Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufrn.br/handle/123456789/17518
Title: Praça: lugar de lazer: relações entre características ambientais e comportamentais na Praça Kalina Maia Natal RN
Authors: Liberalino, Cintia Camila
Keywords: Praça. Lazer. Comportamento. Mapeamento comportamental;Square. Leisure. Behavior. Behavioral mapping.
Issue Date: 19-Apr-2011
Publisher: Universidade Federal do Rio Grande do Norte
Citation: LIBERALINO, Cintia Camila. Praça: lugar de lazer: relações entre características ambientais e comportamentais na Praça Kalina Maia Natal RN. 2011. 133 f. Dissertação (Mestrado em Psicologia, Sociedade e Qualidade de Vida) - Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal, 2011.
Portuguese Abstract: Atualmente, o caos urbano traz aos moradores das cidades problemas como fadiga mental, irritabilidade e falta de atenção, acentuando a necessidade de espaços urbanos abertos, capazes de contribuir para a restauração do equilíbrio físico e mental das pessoas. Pela variedade das alternativas de uso oferecidas, muitas das quais relacionadas ao estímulo de atividades de entretenimento, as praças têm sido apontadas como ambientes restauradores, principalmente pelo seu potencial enquanto lugar de lazer. Nesse contexto, o objetivo geral desta dissertação é a compreensão do uso da praça como ambiente de lazer, tomando como referência o estudo de uma praça de Natal RN, estabelecendo a relação entre suas características ambientais e comportamentais. Mais especificamente, busco identificar as principais atividades que ali acontecem, as pessoas que as desempenham e as configurações espaciais e temporais dessa ocupação. Dentre 290 praças existentes na cidade, foi selecionada a Praça Kalina Maia, localizada no bairro de Lagoa Nova. A escolha do estudo de caso recorreu a critérios relativos à escala, forma, localização na malha urbana, variabilidade de usos e estado de conservação. No estudo utilizei mapeamento comportamental centrado no lugar e centrado nas pessoas, análise de vestígios de comportamento e 14 entrevistas. Os resultados revelam que a praça é utilizada por pessoas de varias idades e classes sociais, subdivididas em grupos com dias e horários específicos. Estes usuários geralmente se envolvem em atividades ligadas a vários tipos de lazer, com predominância do esportivo. A relação entre configuração espacial e comportamento mostra haver uma setorização dos usos, sendo possível identificar as características ambientais que mais favorecem algumas das atividades observadas, sobretudo relacionadas ao sombreamento e à presença de mobiliário e equipamentos. Além disso, ao longo do dia verifica-se que as affordances inerentes aos diversos objetos fixos presentes no local são decodificadas diferentemente pelas várias categorias de usuários, proporcionando a eles entendimentos que favorecem o desenvolvimento das atividades de lazer que caracterizam cada grupo
Abstract: Nowadays, the urban chaos brings some problems to the citizens such as mental fatigue, irritability and lack of attention, emphasizing the need for open urban spaces, capable to contribute to the restoration of physical and mental balance of people. By the variety of alternative uses available, many of them related to the stimulus of entertainment activities, the squares have been identified as restorative environments, especially by its potential as a place of leisure. In this context, the objective of this dissertation is to understand the use of the square as leisure environment, by a square in Natal RN, establishing the relationship between environmental and behavioral characteristics. More specifically, I attempt to identify the major activities that happen there, the people that develop them and the spatial and temporal configurations of this occupation. Among the 290 squares available in the city, the Kalina Maia Square was selected, which is located in the district of Lagoa Nova. The case study chosen was based on criteria relating to scale, shape, location on the urban environment, variability of uses and conservation status. In the study were used behavioral mapping place-centered and people-centered, behavior trace analysis and 14 interviews. The results show that the square is used by people from different ages and social classes, subdivided into groups with specific days and times. These users are usually engaged in activities related to various types of leisure, with sports predominance. The relationship between spatial configuration and behavior shows that there is a sectorization of uses, being possible to identify the environmental characteristics that most favor observed activities, especially in relation to shading and presence of furniture and equipment. Moreover, throughout the day it appears that the affordances inherent to the various fixed objects on the square are decoded differently by various categories of users, by giving them insights that help the development of leisure activities that characterize each group
URI: https://repositorio.ufrn.br/jspui/handle/123456789/17518
Appears in Collections:PPGPSI - Mestrado em Psicologia

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
CintiaCL_DISSERT.pdf5.51 MBAdobe PDFThumbnail
View/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.