Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufrn.br/handle/123456789/18003
Title: CrossMDA-SPL: uma abordagem para gerência de variabilidades dirigida por modelos e aspectos
Authors: Filgueira, Geam Carlos de Araújo
Keywords: Engenharia de Domínio;Linhas de Produtos de Software;Desenvolvimento de Software Orientado a Aspectos;Desenvolvimento Dirigido por Modelos;Domain Engineering;Software Product Lines;Aspect-Oriented Software Development;Model-Driven Development
Issue Date: 11-Aug-2009
Publisher: Universidade Federal do Rio Grande do Norte
Citation: FILGUEIRA, Geam Carlos de Araújo. CrossMDA-SPL: uma abordagem para gerência de variabilidades dirigida por modelos e aspectos. 2009. 188 f. Dissertação (Mestrado em Ciência da Computação) - Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal, 2009.
Portuguese Abstract: Este trabalho propõe uma abordagem sistemática para gerência de variabilidades dirigida por Modelos e Aspectos usando os mecanismos das abordagens de Desenvolvimento de Software Orientado a Aspectos (DSOA) e Desenvolvimento Dirigido por Modelos (DDM). O objetivo central da abordagem, denominada CrossMDA-SPL, é melhorar a gerência, modularização e isolamento das variabilidades da arquitetura de LPSs em um nível de abstração alto (modelo) nas fases de projeto e implementação de domínio de desenvolvimento de Linhas de Produto de Software (LPSs), explorando a sinergia entre o DSOA e DDM. A abordagem CrossMDA-SPL define alguns artefatos base para promover a separação clara entres as features mandatórias (obrigatórias) e opcionais na arquitetura da LPS. Os artefatos são representados por dois modelos denominados: (i) modelo do núcleo (domínio base) responsável por especificar as features comuns a todos os membros da LPS; e (ii) modelo de variabilidades responsável por representar as features variáveis da LPS. Em adição, a abordagem CrossMDA-SPL é composta por: (i) diretrizes para modelagem e representação das variabilidades; (ii) serviços e processo CrossMDA-SPL; e (iii) modelos da arquitetura da LPS ou instância do produto da LPS. As diretrizes utilizam as vantagens de DSOA e DDM para promover uma melhor modularização das features variáveis da arquitetura da LPS durante a criação dos modelos do núcleo e de variabilidades da abordagem. Os serviços e subprocessos são responsáveis pela combinação automática, através de processos de transformação, entre os modelos de núcleo e variabilidades, e a geração dos novos modelos que representam a implementação da arquitetura de LPS ou um modelo de instância da LPS. Apresentamos mecanismos para uma eficaz modularização de variabilidades para arquiteturas de LPS no nível de modelo. Os conceitos são mostrados e avaliados com a execução de um estudo de caso de uma LPS para sistemas de gerenciamento de bilhetes eletrônicos de transporte.
Abstract: This paper proposes a systematic approach to management of variability modelsdriven and aspects using the mechanisms of approaches Aspect-Oriented Software Development (AOSD) and Model-Driven Development (MDD). The main goal of the approach, named CrossMDA-SPL, is to improve the management(gerência), modularization and isolation ou separation of the variability of the LPSs of architecture in a high level of abstraction (model) at the design and implementing phases of development Software Product Lines (SPLs), exploiting the synergy between AOSD and MDD. The CrossMDA-SPL approach defines some artifacts basis for advance the separation clear in between the mandatory (bounden) and optional features in the architecture of SPL. The artifacts are represented by two models named: (i) core model (base domain) - responsible for specify the common features the all members of the SPL, and (ii) variability model - responsible for represent the variables features of SPL. In addition, the CrossMDA-SPL approach is composed of: (i) guidelines for modeling and representation of variability, (ii) CrossMDA-SPL services and process, and (iii) models of the architecture of SPL or product instance of SPL. The guidelines use the advantages of AOSD and MDD to promote a better modularization of the variable features of the architecture of SPL during the creation of core and variability models of the approach. The services and sub-processes are responsible for combination automatically, through of process of transformation between the core and variability models, and the generation of new models that represent the implementation of the architecture of SPL or a instance model of SPL. Mechanisms for effective modularization of variability for architectures of SPL at model level. The concepts are described and measured with the execution of a case study of an SPL for management systems of transport electronic tickets
URI: https://repositorio.ufrn.br/jspui/handle/123456789/18003
Appears in Collections:PPGSC - Mestrado em Sistemas e Computação

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
GeamCA_3.pdf4 MBAdobe PDFThumbnail
View/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.