Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufrn.br/handle/1/6608
Full metadata record
DC FieldValueLanguage
dc.contributor.authorMedeiros, Aldo da Cunha-
dc.contributor.authorLima, Francisco Pignataro-
dc.contributor.authorDantas Filho, Antônio Medeiros-
dc.contributor.authorMelo, Nara Medeiros Cunha de-
dc.contributor.authorAzevêdo, Ítalo Medeiros de-
dc.date.accessioned2013-10-21T18:14:56Z-
dc.date.available2013-10-21T18:14:56Z-
dc.date.issued2003-
dc.identifier.citationMEDEIROS, Aldo da Cunha ; LIMA, Francisco Pignataro ; Dantas Filho, Antônio Medeiros ; MELO, Nara Medeiros Cunha de ; AZEVÊDO, Ítalo Medeiros de. A nicotina atua como fator deletério na reparação da parede abdominal. Acta Cirúrgica Brasileira , São Paulo, v. 18, n.1S, p. 19-23, 2003. Disponível em: <http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0102-86502003000700004&lng=en&nrm=iso> Acesso em: 01 out. 2013.pt_BR
dc.identifier.issn1678-2674-
dc.identifier.urihttps://repositorio.ufrn.br/jspui/handle/1/6608-
dc.description.abstractObjetivo: Avaliar o efeito da nicotina na cicatrização da camada musculoaponeurótica da parede abdominal. Métodos: Estudo experimental em que foram usados 16 ratos da raça Wistar pesando em média 210±8g, separados aleatoriamente em 2 grupos de 8. Nos animais do grupo A foi implantado disco de nicotina (Nicotinel Ò) na dose de 5mg/Kg de peso/dia no subcutâneo da região dorsal, trocado a cada dois dias, a partir do 5º dia antes da operação em que foi feita laparotomia mediana de 5 cm, até o 10o dia de observação. No grupo B (controle) foram usados discos de celulose com o mesmo diâmetro. Tubo de silicone multiperfurado foi implantado no subcutâneo a 1cm da lesão da parede abdominal. A camada musculoaponeurótica e a pele foram suturadas com fio de nylon 5-0. No 10º dia pós-operatório foi colhido 1ml de líquido seroso do tubo de silicone por punção percutânea para dosagem de pO2 e os animais receberam dose letal de anestésico. Foi ressecado um segmento da camada musculoaponeurótica com 2cm de largura para tensiometria, em seguida processado e corado em HE e tricrômico de Masson para análise quantitativa dos dados histopatológicos em sistema digitalizado. A análise estatística foi feita pelo ANOVA e teste Newman-Keuls, com significância 0,05. Resultados: No grupo A a pO2 do líquido tecidual atingiu o valor 17,75±3,4 mmHg e no grupo B (controle) a pO2 = 40,75±6,4 mmHg (p<0,01). A resistência à tensão apresentou o valor de 728,5±161,75gf no grupo A e 1241,6±232gf no grupo de controle (p<0,01), coincidindo com os achados da pO2. A densidade média dos elementos histopatológicos estudados foi de 105±17,1 nos animais do grupo A e 146,2±8,8 no grupo B (p<0,01). Conclusão: após avaliação da pO2 tecidual, tensiometria e histopatologia, concluiu-se que a nicotina por via subcutânea exerce efeito deletério sobre a cicatrização de lesões da parede abdominal de ratospt_BR
dc.description.sponsorshipCNPQpt_BR
dc.language.isoporpt_BR
dc.rightsAcesso Abertopt_BR
dc.subjectNicotinapt_BR
dc.subjectCicatrizaçãopt_BR
dc.subjectParede abdominalpt_BR
dc.subjectTensiometriapt_BR
dc.subjectHistopatologiapt_BR
dc.subjectOxigêniopt_BR
dc.titleA nicotina atua como fator deletério na reparação da parede abdominalpt_BR
dc.title.alternativeThe nicotine has a deleterious effect on the healing of abdominal wallpt_BR
dc.typearticlept_BR
Appears in Collections:CCS - DCIRUR - Artigos publicados em periódicos

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
AldoCM_A nicotina_15183.pdf178,05 kBAdobe PDFThumbnail
View/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons