Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufrn.br/handle/123456789/16958
Title: O Comitê pela anistia no Rio Grande do Norte e a Associação Norte-Rio-Grandense de Anistiados Políticos como espaços de história, memória e política(1979-2001)
Authors: Medeiros, Aliny Dayany Pereira de
Keywords: Anistia;Rio Grande do Norte;Comitê pela anistia;Associação Norte-Rio-Grandense de Anistiados Políticos;Amnesty;Spaces;Rio Grande do Norte;Brazil politics and government
Issue Date: 30-Mar-2012
Publisher: Universidade Federal do Rio Grande do Norte
Citation: MEDEIROS, Aliny Dayany Pereira de. O Comitê pela anistia no Rio Grande do Norte e a Associação Norte-Rio-Grandense de Anistiados Políticos como espaços de história, memória e política(1979-2001). 2012. 125 f. Dissertação (Mestrado em História e Espaços) - Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal, 2012.
Portuguese Abstract: Este trabalho se trata de uma pesquisa que toma o Comitê pela Anistia no Rio Grande do Norte e a Associação Norte-Rio-Grandense de Anistiados Políticos como Espaços capazes de expressar História, Memória e Política. Tem por objetivo principal analisar o processo de anistia no estado a partir desses Espaços de luta e de resistência política, desde a década de 1970 até o início dos anos 2000. A discussão sobre anistia e sobre luta por direitos e reparações está presente ainda hoje na agenda política do país, o que demonstra a sua relevância e o caráter incompleto da anistia. Além das fontes orais, indispensáveis para a compreensão de períodos de opressão, também são utilizadas fontes escritas, como: jornais digitalizados e impressos, legislações, atas de reunião, cartilhas de partidos políticos, revistas, teses, dissertações, dentre outras. Neste trabalho, é realizado o cruzamento das fontes orais com as escritas, conforme orienta Paul Thompson, destacando a importância da Memória, sobretudo da Memória Coletiva, em consonância com a percepção de Maurice Halbwachs. Além disso, é trabalhado o conceito de História abordado por Jacques Le Goff e o de Política na perspectiva de Hannah Arendt, bem como é considerado o Espaço a partir da abordagem feita por Doreen Massey
Abstract: This work is about a search that takes the Comitê pela Anistia no Rio Grande do Norte and the Associação Norte-Rio-Grandense de Anistiados Políticos as Political Spaces capable of expressing History, Memory and Politic. And has as main objective analyzing the amnesty process in the State from these Spaces of political struggle and of resistance, from the 1970s until the early 2000s. The discussion of amnesty and struggle for rights and remedies are still present today on the political agenda of the country, which demonstrates the importance and the incompleteness of the amnesty. Beyond the oral sources, which are essential for understanding periods of oppression, we also used written sources, such as digital and printed newspapers, laws, meeting minutes, pamphlets of political parties, magazines, theses, dissertations, among others. We made the crossing of oral sources with written guides us as Paul Thompson, highlighting the importance of Memory, especially of Collective Memory in line with the perception of Maurice Halbwachs. Work the concept of history approached by Jacques Le Goff and Politic from the perspective of Hannah Arendt. And consider the space from the approach taken by Doreen Massey
URI: https://repositorio.ufrn.br/jspui/handle/123456789/16958
Appears in Collections:PPGH - Mestrado em História

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
AlinyDPM_DISSERT.pdf3.2 MBAdobe PDFThumbnail
View/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.