Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufrn.br/jspui/handle/123456789/17059
Title: Avaliação clínica da relação entre o índice de placa, índice gengival, alinhamento dental, mucosa ceratinizada, tipo de periodonto e distúrbios oclusais com a ocorrência de recessão gengival
Authors: Farias Neto, Eudivar Correia de
Keywords: Recessão Gengival;Índice Periodontal;Mucosa Ceratinizada;Distúrbios Oclusais;Gingival Recession;Periodontal Index;Keratinized Mocous;Occlusal Disorders
Issue Date: 27-Jul-2010
Publisher: Universidade Federal do Rio Grande do Norte
Citation: FARIAS NETO, Eudivar Correia de. Avaliação clínica da relação entre o índice de placa, índice gengival, alinhamento dental, mucosa ceratinizada, tipo de periodonto e distúrbios oclusais com a ocorrência de recessão gengival. 2010. 77 f. Dissertação (Mestrado em Odontologia Preventiva e Social; Periodontia e Prótese Dentária) - Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal, 2010.
Abstract: This study clinically evaluated the relationship of gingival recessions with the periodontal index of gingival and plaque, dental alignment, keratinized mocous, type of periodontal, and occlusal disorders. Study participants were individuals aged between 19 and 33 years. The evaluations were performed by using questionnaires and clinical examinations. In subjects examined, the teeth were assessed and divided into groups (Molars, premolars, canines and incisors). The gingival recession were measured in the central region of the teeth and individuals were subject to disclosure to the plate and observing the poll of plaque and gingival index, respectively. 558 teeth were examined, with 24.1%, 135 had gingival recession greater than or equal to 1mm. Through the combination of tests used to evaluate the average of the recession and its relationship with the variables studied, we observed that the degree of recession of the elements assessed dental showed, almost for the most part, when higher values associated with the index plaque (p = 0.101), Gingival Index (p = 0.053), dental alignment (p = 0.962), width of keratinized mocous (p = 0.004) and type of periodontium (p = 0.033), however statistically significant difference could only be considered when related the recessions in the keratinized mocous and the type of the periodontium. Although we identify, when we evaluate the whole set of teeth that occlusal disturbances (p = 0.002) were more strongly associated with cases of gum recession that the gingival index (p = 0.006), however, these two conditions were correlated with the cases of recession, contributing to its occurrence
Portuguese Abstract: Este trabalho avaliou clinicamente a relação das recessões gengivais com o Índice de placa, Índice gengival, alinhamento dental, mucosa ceratinizada, tipo de periodonto, e distúrbios oclusais. Participaram do estudo indivíduos com idades variando entre 19 e 33 anos. As avaliações foram realizadas utilizando-se questionários e exames clínicos. Nos indivíduos examinados, os dentes foram avaliados e divididos por grupos (Molares, prémolares, caninos e incisivos). As recessões gengivais foram mensuradas na região central dos dentes e os indivíduos foram submetidos à evidenciação de placa e sondagem para observação dos índices de placa e gengival, respectivamente. Foram examinados 558 dentes, sendo que 24,1%, isto é, 135 apresentavam recessão gengival maior ou igual a 1mm. Por meio dos testes de associação utilizados para avaliação da média das recessões e sua relação com as variáveis pesquisadas, observou-se que o grau de recessão dos elementos dentários avaliados apresentaram, quase que em sua maioria, valores médios maiores quando associados ao Índice de Placa (p=0,101), Índice de Gengival (p=0,053), alinhamento dentário (p=0,962), largura da mucosa ceratinizada (p=0,004) e tipo de periodonto (p=0,033), no entanto diferença estatisticamente significante só pôde ser considerada quando relacionamos as recessões com a mucosa ceratinizada e com o tipo do periodonto. Ainda foi possível identificar, quando avaliamos todo o conjunto dos dentes que os distúrbios oclusais (p=0,002) estiveram mais fortemente associados aos casos de recessão gengival que o índice gengival (p=0,006), no entanto, essas duas condições se mostraram correlacionadas com os casos de recessão, contribuindo na sua ocorrência
URI: http://repositorio.ufrn.br:8080/jspui/handle/123456789/17059
Appears in Collections:PPGOPS - Mestrado em Odontologia

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Eudivar Correia de Farias Neto_DISSERT.pdf1,62 MBAdobe PDFThumbnail
View/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.