Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://hdl.handle.net/123456789/22720
Título: Nanoemulsões biocompatíveis para o tratamento da doença de Chagas
Autor(es): Streck, Letícia
Palavras-chave: Benznidazol;Sistemas coloidais lipídicos;Citotoxicidade in vitro;Atividade tripanocida;Nanotecnologia
Data do documento: 2-Fev-2017
Citação: STRECK, Letícia. Nanoemulsões biocompatíveis para o tratamento da doença de Chagas. 2017. 130f. Tese (Doutorado em Desenvolvimento e Inovação Tecnológica em Medicamentos) - Centro de Ciências da Saúde, Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal, 2017.
Abstract: Neglected diseases, including Chagas disease, represent a global health problem due to the industry's lack of interest in research for new drugs. Benznidazole (BNZ), a drug available in Brazil for the treatment of Chagas disease, and distributed by the Health Ministery, presents some limitations regarding its use, especially in the chronic phase of the disease. Pharmaceutical technology provides the development of systems that increase drug solubility or increase its concentration in infected cells / tissues which directly reflects the increased bioavailability and therapeutic efficacy of BNZ. Thus, liquid systems such as lipid colloidal systems (LCS), such as emulsions, microemulsions, nanoemulsions are an interesting alternative for increasing oral and parenteral bioavailability of BNZ. This work aims to develop biocompatible nanoemulsions containing medium chain triglycerides (Miglyol®812) stabilized by a suitable mixture of surfactants (soybean phosphatidylcholine and sodium oleate), and to evaluate the trypanocidal effect. The ideal conditions for obtaining the systems of interest were evaluated by the study of phase inversion temperature (PIT) and the addition of a new component. Nanoemulsions were formed with addition of 2-methylpyrrolidone (NMP) with uniform droplet size and less than 162.66 nm. The systems remained stable for up to 60 days when stored at 25 ° C. The rheological properties showed a behavior dependent on the amount of co-solvent added to the system. The polarized light microscopy and low angle X-ray scattering images confirmed the formation of isotropic systems when the cosolvent is in a concentration greater than 5%. The release of BNZ in systems containing sialic acid at different concentrations was up to 3 (three) times faster than systems without the substance. The systems showed biocompatibility in different cell lines (Vero, SiHa and LLCMK2). Nanoemulsions were able to transport BNZ in biocompatible systems with excellent trypanocidal activity, thus representing a promising future in the treatment of Chagas' disease, considering that to date there are no liquid dosage forms of administration, which makes it impossible to adjust the dose and decrease of side effects.
Resumo: Doenças negligenciadas, incluindo a doença de Chagas, representam um problema de saúde mundial devido ao desinteresse da indústria na pesquisa por novos fármacos. Benznidazol (BNZ), fármaco disponível no Brasil para o tratamento da doença de Chagas, e distribuído pelo Ministério da Saúde, apresenta algumas limitações quanto ao seu uso, em especial na fase crônica da doença. A tecnologia farmacêutica proporciona o desenvolvimento de sistemas que aumentam a solubilidade do fármaco ou aumento de sua concentração nas células/tecidos infectados o que reflete diretamente no aumento da biodisponibilidade e eficiência terapêutica do BNZ. Assim, sistemas líquidos tais como os sistemas coloidais lipídicos (SCL), como emulsões, microemulsões, nanoemulsões são uma alternativa interessante para o aumento da biodisponilidade oral e parenteral do BNZ. Este trabalho tem como objetivo o desenvolvimento de nanoemulsões biocompatíveis contendo triglicerídeo de cadeia média (Miglyol®812) estabilizados por uma mistura adequada de tensoativos (fosfatidilcolina de soja e oleato de sódio), além de avaliar o efeito tripanocida. As condições ideais para obtenção dos sistemas de interesse foi avaliada pelo estudo da temperatura de inversão de fases (TIF) e da adição de um novo componente. Nanoemulsões foram formadas com adição de 2-metilpirrolidona (NMP) com tamanho de gotícula uniforme e menor que 162,66 nm. Os sistemas permaneceram estáveis até 60 dias quando armazenados a temperatura de 25 °C. As propriedades reológicas mostraram comportamento dependente com a quantidade de co-solvente adicionada ao sistema. As imagens de microscopia de luz polarizada e espalhamento de raios-X a baixo ângulo confirmaram a formação de sistemas isotrópicos quando o co-solvente está em concentração superior a 5%. A liberação de BNZ nos sistemas contendo ácido siálico em diferentes concentrações, foi até 3 (três) vezes mais rápida que os sistemas sem a substância. Os sistemas apresentaram biocompatibilidade em diferentes linhagens celulares (Vero, SiHa e LLC-MK2). Nanoemulsões apresentaram capacidade de veicular o BNZ em sistemas biocompatíveis e com excelente atividade tripanocida, representando assim um futuro promissor no tratamento da doença de Chagas, considerando que até o presente não existem formas farmacêuticas líquidas de administração, o que impossibilita o ajuste da dose e a redução de efeitos colaterais.
URI: https://repositorio.ufrn.br/jspui/handle/123456789/22720
Aparece nas coleções:PPGDITM - Doutorado em Desenvolvimento e Inovação Tecnológica em Medicamentos

Arquivos associados a este item:
Arquivo TamanhoFormato 
LeticiaStreck_TESE.pdf2,71 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.