Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufrn.br/jspui/handle/123456789/17323
Title: Disfunção sexual feminina e níveis dos hormônios esteroidais em mulheres obesas atendidas no ambulatório de cirurgia bariátrica do hospital universitário Onofre Lopes em Natal/RN
Authors: Carrilho, Paulo José Faria
Keywords: Disfunção sexual;Mulheres obesas;Estradiol;DHEA;Cortisol.;Sexual dysfunction;Obese women;Cortisol;Estradiol;DHEA.
Issue Date: 8-Aug-2011
Publisher: Universidade Federal do Rio Grande do Norte
Citation: CARRILHO, Paulo José Faria. Disfunção sexual feminina e níveis dos hormônios esteroidais em mulheres obesas atendidas no ambulatório de cirurgia bariátrica do hospital universitário Onofre Lopes em Natal/RN. 2011. 78 f. Dissertação (Mestrado em Estudos de Comportamento; Psicologia Fisiológica) - Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal, 2011.
Portuguese Abstract: A disfunção sexual corresponde a alterações em uma ou mais fases da resposta sexual humana e apresenta maior prevalência na população feminina. Ademais, a participação de alguns fatores como obesidade e níveis dos hormônios esteroidais na disfunção sexual feminina (DSF) permanece incerta. O presente estudo deteve-se na análise da ocorrência de DSF numa população de mulheres portadoras de obesidade, cadastradas no Ambulatório de Cirurgia Bariátrica do Hospital Universitário Onofre Lopes, da Universidade Federal do Rio Grande do Norte, no município de Natal, RN. O estudo foi realizado em uma amostra composta por trinta e uma mulheres, com idade entre 20 e 50 anos, com índice de massa corpórea (IMC) > 30 Kg/m2. A todas as pacientes foi aplicado um questionário composto por uma seção com dados socio-econômicos, e outra abordando a saúde sexual feminina, sendo esta última correspondente ao Female Sexual Function Index (FSFI), para diagnóstico de DSF. A partir dessa caracterização, as pacientes foram reunidas nos grupos CD (pacientes com disfunção, n= 9) e SD (sem disfunção, n= 22). Para a análise do efeito da obesidade na DSF, as pacientes foram reunidas nos grupos 1 (6 pacientes com IMC grau I e II: entre 30 e 40 Kg/m2) e 2 (25 com IMC grau III: acima de 40). Para o estudo da participação dos hormônios esteroidais foram determinadas as concentrações séricas de cortisol, estradiol e dehidroepiandrosterona (DHEA) pelo método de quimiluminescência. A análise estatística dos dados foi realizada usando os testes ANOVA, MANOVA (Pillai), além de análise de Cluster. Para identificar as diferenças entre os domínios do FSFI, foi usado o teste T de Student. A significância considerada para todos os testes foi para p< 0,01. Das pacientes estudadas, 25,8% apresentaram DSF de acordo com o escore total do FSFI. A análise estatística posterior evidenciou que as diferenças ocorreram para os domínios desejo, excitação e orgasmo. Não foi encontrada relação da presença de DSF com os diferentes graus de obesidade ou com os níveis hormonais dos esteróides cortisol, estradiol ou DHEA. Contudo, foi encontrado aumento significativo nos níveis séricos de estradiol para o grupo 1, que corresponde ao de menor índice de IMC. Estes resultados mostram que a prevalência de DSF não diferiu entre os graus I,II e III de obesidade das pacientes deste estudo mas, quando presente, a disfunção ocorre nos domínios desejo, excitação e orgasmo. A maior concentração de estradiol encontrada nas pacientes de menor índice de IMC sugere uma possível relação entre as duas variáveis que precisa ser investigada em estudos futuros.
Sexual dysfunction corresponds to changes in one or more phases of human sexual response and it has major prevalence in women. At the same time, the participation of some factors such as obesity and levels of steroid hormones in female sexual dysfunction (FSD) remains uncertain. This study analyzed the occurrence of DSF in a population of obese women part of the Bariatric surgery clinic at the Onofre Lopes Academic Hospital of the Federal University of Rio Grande do Norte, Natal, RN. The study was conducted in a sample of thirty-one women, aged between 20 and 50 years with body mass index (BMI) > 30 kg/m2. All patients answered a questionnaire consisting of two sections addressing socioeconomic conditions and female sexual health, the latter corresponding to the Female Sexual Function Index (FSFI) for the diagnosis of FSD. Using this characterization the patients were divided in groups CD (nine patients with dysfunction) and SD (twenty-two patients with no sexual dysfunction). To analyze the effect of obesity on the DSF, the patients were divided in groups 1 (6 patients with obesity grade I and II: BMI between 30 and 40 kg/m2) and 2 (22 patients with obesity grade III: BMI above 40). To investigate the role of steroid hormones, serum levels were determined for cortisol, estradiol, and dehydroepiandrosterone (DHEA), using chemiluminescence method. The statistical analysis was performed using ANOVA, MANOVA (Pillai) and cluster analysis. To identify the differences between the domains of the FSFI, was used the Student t test. The significance level for all tests was p <0.01. Of the patients studied, 25.8% had DSF according to the total FSFI score. The statistical analysis showed that the differences occurred for the domains desire, arousal and orgasm. No relationship was found for the presence of DSF with different degrees of obesity and steroid hormone levels. However, was found significant increase in estradiol serum levels for group 1, which corresponds to the lowest BMI. These results show that the presence of FSD did not differ between grades I, II and III of obesity in this study, but, when present, dysfunction occurs in the domains desire, arousal and orgasm. The highest estradiol concentration found in patients with the lowest BMI suggests a possible relationship between the two variables, and should be investigated in future studies.
URI: http://repositorio.ufrn.br:8080/jspui/handle/123456789/17323
Appears in Collections:PPGPSICO - Mestrado em Psicobiologia

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
PauloJFC_DISSERT.pdf977,67 kBAdobe PDFThumbnail
View/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.