Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufrn.br/handle/123456789/16668
Full metadata record
DC FieldValueLanguage
dc.contributor.advisorBrasileiro, Jamilson Simõespt_BR
dc.contributor.authorFerreira, Jailson Oliveirapt_BR
dc.date.accessioned2014-12-17T15:16:05Z-
dc.date.available2009-12-16pt_BR
dc.date.available2014-12-17T15:16:05Z-
dc.date.issued2009-04-02pt_BR
dc.identifier.citationFERREIRA, Jailson Oliveira. Efeito de três tecnicas de alongamento muscular sobre o torque e atividade eletromiográfica. 2009. 102 f. Dissertação (Mestrado em Movimento e Saúde) - Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal, 2009.por
dc.identifier.urihttps://repositorio.ufrn.br/jspui/handle/123456789/16668-
dc.description.abstractPURPOSE: To examine the acute effects caused by three techniques for stretching the hamstrings muscle on the active concentric peak torque (PT), passive PT and electromyographic activity (EMG). METHODS: Sixty volunteers (mean ± SD age, 22.6 ± 3 years), height 1.64 ± 0.07m and body weight of 58 ± 8.6kg, were randomly allocated into 4 groups of 15 subjects: Control Group (CG) - 5 minutes at rest, Static Stretching Group (SG) - 2 x 30s; Hold-Relax Group (HRG) - 3 x 6s of isometric contraction of hamstrings interspersed by 10s of hamstrings stretching and agonist Hold-Relax Group (AHRG) - 3 x 6s of isometric contraction of the quadriceps interspersed by 10s of hamstrings stretching. Evaluation has been conducted preand post-intervention, which verified the active concentric PT, passive PT EMG activity of IT. The statistical inference was performed by testing intra and inter, significance level at 5%. RESULTS: After intervention, there was a reduction in passive PT on CG, accompanied by a reduction of EMG activity, and an increase in passive PT on SG and AHRG. There was no change in the active concentric PT, or change in EMG activity. CG showed an increase in angle of the PT active, while the other groups showed no change. CONCLUSION: The results suggest that the shortterm stretching: 1) causes acute increase in passive torque, since the muscle does not perform sub-maximal contraction, 2) does not change in electromyographic activity and active torque, ind ependent of the techniqueeng
dc.description.sponsorshipCoordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superiorpt_BR
dc.formatapplication/pdfpor
dc.languageporpor
dc.publisherUniversidade Federal do Rio Grande do Nortepor
dc.rightsAcesso Abertopor
dc.subjectFlexibilidadepor
dc.subjectExercícios de Alongamento Muscularpor
dc.subjectDinamômetro de Força Muscularpor
dc.subjectModalidades de Fisioterapiapor
dc.subjectFlexibilityeng
dc.subjectMuscle Stretching Exerciseseng
dc.subjectMuscle Strength Dynamometereng
dc.subjectPhysical Therapy Modalitieseng
dc.titleEfeito de três tecnicas de alongamento muscular sobre o torque e atividade eletromiográficapor
dc.typemasterThesispor
dc.publisher.countryBRpor
dc.publisher.initialsUFRNpor
dc.publisher.programPrograma de Pós-Graduação em Fisioterapiapor
dc.contributor.authorIDpor
dc.contributor.authorLatteshttp://lattes.cnpq.br/5340182252706784por
dc.contributor.advisorIDpor
dc.contributor.advisorLatteshttp://lattes.cnpq.br/2238444079880883por
dc.description.resumoOBJETIVO: Examinar os efeitos agudos provocados por três técnicas de alongamento muscular sobre os isquiotibiais (IT) quanto ao pico de torque (PT) ativo concêntrico, PT passivo e atividade eletromiográfica (EMG). MÉTODOS: Sessenta voluntárias (idade média ± DP, 22,6 ± 3 anos), altura de 1,64 ± 0,07 m, e peso corporal de 58 ± 8,6 Kg, foram alocadas aleatoriamente em 4 grupos de 15 sujeitos: Grupo Controle (GC) 5 minutos em repouso; Grupo Alongamento Estático (GE) 2 x 30s; Grupo Manter-Relaxar (GMR) 3 x 6s de contração isométrica dos IT intercaladas por 10s de alongamento dos IT; e Grupo Agonista Manter-Relaxar (GAMR) 3 x 6s de contração isométrica do quadríceps intercaladas por 10s de alongamento dos IT. Foi realizada uma avaliação antes e após a intervenção, na qual foi verificado o PT ativo concêntrico, PT passivo e atividade EMG dos IT. A estatística inferencial foi realizada por meio de testes intra e intergrupos, atribuindose o nível de significância de 5%. RESULTADOS: Foi constatada uma redução no PT passivo do GC, acompanhada de uma redução da atividade EMG de repouso, e um aumento do PT passivo do GE e do GAMR. Não houve alteração no PT ativo concêntrico, nem alteração na atividade EMG. O GC apresentou aumento no ângulo do PT ativo, enquanto os demais grupos não apresentaram alteração. CONCLUSÃO: Os resultados sugerem que o alongamento de curta-duração: 1) provoca aumento agudo do torque passivo, desde que o músculo não realize contração sub-máxima; 2) não provoca alteração da atividade eletromiográfica nem do torque ativo, indepentente da técnica utilizada.por
dc.publisher.departmentMovimento e Saúdepor
dc.subject.cnpqCNPQ::CIENCIAS DA SAUDE::FISIOTERAPIA E TERAPIA OCUPACIONALpor
Appears in Collections:PPGFS - Mestrado em Fisioterapia

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
JailsonOF.pdf1,49 MBAdobe PDFThumbnail
View/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.