Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufrn.br/handle/123456789/14034
Title: O elo microbiano como alimento alternativo para o zooplâncton em reservatórios dominados por cianobactérias
Authors: Camacho, Fabrício Rodrigues
Keywords: Taxa de ingestão. Cianobactéria. Ciliados. Preferência alimentar. Resposta funcional;Ingestion rate. Cyanobacteria. Ciliates. Food preference. Functional response
Issue Date: 31-Aug-2012
Publisher: Universidade Federal do Rio Grande do Norte
Citation: CAMACHO, Fabrício Rodrigues. O elo microbiano como alimento alternativo para o zooplâncton em reservatórios dominados por cianobactérias. 2012. 38 f. Dissertação (Mestrado em Bioecologia Aquática) - Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal, 2012.
Portuguese Abstract: Protozoários podem ser uma importante fonte alternativa de alimento para copépodos Calanoida em ambientes dominados por cianobactérias. Com o objetivo de quantificar a preferência alimentar de Notodiaptomus cearensis por ciliados em presença de cianobactérias, experimentos in vitro foram conduzidos, utilizando-se culturas mistas em diferentes concentrações totais de alimento para o copépodo. Duas espécies de ciliados (Paramecium sp. e Cyclidium sp.) e uma cepa tóxica de cianobactéria (Microcystis aeroginosa) foram ofertados como alimentos. Experimentos prévios visando identificar as taxas de ingestão máxima do copépodo através do uso de um modelo de resposta funcional do tipo II quando cada uma das presas é ofertada separadamente também foram realizados. O copépodo apresentou maior taxa de ingestão máxima quando ciliados são ofertados como presa. N. cearensis mostrou preferência significativa por protozoários em detrimento da cianobactéria testada tanto em tratamentos com menor (correspondendo a cerca de 95,15% da dieta) quanto com maior concentração de alimento (cerca de 91,56% da dieta), preferindo o ciliado de maior tamanho nas menores concentrações (67,52% da dieta). A participação significativa de organismos heterotróficos na dieta do zooplâncton dá maior ênfase à participação da alça microbiana na passagem de energia para níveis tróficos superiores. Tal dado colabora para o entendimento da estabilidade das interações tróficas existentes em reservatórios sujeitos a eutrofização e auxilia estudos de cascata trófica nesses ambientes
Abstract: Protozoa may be an important alternative food source for Calanoida copepods in these environments. Aiming to quantify the feeding preferences of N. cearensis by ciliates in the presence of cyanobacteria, in vitro experiments were conducted, using mixed cultures in different concentrations of total food for copepod. Two ciliates species (Paramecium sp. and Cyclidium sp.) and a cyanobacteria toxic strain (Microcystis aeruginosa) were offered as food. Previous experiments were done to identify the copepod s maximum ingestion rate through the use of a type II functional response model when each prey is offered separately. High maximum ingestion rate were found when those protists were offered as prey. N. cearensis showed significant preference for protozoal prey over the cyanobacterium tested both in low (corresponding 95.15% of the diet) and in high food concentration treatments (about 91.56% of the diet), preferring the bigger ciliate in lower concentrations (67.52% of the diet). The meaningful involvement of heterotrophic organisms in the zooplankton diet emphasis the microbial loop participation in the energy transition from copepods to higher trophic levels. This data contributes to understand the stability of existing trophic interactions in reservoirs subjected to eutrophication and assists trophic cascade studies in these environments
URI: https://repositorio.ufrn.br/jspui/handle/123456789/14034
Appears in Collections:PPGE - Mestrado em Ecologia

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
EloMicrobianoAlimento_Camacho_2012.pdf819,3 kBAdobe PDFThumbnail
View/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.