Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufrn.br/handle/123456789/12408
Full metadata record
DC FieldValueLanguage
dc.contributor.advisorTeixeira, Rubenilson Brazãopt_BR
dc.contributor.authorRodrigues, Wagner do Nascimentopt_BR
dc.date.accessioned2014-12-17T13:57:17Z-
dc.date.available2007-05-08pt_BR
dc.date.available2014-12-17T13:57:17Z-
dc.date.issued2006-07-31pt_BR
dc.identifier.citationRODRIGUES, Wagner do Nascimento. Dos caminhos de água aos caminhos de ferro: a construção da hegemonia de Natal através das vias de transporte (1820-1920). 2006. 200 f. Dissertação (Mestrado em Conforto no Ambiente Construído; Forma Urbana e Habitação) - Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal, 2006.por
dc.identifier.urihttps://repositorio.ufrn.br/jspui/handle/123456789/12408-
dc.description.abstractAt a time of changes on the territory during the 19th century, the political and socioeconomic elites of the province and later State of Rio Grande do Norte evolved a discourse in order to justify the permanence of Natal as a city holding a status of capital. In this work we analyze the means employed by the ruling classes to impose their wish to raise Natal to an outstanding position among the existing cities by intervening on the territory during a period of one hundred years (1820-1920). During that time, which was characterized by changing commercial flows and technological development, the elites interventions were essentially directed to the implementation of modes of transportation, especially the railway. We try to understand the reinforcement of Natal as a capital city not only in political and administrative terms, but mainly in a commercial and symbolic manner, through the discourse and interventions undertaken by the local administrative elites, who stimulated the creation of a set of relations on the territory that also imprinted visible marks in the capital s urban fabric. These interventions were based upon the establishment of an infrastructure for exporting the State s production, firstly through and despite the Potengi River, and later on by the construction of railways. Although the project of Natal s hegemony had been outlined before the establishment of the railway network, in both cases the ultimate objective was to reinforce and develop the capital city as a commercial urban center to the detriment of other citieseng
dc.description.sponsorshipCoordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superiorpt_BR
dc.formatapplication/pdfpor
dc.languageporpor
dc.publisherUniversidade Federal do Rio Grande do Nortepor
dc.rightsAcesso Abertopor
dc.subjectCidade capitalpor
dc.subjectRiopor
dc.subjectEstrada de ferropor
dc.subjectTransporte.por
dc.subjectTerritóriopor
dc.subjectCapital cityeng
dc.subjectRivereng
dc.subjectRailwayeng
dc.subjectTransportationeng
dc.subjectTerritoryeng
dc.titleDos caminhos de água aos caminhos de ferro: a construção da hegemonia de Natal através das vias de transporte (1820-1920)por
dc.typemasterThesispor
dc.publisher.countryBRpor
dc.publisher.initialsUFRNpor
dc.publisher.programPrograma de Pós-Graduação em Arquitetura e Urbanismopor
dc.contributor.authorIDpor
dc.contributor.authorLatteshttp://lattes.cnpq.br/2821280961265987por
dc.contributor.advisorIDpor
dc.contributor.advisorLatteshttp://buscatextual.cnpq.br/buscatextual/visualizacv.do?id=K4781767J7por
dc.contributor.referees1Dantas, Eustógio Wanderley Correiapt_BR
dc.contributor.referees1IDpor
dc.contributor.referees1Latteshttp://buscatextual.cnpq.br/buscatextual/visualizacv.do?id=K4728755A0por
dc.contributor.referees2Trigueiro, Edja Bezerra Fariapt_BR
dc.contributor.referees2IDpor
dc.contributor.referees2Latteshttp://lattes.cnpq.br/2279771493519042por
dc.description.resumoNuma época de mudanças no território, durante o século XIX, as elites políticas e socioeconômicas da província e posteriormente do estado do Rio Grande do Norte desenvolveram o discurso que objetivava justificar a permanência de Natal como cidade com status de capital. Neste trabalho, analisamos os meios empregados pela administração no intuito de impor sua vontade de elevar Natal a uma posição de destaque entre as cidades existentes através de intervenções no território por um período de cem anos (1820-1920). Durante esse tempo, caracterizado pela transformação das transações comerciais e pelo desenvolvimento tecnológico, as intervenções das elites se dirigiam essencialmente à instalação de vias de comunicação, particularmente das estradas de ferro. Tentamos compreender a consolidação de Natal enquanto cidade capital não somente no que diz respeito aos aspectos políticos e administrativos, mas sobretudo em termos comerciais e simbólicos, através dos discursos e das intervenções empreendidas pelas elites administrativas locais, que estimulavam a criação de um conjunto de relações sobre o território que terminaram por deixar marcas visíveis também no tecido urbano da capital. Estas intervenções se fundamentavam na instalação de uma infra-estrutura que permitisse a exportação da produção do estado, primeiramente através e apesar do rio Potengi, posteriormente por meio da construção das estradas de ferro. Embora o projeto da hegemonia de Natal tenha sido esboçado antes do estabelecimento da rede ferroviária, nos dois casos, o objetivo último era reforçar e desenvolver a cidade capital como um centro comercial em detrimento de outras aglomeraçõespor
dc.publisher.departmentConforto no Ambiente Construído; Forma Urbana e Habitaçãopor
dc.subject.cnpqCNPQ::CIENCIAS SOCIAIS APLICADAS::ARQUITETURA E URBANISMOpor
Appears in Collections:PPGAU - Mestrado em Arquitetura e Urbanismo

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
CaminhosAguaCaminhos_Rodrigues_2006.pdf7,29 MBAdobe PDFThumbnail
View/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.