Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufrn.br/jspui/handle/123456789/25351
Title: A dor e a perda dentária: representações sociais do cuidado à saúde bucal
Other Titles: The toothache and toothloss: social representation of oral care
Authors: Araújo, Aurigena Antunes
Piuvezam, Grasiela
Werner, Carlos Wagner de Araújo
Alves, Maria do Socorro Costa Feitosa
Keywords: Representação Social;Saúde bucal;Perda dentária;Dor de dente
Issue Date: 2006
Publisher: Associação Brasileira de Saúde Coletiva/Abrasco
Citation: ARAÚJO, A. A. et al. A dor e a perda dentária: representações sociais do cuidado à saúde bucal. Ciência & Saúde Coletiva, Rio de Janeiro, v. 11, p. 211-218, 2006. Disponível em:< http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1413-81232006000100030>. Acesso em: 06 mar. 2018.
Portuguese Abstract: O objetivo do estudo foi apreender as representações sociais do cuidado à saúde bucal, buscando a compreensão desse saber construído na prática vivida por uma população de baixa renda do Nordeste brasileiro. Foram investigados 30 indivíduos moradores do bairro de Cidade da Esperança, Natal (RN) Brasil. A coleta de dados, realizada através de uma entrevista semi-estruturada, foi averiguada pela Análise de Conteúdo Temática (Bardin1) e pelo software Alceste 4,5. A análise dos dados possibilitou a construção das categorias: Experiência de Dor e Perda Dentária. Se por um lado a Experiência de Dor indica o acesso restrito aos serviços odontológicos, por outro a Perda Dentária denuncia a existência de uma prática mutiladora imposta pelos serviços de saúde pública para solucionar a dor. Nesta categoria está presente ainda a prótese dentária, cujo desejo tem a sua possibilidade limitada pelas condições econômicas. As representações sociais do cuidado à saúde bucal salientam as consequências negativas da prática odontológica vigente e aponta para a necessidade de reestruturação dos serviços, levando em conta a percepção da população em relação ao cuidado à saúde bucal.
Abstract: The objective of this study was identify the social representations of the oral care on daily activities to understand how the common sense works with the oral health, we realized the research with Brazilian northeast people. Thirty residents of Cidade da Esperança District, Natal, RN, Brazil were analyzed. The data was obtained from a semi-structured interview. The interviews were analyzed by Technique of Content Analysis (Bardin1) as well as by Alceste 4.5 software. The categories were Toothache and Tooth Loss. The Toothache shows how the public health service is restrict. The Tooth Loss shows how the dentistry practice resolved the toothache, and how the prosthetics is limited by the social condition. The Social Representations of the oral care on daily activities show the negative consequences of the dentistry practice and the necessity of the new paradigm to the organization of the public health service taking into consideration the common sense about the oral care on daily activities.
URI: https://repositorio.ufrn.br/jspui/handle/123456789/25351
ISSN: 1678-4561
Appears in Collections:CB - DBF - Artigos publicados em periódicos

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
A dor e a perda dentária_2006.pdf74,76 kBAdobe PDFThumbnail
View/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.