Estudos in silico da proteína AlkB e prospecção de bactérias alcanotróficas em solos da bacia petrolífera potiguar. 2007. 60 f. Dissertação (Mestrado em Genética e Biologia Molecular) - Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal, 2007.
Resumo: Some microorganisms from virgin ecosystems are able to use petroleum it as source of carbon and energy. The knowledge of microbial biodiversity can help to reveal new metabolic systems for utilization alkanes with biotechnological importance. The aim of this study is: i) Accomplish an in silico study of the AlkB protein aimed to understand the probable mechanism involved on selectivity of alkanes in Gram positive and Gram negative bactéria. ii) prospect and analyze the response of the microbial alkanotrophics communities in soil and mangrove sediments of BPP RN and soil of Atlantic forest in the Horto Dois Irmãos Reserve area/PE using the molecular biomarker, gene alkB; with the PCR and PCR-DGGE approach
metadata.dc.description.resumo: Alguns microrganismos de ecossistemas virgens são capazes de utilizar petróleo como fonte de carbono e energia. O conhecimento dessa biodiversidade microbiana pode revelar vias metabólicas microbianas para utilizar alcanos que venham a ter importância biotecnológica. Os objetivos do presente trabalho são: i) realizar estudos in silico da proteína AlkB visando obter subsídios para a compreensão do mecanismo de seletividade na utilização de alcanos em bactérias Gram positivas e Gram negativas; ii) prospectar e avaliar a resposta de comunidades microbianas alcanotróficas de solos e mangue da BPP RN e solo da Mata Atlântica na Reserva Horto Dois Irmãos-PE utilizando o gene alkB como biomarcador molecular, e as técnicas de PCR e PCR-DGGE
URI: http://repositorio.ufrn.br:8080/jspui/handle/123456789/16777
Aparece nas coleções:PPGGBM - Mestrado em Genética e Biologia Molecular

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
MatheusSP.pdf227,39 kBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.