Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufrn.br/jspui/handle/123456789/17304
Full metadata record
DC FieldValueLanguage
dc.contributor.advisorAraújo, John Fontenelept_BR
dc.contributor.authorFortes, Fabiano Santospt_BR
dc.date.accessioned2014-12-17T15:37:00Z-
dc.date.available2011-01-10pt_BR
dc.date.available2014-12-17T15:37:00Z-
dc.date.issued2011-08-24pt_BR
dc.identifier.citationFORTES, Fabiano Santos. The effect of circadian desynchronization about metabolism. 2011. 87 f. Dissertação (Mestrado em Estudos de Comportamento; Psicologia Fisiológica) - Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal, 2011.por
dc.identifier.urihttps://repositorio.ufrn.br/jspui/handle/123456789/17304-
dc.description.abstractThe lost of phase relationship between rhythms and behaviour can, and often do, undesirable consequences. The purpose os study was to ascertain the effect of circadian desynchronization in T22 about metabolism of wistar rats. The subjects consisted of 24 animals separated in two groups: control (n=12) T24 with 8 weeks of aged and experimental group (n=12) T22, also with 8 weeks of aged. Both the groups were subject to register of locomotor actitivity, body temperature, body weight and food intake in all the experiment. And more, both the groups were subject to food deprivation, running in treadmill and forced swimming. The results show rhythm of locomotor activity and body temperature desynchronized. Dont exist diference in body weight between both the groups (T24 = 386,75±40,78g e T22 380,83±44,28g) . However, the food intake was different between the phases, light and dark, in intergroup and intragroup. The body temperature was not different in food deprivation. The same ocurred for running in treadmill and forced swimming. Since similar alterations occur in shift workers, it is proposed that the experimental paradigm presented in this manuscript is a useful model of shift work. That is, alterations in activity/rest cycles and consummatory behavior can affect the health of organismeng
dc.description.sponsorshipConselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológicopt_BR
dc.formatapplication/pdfpor
dc.languageporpor
dc.publisherUniversidade Federal do Rio Grande do Nortepor
dc.rightsAcesso Abertopor
dc.subjectDessincronizaçãopor
dc.subjectAtividade locomotorapor
dc.subjectTemperatura Corporalpor
dc.subjectPeso corporalpor
dc.subjectConsumo alimentarpor
dc.subjectDesynchronizationeng
dc.subjectLocomotor activityeng
dc.subjectBody temperatureeng
dc.subjectBody weighteng
dc.subjectFood intakeeng
dc.titleO efeito da dessincronização circadiana sobre o metabolismopor
dc.title.alternativeThe effect of circadian desynchronization about metabolismeng
dc.typemasterThesispor
dc.publisher.countryBRpor
dc.publisher.initialsUFRNpor
dc.publisher.programPrograma de Pós-Graduação em Psicobiologiapor
dc.contributor.authorIDCPF:00826004903por
dc.contributor.authorLatteshttp://lattes.cnpq.br/6349722321093087por
dc.contributor.advisorIDCPF:22800662387por
dc.contributor.advisorLatteshttp://buscatextual.cnpq.br/buscatextual/visualizacv.do?id=K4792718J4por
dc.contributor.referees1Louzada, Fernando Mazziollipt_BR
dc.contributor.referees1IDCPF:09263082898por
dc.contributor.referees1LattesLOUZADA, F. M.por
dc.description.resumoA perda da relação de fase entre os ritmos biológicos e o comportamento pode gerar consequências indesejáveis a um organismo. Diante disso, o objetivo do trabalho foi verificar o papel da dessincronização forçada em ciclo claro-escuro simétrico de 22h (T22) sobre o metabolismo de ratos wistar. Participaram do estudo 24 animais divididos em dois grupos: grupo controle (n=12) T24 - com dois meses de idade e grupo experimental (n=12) T22, também com dois meses de idade. Ambos os grupos tiveram o registro da atividade locomotora, temperatura corporal, peso corporal e consumo alimentar durante os 110 dias de experimento. Além disso, ambos os grupos foram submetidos a privação e restrição de alimento, corrida em esteira e nado forçado para verificar a resposta termogênica as situações. Os resultados apontaram que houve dessincronização do ritmo de atividade locomotora assim como da temperatura corporal. Não houve diferença entre a média do peso corporal ao longo de todo experimento (T24 = 386,75±40,78g e T22 380,83±44,28g). Entretanto, o consumo alimentar foi diferente entre as fases, clara e escura, no mesmo grupo e entre os dois grupos. Já, a temperatura corporal durante a privação e restrição de alimento não diferiu entre os grupos. O mesmo aconteceu para a atividade física forçada (corrida em esteira e natação forçada). A mudança do padrão de atividade locomotora juntamente com a mudança no consumo alimentar indicam que o protocolo adotado pode ser eficiente para produzir o que acontece durante o trabalho em turnos. Ou seja, uma dessincronização interna. Com isso, a atividade locomotora e o consumo alimentar ficam alocados mais constantemente na fase de inatividade do animal o que pode geral malefícios a saúde de um organismopor
dc.publisher.departmentEstudos de Comportamento; Psicologia Fisiológicapor
dc.subject.cnpqCNPQ::CIENCIAS BIOLOGICAS::BIOLOGIA GERALpor
Appears in Collections:PPGPSICO - Mestrado em Psicobiologia

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
FabianoSF_DISSERT.pdf8.46 MBAdobe PDFThumbnail
View/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.