Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufrn.br/handle/123456789/16692
Full metadata record
DC FieldValueLanguage
dc.contributor.advisorGuerra, Ricardo Oliveirapt_BR
dc.contributor.authorSoares, Karla Vanessa Rodriguespt_BR
dc.date.accessioned2014-12-17T15:16:11Z-
dc.date.available2011-05-11pt_BR
dc.date.available2014-12-17T15:16:11Z-
dc.date.issued2010-11-04pt_BR
dc.identifier.citationSOARES, Karla Vanessa Rodrigues. Saúde física e emocional de cuidadores da cidade de Santa Cruz-RN: perfil epidemiológico e fatores associados. 2010. 65 f. Dissertação (Mestrado em Movimento e Saúde) - Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal, 2010.por
dc.identifier.urihttps://repositorio.ufrn.br/jspui/handle/123456789/16692-
dc.description.abstractTaking care for an impaired elderly is a hard and costly task that could affect directly the caregiver health. The purpose of this study was to evaluate the physical and mental health of elderly caregivers from the city of Santa Cruz-RN and analyze the potential correlated factors through an observational analytic design of a crosssectional. A multidimensional questionnaire was used to evaluation of the social demographics characteristics and those related to the care activity, as well as the caregivers´ physical and mental health. It was realized a descriptive analyze using frequency distribution and measures of the central tendency and dispersion to description of the caregivers. To verify the magnitude of the association between the variables was used the bivariate analysis through the Pearson and Spearman correlations and qui-square test. To evaluation of the association of the correlated factors to the adverse outcome with the caregivers´ physical and mental health was made a multivariate analysis by logistic binary regression and multiple linear regression models. The final sample was constituted by 304 persons, mostly women with a mean age of 50.3 ±16.8 years. The principal factors related to the physical health were age, stress and life satisfaction. Be a male caregiver, caring for a little while the elderly with cognitive deficit and not been spouse were related to worse mental health. Have worse physical health, high stress, depressive symptomatology, burden and low levels of satisfaction were also related to the mental health. After adjust through multiple linear regression was observed R2 values of R2=0,21 for Stress, R2 =0,17 for Depressive Symptomatology, R2 =0,21 for Burden and R2 =0,16 for Satisfaction. The attainment of the factors associated with caregiver´s health can help in the elaboration of specifics politics witch the goal is the integral attention to the elderly and his caregiver. The inability of continuous taking care could result in adverse outcomes such as institutionalization, impairment and deatheng
dc.description.sponsorshipConselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológicopt_BR
dc.formatapplication/pdfpor
dc.languageporpor
dc.publisherUniversidade Federal do Rio Grande do Nortepor
dc.rightsAcesso Abertopor
dc.subjectIdosopor
dc.subjectDoença crônicapor
dc.subjectCuidadorespor
dc.subjectSaúdepor
dc.subjectElderly, Chronic diseaseeng
dc.subjectCaregiverseng
dc.subjectHealtheng
dc.titleSaúde física e emocional de cuidadores da cidade de Santa Cruz-RN: perfil epidemiológico e fatores associadospor
dc.typemasterThesispor
dc.publisher.countryBRpor
dc.publisher.initialsUFRNpor
dc.publisher.programPrograma de Pós-Graduação em Fisioterapiapor
dc.contributor.authorIDpor
dc.contributor.authorLatteshttp://lattes.cnpq.br/6888604661874226por
dc.contributor.advisorIDpor
dc.contributor.advisorLatteshttp://lattes.cnpq.br/4265185619165890por
dc.contributor.referees1Maciel, álvaro Campos Cavalcantipt_BR
dc.contributor.referees1IDpor
dc.contributor.referees1Latteshttp://lattes.cnpq.br/9441132413428495por
dc.contributor.referees2Laurentino, Glória Elizabeth Carneiropt_BR
dc.contributor.referees2IDpor
dc.contributor.referees2Latteshttp://lattes.cnpq.br/7456087575957421por
dc.description.resumoA tarefa de cuidar de um idoso incapacitante é uma atividade difícil e dispendiosa que pode afetar diretamente a saúde do cuidador. Este estudo teve como objetivo avaliar a saúde física e emocional de cuidadores de idosos da cidade de Santa Cruz-RN, e analisar seus potenciais fatores associados através de um estudo observacional analítico do tipo transversal. Foi utilizado um questionário multidimensional para avaliação das características sociodemográficas; das atividades relacionadas com o cuidar, assim como, das variáveis ligadas à saúde física e emocional dos cuidadores. Para descrição dos cuidadores foi realizada uma análise descritiva utilizando a distribuição de freqüências absolutas e relativas, e medidas de tendência central e dispersão. Para verificação da magnitude de associação entre variáveis, utilizou-se análise bivariada através dos testes de correlação de Pearson e Spearman, e teste de qui-quadrado. Para avaliação da associação de fatores associados aos desfechos adversos à saúde física e mental dos cuidadores, foi realizada análise multivariada mediante modelos de regressão logística binária e regressão linear múltipla. A amostra foi constituída por 304 indivíduos, em sua maioria por mulheres e a média de idade foi de 50,3 ±16,8. Os principais fatores associados à saúde física foram idade, níveis de estresse e satisfação com a vida. Ser um cuidador homem, cuidando a pouco tempo do idoso com déficit cognitivo e não ser cônjuge desse idoso foram relacionados à saúde emocional ruim. Ter uma saúde física ruim, níveis elevados de estresse, presença de sintomatologia depressiva, sobrecarga e níveis baixos de satisfação também foram correlacionados à saúde emocional. Após ajuste feito através da análise de regressão linear observou-se valores de R2 =0,21 para estresse, R2 =0,17 para sintomatologia depressiva, R2 =0,21 para sobrecarga e R2 =0,16 para satisfação. O conhecimento dos fatores associados à saúde do cuidador pode auxiliar na elaboração de políticas específicas cujo objetivo seja a atenção integral à saúde do idoso e dos seus cuidadores. A impossibilidade de continuar a prover cuidados ao idoso pode resultar em desfechos adversos como institucionalização, incapacidade e mortepor
dc.publisher.departmentMovimento e Saúdepor
dc.subject.cnpqCNPQ::CIENCIAS DA SAUDE::FISIOTERAPIA E TERAPIA OCUPACIONALpor
Appears in Collections:PPGFS - Mestrado em Fisioterapia

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
karlaVRS_DISSERT.pdf863,48 kBAdobe PDFThumbnail
View/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.