Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufrn.br/handle/123456789/17480
Title: Estudos de validade da escala de dependência alcoólica do millon clinical multiaxial inventory iii para o Brasil
Authors: Sousa, Heloisa Karmelina Carvalho de
Keywords: MCMI III;Tradução e adaptação;Transtornos de personalidade;Síndromes clínicas;Escala de dependência de álcool;Translation and adaptation;Personality disorders;Clinical syndromes;Alcohol dependence scale
Issue Date: 20-May-2011
Publisher: Universidade Federal do Rio Grande do Norte
Citation: SOUSA, Heloisa Karmelina Carvalho de. Estudos de validade da escala de dependência alcoólica do millon clinical multiaxial inventory iii para o Brasil. 2011. 119 f. Dissertação (Mestrado em Psicologia, Sociedade e Qualidade de Vida) - Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal, 2011.
Portuguese Abstract: Esse estudo tem como principais objetivos traduzir e adaptar o MCMI-III para o português brasileiro, bem como investigar e analisar as modificações envolvidas na escala de Dependência de Álcool do instrumento original em relação aos resultados obtidos na validade e no processo de adaptação para o Brasil. O inventário foi traduzido e posteriormente administrado em pessoas com níveis variados de leitura para certificar-se de que os itens pudessem ser compreendidos pelo público em geral, de diversos locais do país, divididos em grupo clínico e grupo não clínico. Foram avaliados 2855 sujeitos com idades de 18 a 85 anos, dos sexos feminino e masculino, residentes e domiciliados em cidades brasileiras. As formas de administração foram modo presencial e modo informatizado. Os resultados demonstraram que o grupo clínico apresentou diferenças significativas entre as médias com relação ao grupo não clínico. Por meio da administração do Questionário Geral de Saúde desenvolveram-se estudos quanto à obtenção de validade convergente cujos resultados apontaram a relação entre os escores desse instrumento e o MCMI-III. A análise da escala de Dependência do Álcool apontou que pessoas que relataram ter feito uso abusivo de álcool pontuaram mais alto, indicando a adequação do instrumento em identificar manifestações de transtornos e síndromes. Contudo, ainda são necessários estudos posteriores para estabelecimento de padrões normativos para a amostra brasileira
Abstract: This study has as main objectives to translate and to adapt the MCMI-III to brazilian Portuguese, as well as investigate and analyze the involved modifications in the Alcohol Dependence Scale concerning to the results obtained on the validity and on the process of adaptation to Brazil. The inventory was translated and, posteriorly, applied on people with different reading levels to certify that the items are understandable to public in general, from diverse places of the country, divided into clinical and non-clinical groups. Were evaluated 2855 subjects between the ages of 18 and 85 years old, male and female, resident and dwellers of Brazilian cities. The application methods were face-to-face and computerized. Results showed that the clinical group presented significant differences between the means in comparison to the non-clinical group. Through the application of the General Health Questionnaire were developed studies related to the achievement of convergent validity and its results pointed to the relation between the instrument scores and the MCMI-III. The Alcohol Dependence Scale analysis indicated that people who reported abusive use of alcohol had highest scores, indicating adequacy of the instrument on identifying manifestation of disorders and syndromes. Nevertheless, further studies are necessary to the establishment of normative patterns to the Brazilian sample
URI: https://repositorio.ufrn.br/jspui/handle/123456789/17480
Appears in Collections:PPGPSI - Mestrado em Psicologia

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
HeloisaKCS_DISSERT.pdf1,1 MBAdobe PDFThumbnail
View/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.