Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufrn.br/handle/123456789/16716
Title: Prevalência de doença arterial obstrutiva periférica (DAOP) e alterações sensoriais em pacientes diabéticos tipo 2: impacto da DAOP sobre a qualidade de vida, nível de atividade física e composição corporal
Authors: Sales, Ana Tereza do Nascimento
Keywords: diabetes melito;doença arterial obstrutiva periférica;alterações de sensibilidade;qualidade de vida;diabetes mellitus;peripheral arterial disease;quality of life
Issue Date: 23-Mar-2012
Publisher: Universidade Federal do Rio Grande do Norte
Citation: SALES, Ana Tereza do Nascimento. Prevalência de doença arterial obstrutiva periférica (DAOP) e alterações sensoriais em pacientes diabéticos tipo 2: impacto da DAOP sobre a qualidade de vida, nível de atividade física e composição corporal. 2012. 109 f. Dissertação (Mestrado em Movimento e Saúde) - Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal, 2012.
Portuguese Abstract: O diabetes melito (DM) afetava aproximadamente 171 milhões de pessoas no mundo no ano 2000 segundo dados da Organização Mundial da Saúde (OMS). Por ser considerada uma doença multissistêmica o DM é capaz de causar complicações diversas, principalmente àquelas relacionadas ao sistema cardiovascular. A doença arterial obstrutiva periférica (DAOP) de membros inferiores (MMII) e a polineuropatia distal diabética (PNDD) podem acometer o paciente diabético causando consequências como o pé diabético e eventualmente amputações. O objetivo principal deste estudo foi determinar a prevalência de DAOP e alterações de sensibilidade em 73 pacientes diabéticos tipo 2 (DM2) e avaliar o impacto da DAOP na qualidade de vida, nível de atividade física e composição corporal desses pacientes. Para as avaliações clínicas foram utilizados: o Índice tornozelo-braquial (ITB); testes quantitativos de sensibilidade tátil (ST, monofilamento de 10g), dolorosa (SD), vibratória (SV); reflexo aquileu (RA); questionário de qualidade de vida SF-36; questionário de atividade física habitual de Baecke e bioimpedância elétrica. A prevalência de DAOP na população estudada foi de 13,7%. O ITB correlacionou-se inversamente com a idade (p=0,03; rhô= -0,26), tempo de diagnóstico referido (p=0,02; rhô= -0,28) e pressão arterial (p= 0,0007; rhô= -0,33). Foram encontrados piores índices no sumário de saúde física do questionário SF-36 nos pacientes diabéticos, no entanto, a presença de DAOP, de magnitude predominantemente leve, não ocasionou alterações significativas na qualidade de vida, composição corporal ou grau de atividade física avaliado por questionário. Quatorze pacientes (19,2%) apresentaram alterações simétricas e bilaterais em dois ou mais testes de sensibilidade, compatíveis com o diagnóstico de NDP. Alterações na ST, SD e SV estavam presentes em 27,3%, 24,6% 8,2% dos pacientes; respectivamente. Houve associação estatística entre os resultados da ST com o RA e principalmente com SD, denotando a importância e praticidade da utilização do primeiro método na avalição de rotina no DM2. Em conclusão, a prevalência de DAOP em pacientes DM2 subclínicos foi ligeiramente maior que a apresentada na população geral e compatível com estudos anteriores em pacientes DM. O grau de DAOP foi predominantemente leve e ainda sem repercussões significativas sobre a qualidade de vida ou composição corporal. O presente estudo mostrou que existe prevalência relevante tanto de DAOP quanto de PNDD em pacientes DM2 sem diagnostico prévio dessas comorbidades, demonstrando a necessidade de intervenções preventivas e terapêuticas precoces para a atenção desta população
Abstract: Diabetes Mellitus (DM) affected approximately 171 million people in the world in the year 2000 as described by the World Health Organization (WHO). Because DM is a multisystem disease it can cause several complications especially those related to the cardiovascular system. The Peripheral Arterial Disease (PAD) of the lower limbs and the Diabetic Distal Symmetric Polyneuropathy (DDSP) can affect the DM patient causing consequences as the diabetic foot and eventually amputations. The main objective of this study was to determine the prevalence of PAD and sensorial impairment in 73 type 2 DM (DM2) patients and also assess the impact of PAD on quality of life, level of physical activity and body composition. For clinical assessment it was used: the ankle-brachial index (ABI); quantitative sensorial test for tactile sensibility (ST), pain (SD), vibration (SV); Achilles tendon reflex (RA); quality of life questionnaire (SF-36); modified Baecke physical activity questionnaire and bioelectric impedance. Prevalence of PAD in the studied population was 13.7%. ABI was inversely correlated to age (p=0,03; rhô= -0,26), diabetes duration (p=0,02; rhô= -0,28) and blood pressure (p= 0,0007; rhô= -0,33). There were lower scores for physical health summary on the SF-36 in DM2 patients; however, the presence of PAD predominantly mild did not significantly impact quality of life, body composition or physical activity level assessed by questionnaire. Fourteen patients (19.2%) present bilateral and symmetrical alterations in two or more sensorial tests compatible to DPN diagnosis. Abnormalities in ST, SD and SV were present in 27.3%, 24.6% and 8.2%; respectively. There was association of results from ST abnormalities with RA and mainly with SD, suggesting the importance of 10g monofilament use in DM2 routine assessment. In conclusion, the prevalence of PAD in subclinical DM2 was slightly higher compared to the general population and in agreement to previously published data in DM patients. The PAD severity was predominantly mild and still without repercussion on quality of life and body composition. Our study demonstrated a significant prevalence of both PAD and DPN in DM2 without previous diagnosis of these complications and indicates the necessity of early preventive and therapeutic interventions for this population
URI: https://repositorio.ufrn.br/jspui/handle/123456789/16716
Appears in Collections:PPGFS - Mestrado em Fisioterapia

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
AnaTSNS_DISSERT.pdf1,7 MBAdobe PDFThumbnail
View/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.