Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufrn.br/jspui/handle/123456789/26818
Title: Letramento literário: crônicas e contos como instrumentos de humanização do leitor
Authors: Mendonça, Fernanda Nayara da Silva
Keywords: Projetos de letramento;Letramento literário;Formação do leitor
Issue Date: 28-Jul-2017
Citation: MENDONÇA, Fernanda Nayara da Silva. Letramento literário: crônicas e contos como instrumentos de humanização do leitor. 2017. 170f. Dissertação (Mestrado em Estudos da Linguagem) - Centro de Ciências Humanas, Letras e Artes, Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal, 2017.
Portuguese Abstract: O mundo social é mediado textualmente (BARTON, 1993). Em razão disso, as práticas de leitura e de escrita efetivam-se, sempre, por meio de gêneros textuais. É através destes que se pode agir socialmente. Na educação contemporânea, entretanto, ainda persiste a prática de se ler e de escrever apenas para o professor avaliar, circulando os textos dos alunos somente no contexto da sala de aula. Com vistas a uma mudança nesse modo de trabalhar, vislumbramos, nesta pesquisa, os ‘projetos de letramento’ como um dispositivo didático imprescindível para que haja uma transformação na educação. Nessa direção, o objeto de estudo desta pesquisa é, desse modo, as práticas e os eventos de letramento gerados por meio de um projeto de letramento literário, com foco na formação de leitores, cujo objetivo é (1) ressignificar as práticas de leitura e de escrita na escola por meio da literatura, de modo a formar leitores críticos; (2) potencializar a leitura de crônicas como instrumento que viabiliza o processo de humanização do leitor e (3) criar um recurso (livro) didático para a publicação e divulgação no meio impresso. A pesquisa foi desenvolvida em uma escola municipal de Guanduba, São Gonçalo do Amarante – RN, região metropolitana de Natal, com alunos do 5º ano do ensino fundamental I. Apresenta como embasamento teórico as contribuições dos ‘estudos sobre letramento’ (STRETT, 2012; KLEIMAN,1995); ‘letramento literário’ (COSSON, 2006); gênero textual na perspectiva dos estudos da Nova Retórica (BAZERMAN, 2006; OLIVEIRA, 2010) e ‘projetos de letramento’ (KLEIMAN, 2000; SANTOS, 2012; OLIVEIRA; TINOCO; SANTOS, 2011). Nosso enfoque metodológico é o paradigma qualitativo interpretativista, com o viés da etnografia crítica (MOITA LOPES, 1993; THOMAS, 1993) que nos proporciona discutir sobre as ações que viabilizaram o hábito da leitura literária e a formação do leitor crítico. As análises dos dados apontam para o potencial fortalecedor do projeto de letramento literário e para a ressignificação das práticas de leitura e de escrita orientada nessa perspectiva.
Abstract: The social world is textually mediated (BARTON, 1993). As a result, reading and writing practices are always effective through textual genres. It is through these that one can act socially. In contemporary education, however, there is still a practice of reading and writing only for the teacher to evaluate, circulating the students' texts only in the context of the classroom. With a view to a change in this way of working, we see, in this research, literacy projects as an essential teaching device for a transformation in education. The object of study of this research is, therefore, the practices and the events of literacy developed through a project of literary literacy, focused on the formation of readers, whose objective is (1) to resignify the practices of reading and writing in the school through literature, so as to form critical readers; (2) enhancing the reading of chronicles as an instrument that enables the process of humanization of the reader; (3) create a didactic resource (book) for publication and dissemination in print. The research was developed at a municipal school in Guanduba, São Gonçalo do Amarante - RN, in the metropolitan region of Natal, with students from the fifth year of elementary school I. It has as theoretical background the contributions of studies on literacy (STRETT, 2012; KLEIMAN, 1995); literary literacy (COSSON, 2006); (2002) and the literature of the New Rhetoric (BAZERMAN, 2006) and literacy projects (KLEIMAN, 2000, SANTOS, 2012, OLIVEIRA, TINOCO and SANTOS, 2011). Our methodological approach is the qualitative paradigm interpretative, with the bias of critical ethnography (MOITA LOPES, 1993; THOMAS, 1993) that allows us to discuss the actions that enabled the habit of literary reading and the formation of the critical reader. The analysis of the data points to the strengthening potential of the literary literacy project and to the resignification of the reading and writing practices oriented in this perspective.
URI: https://repositorio.ufrn.br/jspui/handle/123456789/26818
Appears in Collections:PPGEL - Mestrado em Estudos da Linguagem

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Letramentoliteráriocrônicas_Mendonça_2017.pdf9,42 MBAdobe PDFThumbnail
View/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.