Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://repositorio.ufrn.br/jspui/handle/123456789/19223
Título: Processo de formação da opinião do auditor: uma abordagem a partir da propriedade e suficiência da prova
Autor(es): Borges, Erivan Ferreira
Palavras-chave: Auditoria;Prova;Propriedade;Suficiência;Poder
Data do documento: 2008
Citação: BORGES, Erivan Ferreira. Processo de formação da opinião do auditor: uma abordagem a partir da propriedade e suficiência da prova. Revista de Educação e Pesquisa em Contabilidade, Brasília, v. 2, n. 2, art. 1, p. 1-17, maio/ago., 2008. ISSN 1981-8610. Disponível em: <http://www.repec.org.br/index.php/repec/article/view/27/29>. Acesso em: 26 maio 2015.
Abstract: O trabalho apresenta um ensaio sobre o processo de formação da opinião do auditor, sob uma perspectiva da prova como elemento principal na formação deste processo. Caracteriza a opinião como um ato de poder capaz de influenciar a tomada de decisão por parte de usuários internos e externos. Apresenta os característicos de propriedade e suficiência como qualificadores da prova numa perspectiva construcionista, como elementos fundamentais à formação do juízo a respeito de um dado, fato ou fenômeno passível de investigação. Abordando a teoria de Mautz (1980), propõe um desenho gráfico do processo de auditoria, enfocando os caracteres da prova como fundamento da opinião do auditor. A proposta não se traduz numa tentativa de estabelecer um novo modelo de processo de formação da opinião do autor, mas numa oportunidade de entender este processo no contexto geral dos trabalhos de auditoria realizados dentro das organizações na conjuntura econômica atual
URI: http://repositorio.ufrn.br:8080/jspui/handle/123456789/19223
ISSN: 1981-8610
Aparece nas coleções:CCSA - DCC - Artigos publicados em periódicos

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
ProcessoFormaçãoOpinião_2008.pdf468,29 kBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.