Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufrn.br/handle/123456789/16747
Title: Análise do sono e da utilização de cartilhas educativas em pacientes com acidente vascular cerebral
Authors: Coutinho, Ismenia Silva Gomes
Keywords: Acidente vascular cerebral. Sono. Cognição;Stroke. Sleep. Cognition
Issue Date: 26-Nov-2013
Publisher: Universidade Federal do Rio Grande do Norte
Citation: COUTINHO, Ismenia Silva Gomes. Análise do sono e da utilização de cartilhas educativas em pacientes com acidente vascular cerebral. 2013. 74 f. Dissertação (Mestrado em Movimento e Saúde) - Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal, 2013.
Portuguese Abstract: O AVC é uma grande causa de mortalidade e uma das principais causas de incapacidade entre adultos. O presente estudo visa analisar o estado do sono e da utilização de cartilhas educativas em pacientes com AVC. No primeiro estudo foram abordados os fatores associados com os horários de dormir/acordar e no segundo estudo foi analisado o conhecimento e prática quanto às orientações sobre os hábitos de sono e estimulação cognitiva. No estudo 1 foram avaliados 50 pacientes sendo 28 homens, de faixa etária entre 25 e 90 anos que durante uma semana completaram um diário do sono e o registro de atividades através do Social Rhythm Metric (SRM) e do Indice de Nível de Atividades (ALI) e aplicação do questionário de cronotipo (MEQ). Utilizado o teste de correlação de Spearman verificou-se correlação significativa entre os horários de dormir/acordar com cronotipo e entre os horários de dormir/acordar com SRM e o ALI. No segundo estudo foram abordados 40 pacientes com idade média 56,1 ± 11,9 anos, sendo 15 homens e 25 mulheres; como instrumentos foram utilizados National Institute Health Stroke Scale (NIHSS) e em seguida os pacientes observaram cartilhas educativas sobre hábitos de sono e estimulação cognitiva respondendo se conheciam e se praticavam as orientações apresentadas. A análise estatística realizada através do teste de Fisher obteve como resultado, que das 10 orientações apresentadas sobre os hábitos de sono, 6 foram citadas como conhecidas e apenas 4 foram praticadas. Das 6 orientações cognitivas, não houve diferença significativa entre os que conheciam e não conheciam, mas em 5 delas a maior frequência foi dos pacientes que não praticaram. Os resultados dos estudos indicam a importância de avaliar o cronotipo antes do planejamento de reabilitação, e a necessidade de se estimular o ritmo social a fim de contribuir para a melhoria dos padrões de sono de pacientes. Verificou-se também que em relação ao conhecimento e prática de orientações apresentadas muitos pacientes não conheceram ou não praticaram orientações importantes a respeito de hábitos de sono e de estimulação cognitiva, mesmo na fase crônica da patologia, sugerindo que mais políticas de educação em saúde devem ser implementadas com intuito de causar mudança nos hábitos de vida dos pacientes com AVC
URI: https://repositorio.ufrn.br/jspui/handle/123456789/16747
Appears in Collections:PPGFS - Mestrado em Fisioterapia

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
IsmeniaSGC_DISSERT.pdf772,98 kBAdobe PDFThumbnail
View/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.