Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufrn.br/handle/123456789/16472
Full metadata record
DC FieldValueLanguage
dc.contributor.advisorNahra, Cínara Maria Leitept_BR
dc.contributor.authorSetúbal, Hilana Cristina Rochapt_BR
dc.date.accessioned2014-12-17T15:12:12Z-
dc.date.available2010-08-30pt_BR
dc.date.available2014-12-17T15:12:12Z-
dc.date.issued2010-11-30pt_BR
dc.identifier.citationSETÚBAL, Hilana Cristina Rocha. O cuidado e a ética do cuidado: um diálogo entre Leonardo Boff, Carol Gilligam e Nel Noddings. 2010. 98 f. Dissertação (Mestrado em Metafísica) - Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal, 2010.por
dc.identifier.urihttps://repositorio.ufrn.br/jspui/handle/123456789/16472-
dc.description.abstractTo elucidate the important contribution of care ethics in improving human relations and social intimates, this work reveals the fragility and lack of ethics on the formation of a just society, equal, peaceful and caring. To this end, we study on the moral development of men and women, warning of the natural differences between the sexes, which change for both the way of seeing life and live it - which does not imply inferiority to some genres. From this study it is clear that the natural care is innate to humans, it provides a tendency to act for the good of all life forms and nature as a whole. But it is evident here a greater sensitivity of women to such care because they possess perception and more emotion than men, which make them more participatory and involved in relationships. This greater openness to care found in women, due in part to the strong and lasting relationship with their mothers. Thus is revealed the power that women have to positively change the direction of human relationships, providing careful with your example, protective and caring, the awakening of a new and comprehensive ethics - opens to the truth, and features especially for affections. Therefore, the care ethics arises from the life experiences of women and aims, through them, to join the men's morality in order to bring out the relevant fact of interdependence between human beings, of human fragility and the need for relationships to the fullness of lifeeng
dc.formatapplication/pdfpor
dc.languageporpor
dc.publisherUniversidade Federal do Rio Grande do Nortepor
dc.rightsAcesso Abertopor
dc.subjectCuidadopor
dc.subjectÉtica do cuidadopor
dc.subjectFemininopor
dc.subjectMasculinopor
dc.subjectCareeng
dc.subjectCare Ethicseng
dc.subjectFeminineeng
dc.subjectMasculineeng
dc.titleO cuidado e a ética do cuidado: um diálogo entre Leonardo Boff, Carol Gilligam e Nel Noddingspor
dc.typemasterThesispor
dc.publisher.countryBRpor
dc.publisher.initialsUFRNpor
dc.publisher.programPrograma de Pós-Graduação em Filosofiapor
dc.contributor.advisorLatteshttp://lattes.cnpq.br/3185309694904313por
dc.contributor.referees1Fellini, Julianopt_BR
dc.contributor.referees1Latteshttp://lattes.cnpq.br/6818386976071521por
dc.contributor.referees2Agnol, Darlei Dallpt_BR
dc.description.resumoVisando a elucidar a importante contribuição da ética do cuidado no aperfeiçoamento das relações humanas íntimas e sociais, este trabalho revela a fragilidade e insuficiência da ética atual para a formação de uma sociedade justa, igualitária, pacífica e cuidadosa. Para tanto é feito um estudo sobre o desenvolvimento moral de homens e mulheres, alertando para as naturais diferenças de comportamento e pensamento existente entre os sexos, as quais modificam para ambos a maneira de ver a vida e de vivê-la - o que não implica em inferioridade para algum dos gêneros. Partindo desse estudo, fica claro que o cuidado natural é inato ao humano, o que lhe propicia a tendência de agir em favor do bem de todas as formas de vida e da natureza como um todo. Mas evidencia-se aqui uma sensibilidade maior das mulheres a esse cuidado por elas possuírem percepção e emotividade mais aguçadas que os homens, o que as tornam mais participativas e envolvidas em relacionamentos. Essa maior abertura ao cuidado encontrada na mulher, deve-se em parte ao forte e duradouro relacionamento com suas mães. Assim, é revelado o poder que as mulheres têm em mudar positivamente a direção dos relacionamentos humanos, proporcionando com seu exemplo cuidadoso, protetor e solícito, o despertar de uma ampla e nova ética - com abertura para a verdade, para particularidades e principalmente para os afetos. Portanto, a ética do cuidado surge das experiências de vida das mulheres e almeja, por meio delas, juntar-se à moralidade masculina no intuito de trazer à tona a relevante realidade da interdependência entre os seres, da fragilidade humana e a necessidade das relações afetivas para a plenitude da vidapor
dc.publisher.departmentMetafísicapor
dc.subject.cnpqCNPQ::CIENCIAS HUMANAS::FILOSOFIApor
Appears in Collections:PPGFIL - Mestrado em Filosofia

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
HilanaCRS_DISSERT.pdf515.62 kBAdobe PDFThumbnail
View/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.