Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufrn.br/handle/123456789/17804
Full metadata record
DC FieldValueLanguage
dc.contributor.advisorOliveira, Angelo Giuseppe Roncalli da Costapt_BR
dc.contributor.authorOliveira, Carlos Henrique Bezerra dept_BR
dc.date.accessioned2014-12-17T15:43:48Z-
dc.date.available2013-04-26pt_BR
dc.date.available2014-12-17T15:43:48Z-
dc.date.issued2013-02-05pt_BR
dc.identifier.citationOLIVEIRA, Carlos Henrique Bezerra de. Frequencia de enteroparasitoses em usuários do serviço público de saúde na Mesorregião do Oeste Potiguar. 2013. 47 f. Dissertação (Mestrado em Saúde Pública) - Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal, 2013.por
dc.identifier.urihttps://repositorio.ufrn.br/jspui/handle/123456789/17804-
dc.formatapplication/pdfpor
dc.languageporpor
dc.publisherUniversidade Federal do Rio Grande do Nortepor
dc.rightsAcesso Abertopor
dc.subjectEpidemiologia. Parasitoses. Estudos seccionaispor
dc.titleFrequencia de enteroparasitoses em usuários do serviço público de saúde na Mesorregião do Oeste Potiguarpor
dc.typemasterThesispor
dc.publisher.countryBRpor
dc.publisher.initialsUFRNpor
dc.publisher.programPrograma de Pós-Graduação em Saúde Coletivapor
dc.contributor.authorIDpor
dc.contributor.authorLatteshttp://lattes.cnpq.br/6034871360854058por
dc.contributor.advisorIDpor
dc.contributor.advisorLatteshttp://buscatextual.cnpq.br/buscatextual/visualizacv.do?id=K4794935P9&dataRevisao=nullpor
dc.contributor.referees1Noro, Luiz Roberto Augustopt_BR
dc.contributor.referees1IDpor
dc.contributor.referees2Aires Neto, Tertulianopt_BR
dc.contributor.referees2IDpor
dc.contributor.referees2Latteshttp://lattes.cnpq.br/7847977596554977por
dc.description.resumoEm um mundo de grande pobreza, as enteroparasitoses podem exercer um papel importante no que se refere às desigualdades sociais, pois estas mazelas se apresentam, em sua grande maioria, na população mais carente. Estas mesmas doenças causam inúmeros casos de faltas ao trabalho e a escola, gerando preocupação dos profissionais de saúde, já que estes parasitas podem agravar ou desencadear quadros de anemia e desnutrição. O trabalho procurou pesquisar a prevalência de enteroparasitas na Mesorregião do Oeste Potiguar, em uma população que utiliza o sistema público de saúde, buscando associar as variáveis, como: sexo, faixa etária, período sazonal, renda familiar e número de parasitas. Foi utilizada a técnica de Hofmann (sedimentação espontânea) e o material fecal foi analisado pelos funcionários do Laboratório Central de Mossoró e Pau dos Ferros. Foi realizado no período de 02 de março de 2010 a 28 de março de 2011 o exame coprológico em 16.246 pessoas no laboratório Central de Mossoró (Lacen) e Pau dos Ferros, RN. A análise dos exames mostrou que 69,23% dos infectados eram mulheres e 33,07% eram homens. A maior prevalência ocorreu com Endolimax nana (41,61%), seguido de Entamoeba coli (18,46%) e Giardia lamblia (18,59%) em 3.407 parasitas encontrados. Dentre os exames realizados, o Endolimax nana foi o mais prevalente entre os organismos encontrados. A diferença nos resultados entre mulheres e homens pode determinar um foco domiciliar, pelo descaso do poder público com as políticas de saneamento básico e falta de higiene da população, e pela atividade das mesmas com trabalhos domésticospor
dc.publisher.departmentSaúde Públicapor
dc.subject.cnpqCNPQ::CIENCIAS DA SAUDE::SAUDE COLETIVApor
Appears in Collections:PPGSCOL - Mestrado em Saúde Coletiva

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
CarlosHBO_DISSERT.pdf1,62 MBAdobe PDFThumbnail
View/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.