Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufrn.br/handle/123456789/14765
Title: Ensino do processo de enfermagem: visão dos discentes de graduação de Natal/RN
Authors: Nascimento, Luzia Kelly Alves da Silva
Keywords: enfermagem;processos de enfermagem;educação em enfermagem;nursing;nursing process;nursing education
Issue Date: 13-Dec-2012
Publisher: Universidade Federal do Rio Grande do Norte
Citation: NASCIMENTO, Luzia Kelly Alves da Silva. Ensino do processo de enfermagem: visão dos discentes de graduação de Natal/RN. 2012. 106 f. Dissertação (Mestrado em Assistência à Saúde) - Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal, 2012.
Portuguese Abstract: O processo de enfermagem (PE) é o meio sistematizado de oferecer cuidados humanizados com o objetivo de atingir os resultados esperados. É crescente a preocupação das instituições de saúde e de ensino em elaborar estratégias de implementação do mesmo. O objetivo desta pesquisa foi conhecer a visão dos discentes do último ano dos cursos de graduação de enfermagem de Natal/RN, sobre o ensino do PE. Trata-se de um estudo descritivo e exploratório do tipo quantiqualitativo, realizado em cinco instituições de ensino com o curso de graduação em enfermagem do município de Natal- RN em 2011. A amostra foi composta de 48 discentes dos penúltimos e últimos períodos dos cursos de enfermagem. A coleta dos dados foi realizada por meio de questionário on line com perguntas abertas e fechadas via SurveyMonkey. Foi utilizada para os dados quantitativos a estatística descritiva através do programa Microsoft Office Excel e para os dados qualitativos, a técnica de Análise de Conteúdo de Bardin. Os resultados apontaram um predomínio de discentes do sexo feminino (81,25%) com idade entre 21- 39 anos (75,00%) e no último período do curso (62,50%). Quanto à opinião dos discentes sobre o PE surgiram duas categorias: 1)Processo de Enfermagem como método fundamentado em conhecimento científico e estabelecido por etapas; 2)Qualidade da Assistência de Enfermagem, com duas subcategorias: Processo de Enfermagem como Prática de Enfermagem e Processo de Enfermagem como instrumento de melhoria da qualidade da assistência e promoção do bem-estar. Em relação ao ensino do PE os discentes (45,83%) disseram que o conhecimento do docente sobre o tema é bom; 81,25% relataram que os professores utilizam uma metodologia de ensino tradicional com componentes problematizadores e 45,83% respondeu que é abordado em disciplinas específicas de forma isolada a partir do eixo profissional. A fase do PE que os discentes de enfermagem têm mais dificuldades de apreensão é a implementação, sendo citada 22 vezes (29,70%). Em relação às dificuldades dos discentes, nos campos de estágio supervisionados, em aplicar o PE foi relatado por 83,50% que os entraves estavam relacionados a não implementação na prática, sobrecarga de trabalho e falta de crença do enfermeiro no PE. As estratégias de integração docente-assistenciais descritas quanto aos campos de estágio foram: a capacitação dos enfermeiros para que possam contribuir com a Universidade na implementação no serviço e ensino; e a necessidade das universidades focarem, de forma contínua no decorrer do curso, o PE com o envolvimento e estímulo dos docentes nesse processo. Esses resultados mostram que o PE para os discentes de enfermagem é uma metodologia de trabalho da profissão que precisa ser implementada efetivamente na realidade prática para que o seu ensino se torne efetivo e os futuros profissionais possam trazer contribuições reais na realização de ações sistematizadas com vistas a melhoria da qualidade da assistência e das ações da enfermagem. Espera-se que esse estudo possa contribuir em trazer algumas estratégias para facilitar a integração entre teoria e prática no ensino do PE e estimular uma discussão sobre o tema nas Escolas de Enfermagem onde a pesquisa foi realizada junto aos coordenadores, docentes e discentes
Abstract: The nursing process (NP) it s the systematized way of offering humanized care with the objective of reaching the expected results. The concern of the health and education institutions of elaborating implementation strategies of it is growing. The objective of this research was to know the vision of the senior students of the nursing graduation courses from Natal/RN, about the teaching of the NP. It s about a descriptive and exploratory study of the qualitative and quantitative type, done in five teaching institutions of the undergraduate nursing course of the municipality of Natal- RN in 2011. The research was composed by 48 students of the last 2 years of the nursing course. The gathering of the data was done through an online survey with open and closed questions via SurveyMonkey. For the quantitative data it was used the descriptive statistics from Microsoft Office Excel and for the qualitative data the Content Analysis of Bardin. The results pointed a predominance of female students (81,25%) with an age between 21- 39 years old (75,00%) and in the last year of the course (62,50%). As the opinion of the students about the NP two categories emerged: 1) Nursing Process as grounded method in scientific knowledge and established in two stages; 2) Nursing Assistance Quality, with two subcategories: Nursing Process as Nursing Practice and Nursing Process as instrument of improvement of the aid quality and promotion of well-being. In relation to the tuition of the NP the students (45,83%) said that the knowledge on the subject of the instructor was good; 81,25% reported that the professors use a traditional teaching methodology with the problem solving components and 45,83% answered that is addressed in specific disciplines in an isolated way starting from the professional line. The phase of NP that the nursing students have more difficulties of learning and implementing, being mentioned 22 times (29,70%). In relation to the student s difficulties, in the fields of supervised internships, in applying the NP it was stated for 83,50% that the barriers were related to the non implementation of the practice, overwork and the lack of trust of the nurse in the NP. The teaching-care strategies described as the internship fields were: the training of nurses to be able to contribute with the University in the implementation of the service and teaching; and the need of the universities to focus, continuously throughout the course, the NP with the involvement and incentive of the instructors in this process. These results show that the NP for the nursing students is a work methodology of the profession that needs to be implemented effectively in the practical reality for its teaching to turn effective and for the future professionals to be able to bring real contributions in the achievement of systematized actions trying to improve the assistance quality and the nursing actions. It is expected that this study could help bringing some strategies to facilitate the merging between theory and practice in teaching the NP and stimulate a discussion about the topic at the Nursing Schools where the research was held together with the coordinators, instructors and students
URI: https://repositorio.ufrn.br/jspui/handle/123456789/14765
Appears in Collections:PPGE - Mestrado em Enfermagem

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
LuziaKASN_DISSERT.pdf2.9 MBAdobe PDFThumbnail
View/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.