Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufrn.br/jspui/handle/123456789/17381
Title: Motivações para adoção: uma perspectiva da Psicologia Evolucionista
Authors: Rangel, Bianca Tavares
Keywords: Investimento parental;Adoção;Psicologia Evolucionista;Motivações dos requerentes e comportamento humano;Parental investment;Adoption;Evolutionary Psychology;Adopter s motivations and human behavior
Issue Date: 19-Jan-2007
Publisher: Universidade Federal do Rio Grande do Norte
Citation: RANGEL, Bianca Tavares. Motivações para adoção: uma perspectiva da Psicologia Evolucionista. 2007. 48 f. Dissertação (Mestrado em Estudos de Comportamento; Psicologia Fisiológica) - Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal, 2007.
Portuguese Abstract: O investimento que os pais direcionam à prole aumenta a sua taxa de sobrevivência ao mesmo tempo em que diminui as chances dos pais de investir em futuras proles. Em geral, o investimento é direcionado à própria descendência do indivíduo, mas percebe-se que existe investimento parental mesmo quando não há ganhos em termos de aptidão, como por exemplo na adoção, em que recursos são dirigidos a não aparentados. Considerando que a adoção envolve vários fatores, foi nosso objetivo realizar um estudo com um enfoque nos futuros pais adotivos, buscando investigar os parâmetros considerados para adoção, utilizando como base teórica a Psicologia Evolucionista. Para isto, analisou-se o arquivo de pessoas cadastradas para adoção na 2ª vara da Infância e Juventude da Comarca de Natal (RN). As motivações dos requerentes à adoção puderam ser classificadas em dois grandes grupos: biológicas e sociais. Encontrou-se uma relação entre o tipo de motivação e a idade dos requerentes, sendo o motivo biológico relacionado a faixas etárias mais jovens dos requerentes e o social a faixas etárias mais velhas. Um dos fatores que permearam esta relação foi a fertilidade, sobretudo das requerentes, uma vez que a fertilidade feminina é fortemente influenciada pela idade. Também encontrou-se uma relação entre o tipo de motivo e a faixa etária da criança pretendida, em que pessoas que queriam adotar crianças com mais de 25 meses apresentavam motivos sociais e as que queriam crianças de 0 a 24 meses apresentavam motivos biológicos. As razões para adotar foram várias, mas esse fenômeno é enfatizado na sociedade como um ato de amor, e costumeiramente o adotante visto como uma pessoa solidária e bondosa. Observou-se, no entanto, que as motivações para adotar partem da própria pessoa, considerando a satisfação de necessidades pessoais, como exercer o papel materno, paterno ou ambos, ampliar a família ou ter uma companhia ou alguém de quem receba cuidados na velhice
Abstract: Parental investment increases the offspring s survival, though it decreases the opportunities for the parents to invest in a future progeny. In a broad sense, this investment is directed to one s own descendant, but in some cases, such as in adoption, resources are directed to non-relatives even in the absence of fitness benefits. Once there are many factors involved in adoption, this study investigated adopters candidates, aiming to analyze aspects considered by them for adopting, based on the Evolutionary Psychology s perspective. We analyzed the judicial proceedings´ files people who had been inlisted for adoption at the 2ª Childhood and Adolescence Law Court, Natal-RN. The adopter s motivations were classified into biological or social reasons. A relationship between adopters´ age and kind of motivation was found: requirements of young people were related to biological reasons while requirements of the old ones were related to social reasons. Fertility, mainly female requirer´s fertility, underlie this relationship, considering that women fertility is strongly influenced by age. The reasons to adopt were also related to the age of the desired child, once that people who wanted children older than 25 months alleged social reasons while those that wanted younger babies alleged biological reasons. There are lots of motives to adopt a child, but the phenomenon of adoption is broadly acknowledged by society as an act of love and the adoptive parents are often regarded as kind and generous people. It was observed, instead, that the reasons to adopt comes from the adopters themselves, related to the fulfillment of personal needs, such as increasing the family, carrying out mother/father role or having a company or someone to care form them in elderly age
URI: http://repositorio.ufrn.br:8080/jspui/handle/123456789/17381
Appears in Collections:PPGPSICO - Mestrado em Psicobiologia

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
BiancaTR.pdf215,83 kBAdobe PDFThumbnail
View/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.