Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://repositorio.ufrn.br/handle/123456789/14505
Título: A educação escolar na comunidade negra de Sibaúma: a trajetória educacional da Escola Municipal Armando de Paiva
A educação escolar na comunidade negra de Sibaúma: a trajetória educacional da Escola Municipal Armando de Paiva
Autor(es): Silva, Terezinha Martins da
Palavras-chave: Afrodescendente;Comunidade;Escola;Educação;Africandescent;Community;School;Education
Data do documento: 31-Jul-2012
Editor: Universidade Federal do Rio Grande do Norte
Referência: SILVA, Terezinha Martins da. A educação escolar na comunidade negra de Sibaúma: a trajetória educacional da Escola Municipal Armando de Paiva. 2012. 139 f. Dissertação (Mestrado em Educação) - Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal, 2012.
Resumo: As comunidades negras, hoje denominadas quilombolas, estiveram, por muito tempo, segregadas em distanciamentos sociais e culturais com relação aos demais agrupamentos do país. Gradativamente, o estabelecimento de políticas públicas tem possibilitado a inserção dessas comunidades em novas instâncias sociais, favorecendo a melhoria dos níveis de aprendizagens. Este trabalho apresenta uma reflexão sobre a trajetória educacional da Escola Municipal Padre Armando de Paiva, inserida num contexto de afrodescendência, na comunidade denominada Sibaúma, município de Tibau do Sul RN, caracterizada como objeto deste estudo, no intuito de conhecer o percurso da escola em relação ao seu entorno. Metodologicamente, a pesquisa se circunscreve na pesquisa descritiva da reconstrução histórica da escola, considerada um caso merecedor de análise. A partir de uma reflexão sobre a presença dos afrodescendentes no Brasil e no Rio Grande do Norte, o estudo apresenta também informações sobre a educação brasileira. Por fim, apresenta as trajetórias direcionadas para a análise das condições físicas, a dinâmica da matrícula, da evasão e da repetência do seu alunado e da qualificação do seu corpo técnico-pedagógico. A pesquisa elegeu, para análise, períodos letivos quinquenais, cujas séries se iniciam no ano de mil novecentos e oitenta e terminam no ano de dois mil e dez
Abstract: The black communities, nowadays known as quilombolas, have long been segregated in social and cultural distances in relation to other groups in the country. Gradually, the establishment of public policy has enabled the inclusion of these social communities in new instances, favoring the improvement of standards of learning. In order to know the route of the school in relation to its surroundings, this paper presents a reflection on the educational history of the Municipal School Padre Armando de Paiva, inserted in the context of afrodescendência (African descendants), in the community called Sibaúma, municipality of Tibau do Sul - RN, characterized as the object of this study. Methodologically, this study is limited in a descriptive research of the historical reconstruction of the school, a case considered worthy of analysis. From a reflection on the presence of African descent in Brazil and in Rio Grande do Norte, the study also presents information on education in Brazil. Finally, it presents the trajectories directed to the analysis of physical conditions, the dynamics of registration, and avoidance of repetition of its students and the qualifications of its teaching staff. Survey selected for analysis five-year academic periods, a series which began in the year nineteen eighty and ends in the year two thousand and ten
URI: https://repositorio.ufrn.br/jspui/handle/123456789/14505
Aparece nas coleções:PPGED - Mestrado em Educação

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
TeresinhaMS_DISSERT.pdf2,19 MBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.