Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufrn.br/handle/123456789/12093
Full metadata record
DC FieldValueLanguage
dc.contributor.advisorLopes, Fernando Diaspt_BR
dc.contributor.authorNery, Tânia Reginapt_BR
dc.date.accessioned2014-12-17T13:53:15Z-
dc.date.available2008-01-31pt_BR
dc.date.available2014-12-17T13:53:15Z-
dc.date.issued2007-09-06pt_BR
dc.identifier.citationNERY, Tânia Regina. Do tratamento das reclamações à gestão da insatisfação: o comportamento de empresas hoteleiras mediante a insatisfação de seus clientes. 2007. 127 f. Dissertação (Mestrado em Políticas e Gestão Públicas; Gestão Organizacional) - Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal, 2007.por
dc.identifier.urihttps://repositorio.ufrn.br/jspui/handle/123456789/12093-
dc.description.abstractConsumer dissatisfaction, when properly handled, is a significant information source for the manager. Studies in this area allow broadening the understanding of certain customer attitudes and behaviors, such as loyalty, repurchase intention or satisfaction and trust increase. Above and beyond supporting consumer feedback, dissatisfaction can provide significant opportunities for organizational learning. Starting from dissatisfied customer information, companies can detect service flaws and develop new products. This work presents the results of an investigation on the behavior of businesses belonging to the hotel sector in Natal, RN, through the dissatisfaction of their customers. We have sought to map the main problems presented by customers to hotels, in the perception of managers and employees, as well as to understand both the process of dissatisfactionrelated data collection, analysis, and processing, and the utilization of such information by businesses. Beyond this, we have compared the habits of organizations to the company reaction approaches described in the literature: Complaint Handling, Complaint Management, and Dissatisfaction Management. The used methodology has been based on case study. Data was collected via indepth interviews with managers and employees in six hotels, two independent ones and four belonging to national and international hotel networks. We have also made use of documents provided by the organizations, such as guest complaint registers and reports from satisfaction surveys on which content analysis was subsequently performed. The results of the investigation point to a high level of awareness in the companies concerning the importance of consumer dissatisfaction. Even though the maximum grade in the procedure scale is not achieved, it has been observed that answer to dissatisfaction is given in planned and systematic form, geared towards consumer satisfaction and improvement of products and processes. Hotel businesses still have to look into other possibilities for mapping consumer dissatisfaction, which implies, among other aspects, articulation with a range of public and private organizations in such a way as to guarantee sustainability of touristic activities in the long termeng
dc.formatapplication/pdfpor
dc.languageporpor
dc.publisherUniversidade Federal do Rio Grande do Nortepor
dc.rightsAcesso Abertopor
dc.subjectTratamento da Reclamaçãopor
dc.subjectGestão da Reclamaçãopor
dc.subjectGestão da Insatisfaçãopor
dc.subjectHotelariapor
dc.subjectGestãopor
dc.subjectComplaint Handlingeng
dc.subjectComplaint Managementeng
dc.subjectDissatisfaction Managementeng
dc.subjectHotel Sectoreng
dc.subjectManagementeng
dc.titleDo tratamento das reclamações à gestão da insatisfação: o comportamento de empresas hoteleiras mediante a insatisfação de seus clientespor
dc.typemasterThesispor
dc.publisher.countryBRpor
dc.publisher.initialsUFRNpor
dc.publisher.programPrograma de Pós-Graduação em Administraçãopor
dc.contributor.authorLatteshttp://lattes.cnpq.br/9654455797460083por
dc.contributor.advisorLatteshttp://buscatextual.cnpq.br/buscatextual/visualizacv.do?id=K4701722H7por
dc.contributor.advisor-co1Enders, Wayne Thomaspt_BR
dc.contributor.advisor-co1IDCPF:25265989072por
dc.contributor.advisor-co1Latteshttp://buscatextual.cnpq.br/buscatextual/visualizacv.do?id=K4781298A5&dataRevisao=nullpor
dc.contributor.referees1Baldi, Marianapt_BR
dc.contributor.referees1Latteshttp://buscatextual.cnpq.br/buscatextual/visualizacv.do?id=K4799698J2por
dc.contributor.referees2Costa, Benny Kramerpt_BR
dc.contributor.referees2Latteshttp://buscatextual.cnpq.br/buscatextual/visualizacv.do?id=K4782176P6por
dc.description.resumoA insatisfação do consumidor, devidamente tratada, é uma significativa fonte de informação para o gestor. Os estudos nessa área permitem ampliar a compreensão de determinadas atitudes e comportamentos do cliente, como a lealdade, a intenção de recompra e o aumento da satisfação e da confiança. Além de permitir o feedback dos consumidores, a insatisfação pode fornecer oportunidades significativas de aprendizado organizacional. A partir das informações de clientes insatisfeitos, as empresas podem detectar falhas nos serviços e desenvolver novos produtos. Este trabalho apresenta os resultados de uma investigação sobre o comportamento adotado por empresas do setor hoteleiro em Natal, RN, mediante a insatisfação de seus clientes. Buscou-se mapear os principais problemas apresentados pelos consumidores aos hotéis, na percepção de gestores e funcionários, bem como compreender o processo de coleta, análise e tratamento dos dados relacionados à insatisfação e a utilização de tais informações pelas empresas. Além disso, procurou-se relacionar as práticas organizacionais às abordagens de resposta das empresas encontradas na literatura: Tratamento da Reclamação, Gestão da Reclamação e Gestão da Insatisfação. A metodologia empregada foi o estudo de caso. Os dados foram coletados através de entrevistas em profundidade com gerentes e funcionários em seis hotéis; dois independentes e quatro pertencentes a redes hoteleiras nacionais e internacionais. Foram utilizados também documentos cedidos pelas organizações, como registros de reclamação de hóspedes e relatórios de pesquisas de satisfação, posteriormente submetidos à análise de conteúdo. Os resultados da pesquisa apontam para um nível de conscientização elevado nas empresas sobre a importância da insatisfação do consumidor. Apesar de não atingir o nível máximo na escala de procedimentos, observa-se que a resposta à insatisfação acontece de forma planejada e sistemática, orientada para a satisfação do consumidor e melhoria de produtos e processos. As empresas hoteleiras devem ainda atentar para outras possibilidades de mapeamento da insatisfação do consumidor, o que implica, dentre outros aspectos, a articulação com uma gama de organizações públicas e privadas, de forma a garantir a sustentabilidade da atividade turística em longo prazopor
dc.publisher.departmentPolíticas e Gestão Públicas; Gestão Organizacionalpor
dc.subject.cnpqCNPQ::CIENCIAS SOCIAIS APLICADAS::ADMINISTRACAOpor
Appears in Collections:PPGA - Mestrado em Administração

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
TaniaRN.pdf4.21 MBAdobe PDFThumbnail
View/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.