Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufrn.br/jspui/handle/123456789/22978
Title: Atividade antimicrobiana "in vitro" de compostos a base de hidróxido de cálcio e tergentol em diferentes concentrações sobre bactérias orais
Authors: Seabra, Eduardo José Guerra
Lima, Isabela Pinheiro Cavalcanti
Barbosa, Sérgio Valmor
Lima, Kenio Costa de
Keywords: Hidróxido de cálcio;HCT 20;Controle químico;Calcium hydroxide;CHD 20;Chemical control
Issue Date: 2005
Citation: SEABRA, Eduardo José Guerra et al. Atividade Antimicrobiana in vitro de Compostos a Base de Hidróxido Cálcio e Tergentol em Diferentes Concentrações sobre Bacterias Orais. Acta Cirúrgica Brasileira, v. 20, n.1, p. 27-33, 2005.
Portuguese Abstract: OBJETIVOS: Este estudo realizado no departamento de Odontologia da Universidade Federal do Rio Grande do Norte foi idealizado com propósito de pesquisar a ação "in vitro" de soluções a base de Ca(OH)2 e tergentol frente a bactérias colonizadoras da cavidade bucal e cariogênicas visando contribuir para o estudo sobre os agentes químicos para controle do biofilme dental. MÉTODOS: Testou-se através de discos de antibiograma e ação em bactérias formadoras de biofilme a ação antimicrobiana de algumas soluções de Ca(OH)2 e tergentol usando-se como padrão-ouro o digluconato de clorexidina a 0,12%. RESULTADOS: Os resultados foram analisados através do teste de Kruskal-Wallis e do pós-teste de comparação múltipla de Dunn com valores de p sempre menores que 0,05. A clorexidina obteve melhores resultados em nível de ação antimicrobiana em relação às soluções a base de Ca(OH)2 e tergentol. A diferença estatísta da ação da clorexidina frente às demais soluções e aos tipos bacterianos testados não foi significativa para a maiorias dos cruzamentos. CONCLUSÕES: O digluconato de clorexidina a 0,12% foi o egente antimicrobiano mais efetivo neste estudo. As soluções a base de hidróxido de cálcio não apresentaram efetividade satisfatória em relação a clorexidina, principalmente em relação ao Streptococcus mutans. São necessários estudos mais aprofundados para se determinar o real potencial do HCT 20 como anti-séptico bucal.
Abstract: PURPOSES: This research desenvolved in Rio Grande do Norte Federal University, Department of Dentistry purpose evaluation "in vitro" Ca(OH)2 and tergentol solutions action in oral cavity that first reside in and cariogenic microorganisms for dental biofilm chemical control increasing. METHODS: "In vitro" tests with antibiogram discs and biofilm formers bacteria antibiothic action from Ca(OH)2 and tergentol solutions and the 0,12% clorhexydine digluconate as "gold-standard". RESULTS: The results were analyzed using the Kruskal-Wallis test and Dunn´s multiple comparison post-test with p-value always lower than 0,05. The clorhexydine showed a better antimibrobian action in correlation with Ca(OH)2 and tergentol solutions. The statistical differences among clorhexydine and this study other solutions was not significant in a greater part of comparisons. CONCLUSIONS: The 0,12% clorhexydine digluconate was the most effective antibiotic agent in this research. Ca(OH)2 and tergentol solutions does not demonstrate satisfactory effectiveness in correlation the clorhexydine, mainly, for the Streptococcus mutans. More complete studies are necessary for CHD 20 evaluation as an oral antiseptic.
URI: http://hdl.handle.net/123456789/22978
Appears in Collections:CCS - DOD - Artigos publicados em periódicos

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Atividade antimicrobiana in vitro de compostos a base de hidróxido_2005.pdfhttp://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0102-86502005000700004598.24 kBAdobe PDFThumbnail
View/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.