Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufrn.br/handle/123456789/12419
Full metadata record
DC FieldValueLanguage
dc.contributor.advisorTinoco, Marcelo Bezerra de Melopt_BR
dc.contributor.authorMontenegro, Glielson Nepomucenopt_BR
dc.date.accessioned2014-12-17T13:57:19Z-
dc.date.available2007-07-12pt_BR
dc.date.available2014-12-17T13:57:19Z-
dc.date.issued2005-12-07pt_BR
dc.identifier.citationMONTENEGRO, Glielson Nepomuceno. A produção do mobiliário urbano nos espaços públicos :o desenho do mobiliário urbano nos projetos de reordenamento das orlas do Rio Grande do Norte. 2005. 192 f. Dissertação (Mestrado em Conforto no Ambiente Construído; Forma Urbana e Habitação) - Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal, 2005.por
dc.identifier.urihttps://repositorio.ufrn.br/jspui/handle/123456789/12419-
dc.description.abstractThis work aims to analyze and evaluate the Urban furniture designed to public areas according to the Revitalization planning for Rio Grande do Norte coastland, defining visual relations among urban elements in the landscape of revitalized public urban areas with cultural, paisagistic and touristic values and the design process used for developing urban furniture to those areas, observing the incoming consequences use to that process in a specific urban context which alters use, functions, cultural images as well as social values attributed to each particular place. Environmental perceptions, legibility of local cultural references and their representation through the design of urban elements, act in a positive or negative manner over the inhabitants cognition process of some particular revitalized area, determining new use and attributions to those areas. Designs for coastal urban interventions try excessively to standardize technical media, construction materials and planning configurations, creating artificial sceneries that segregates users, imposing new structures and usage, generating, consequently, the so called non-places and burlesque regionalism. The research is divided into 4 chapters: 1) Theoretical support (Industrial design; Urban furniture; Public urban spaces; Urban image and environmental perception; Urban occupation and interventions in coastland areas); 2) Methodological procedures and data collection; 3) Analysis of Rio Grande do Norte coastal areas and their urban interventions; 4) Final considerations and Industrial Design contributions to the subjecteng
dc.formatapplication/pdfpor
dc.languageporpor
dc.publisherUniversidade Federal do Rio Grande do Nortepor
dc.rightsAcesso Abertopor
dc.subjectOrnamentopor
dc.subjectMobiliário urbanopor
dc.subjectDesenhopor
dc.subjectEspaços públicospor
dc.subjectReordenamentopor
dc.subjectOrlapor
dc.subjectOrnamenteng
dc.subjectUrban furniture designeng
dc.subjectPublic areaseng
dc.subjectRevitalization for Rio Grande do Norte coastlandeng
dc.titleA produção do mobiliário urbano nos espaços públicos :o desenho do mobiliário urbano nos projetos de reordenamento das orlas do Rio Grande do Nortepor
dc.typemasterThesispor
dc.publisher.countryBRpor
dc.publisher.initialsUFRNpor
dc.publisher.programPrograma de Pós-Graduação em Arquitetura e Urbanismopor
dc.contributor.authorIDpor
dc.contributor.advisorIDpor
dc.contributor.advisorLatteshttp://lattes.cnpq.br/8060203177958046por
dc.contributor.referees1Bentes Sobrinha, Maria Dulce Picançopt_BR
dc.contributor.referees1IDpor
dc.contributor.referees1Latteshttp://lattes.cnpq.br/3773171291305294por
dc.description.resumoEste trabalho analisa e avalia o Desenho de Mobiliário Urbano para os espaços públicos nos Projetos de Reordenamento da Orlas do Rio Grande do Norte, estabelecendo relações entre a paisagem urbana dos espaços públicos revitalizados sejam eles de interesse cultural, paisagístico e/ou turístico, e o processo de intervenção do Desenho na configuração do mobiliário urbano implantado naqueles espaços observando as prováveis conseqüências advindas desse processo em um dado contexto urbano que alteram os usos, funções, as imagens culturais e os valores sociais atribuídos a cada lugar específico. As percepções ambientais e a legibilidade dos referenciais culturais dos lugares e sua representação nos elementos do mobiliário urbano, influenciam positiva ou negativamente os processos de cognição dos habitantes de um determinado espaço revitalizado, definindo novos usos e atribuições para esses espaços. Os projetos de intervenção urbanística das orlas tendem à padronização excessiva dos meios técnicos, materiais e configurações, criando espaços cenarizados que segregam os usuários, impondo equipamentos e novos usos que, consequentemente, acabam criando os chamados não-lugares e um regionalismo pitoresco. O trabalho está dividido em 6 capítulos que tratam respectivamente de: conceituações teóricas (Desenho Industrial; Mobiliário Urbano; Espaços Urbanos Públicos; Imagem Urbana e Percepção Ambiental; Ocupação e Intervenção Urbanística nas Orlas marítimas); dos Procedimentos e Técnicas para Coleta de Dados; das Análise das Orlas do Rio Grande do Norte e dos Processos de Intervenção; e das considerações finais e das contribuições do Desenho Industrialpor
dc.publisher.departmentConforto no Ambiente Construído; Forma Urbana e Habitaçãopor
dc.subject.cnpqCNPQ::CIENCIAS SOCIAIS APLICADAS::ARQUITETURA E URBANISMOpor
Appears in Collections:PPGAU - Mestrado em Arquitetura e Urbanismo

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
ProducaoMobiliárioUrbano_Montenegro_2003.pdf3,36 MBAdobe PDFThumbnail
View/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.