Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufrn.br/handle/123456789/19968
Title: Trajetória de vida dos pescadores vítimas de lesão medular por mergulho: experiências, representações sociais e estresse
Other Titles: Life course of fishermen victim of spinal cord injury caused by diving: experiences, social representation and stress
Authors: Cavalcante, Eliane Santos
Keywords: Saúde do Homem;Saúde Mental;Traumatismo da coluna vertebral;Paraplegia
Issue Date: 12-Dec-2014
Publisher: Universidade Federal do Rio Grande do Norte
Citation: CAVALCANTE, Eliane Santos. Trajetória de vida dos pescadores vítimas de lesão medular por mergulho: experiências, representações sociais e estresse. 2014. 170f. Tese (Doutorado em Enfermagem na Atenção à Saúde) - Centro de Ciências da Saúde, Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal, 2014.
Portuguese Abstract: A lesão medular ocasiona manifestações incapacitantes permanentes, afetando a integridade anatômica, mudanças corporais e limitações funcionais pertinentes ao estado de deficiência. Objetivou-se analisar a trajetória de vida dos pescadores com lesão medular vítimas de acidente por mergulho nas praias do litoral Norte/RN. Trata-se de estudo exploratório-descritivo, com dados quantitativos, qualitativos e representacional, desenvolvido em colônias de pescadores de nove praias do litoral Norte/RN, entre outubro de 2013 a agosto de 2014, após a aprovação do Comitê de Ética em Pesquisa da Universidade Federal do Rio Grande do Norte/UFRN, parecer nº 431.891/2013, CAAE 20818913.0.0000.5537. A amostra compôs-se por pescadores acometidos por lesão medular, definida a partir dos critérios de inclusão e de exclusão dos participantes. Utilizou-se como instrumento de coleta de dados a entrevista semiestruturada. Analisaram-se os dados quantitativos por meio da estatística descritiva, apresentando-os em forma de tabelas, quadros e gráficos, utilizando o Microsolft Excel. Submeteram-se os dados das entrevistas ao software Analyse Lexicale par Contexte d`um Ensemble de Segments de Texte (ALCESTE) e à luz da análise da Teoria das Representações Sociais e Teoria do Núcleo Central. Esclarece-se e apresentam-se os resultados da pesquisa a partir de quatro artigos, seguindo recomendações normativas dos periódicos: 1. Caracterização dos pescadores artesanais atendidos em hospital naval vítimas de doença descompressiva, em análise documental. Dos 28 pescadores artesanais estudados, todos eram do sexo masculino, faixa etária de 31 a 40 anos (53,6%) e casados (35,7%). A doença descompressiva ocorreu prevalentemente no baixo verão (75,0%), litoral Norte (96,4%), tendo como principais agravos a parestesia e dor nos membros superiores (67,9%), seguido de lesão medular (57,1%) e óbitos de 25,0%. 2. Estresse e ansiedade em pescadores artesanais vítimas de lesão medular. Estudo descritivo: Dos 44 participantes, todos eram do sexo masculino, média de idades de 49,6 anos, ensino fundamental (68,2%), casados (77,3%); com sequela de paraplegia (50,0%). A maioria apresentava estresse (75,0%), encontrando-se na fase de quase exaustão (33,3%), com sintomas prevalentes de insônia (95,5%) nas últimas horas; hipertensão (97,7%) na última semana e dificuldades sexuais (95,5%) no último mês. 3. Experiências, memórias, scripts, representações sociais sobre lesão medular para pescadores vítimas de acidentes por mergulho: A análise de 10 entrevistas permitiu a construção de três categorias: Incapacidade na coordenação sensório-motora da deambulação; Ressignificação da deficiência e o sentido da dependência e Autonomia e adaptação limitante. 4. Representações sociais de pescadores artesanais vítimas de lesão medular: repercussões na trajetória de vida. A análise de 31 entrevistas sob a ótica da compreensão das Representações Sociais da lesão medular permitiu a construção de sete categorias: Tratamento: limitações e expectativas; Lesão Medular: antes e depois; Aposentadoria: uma realidade ainda distante; Deficiência: dependência, incapacidade e vulnerabilidade; Superação e autonomia; Sentimentos do eu: perdas físicas e recomeço; Vida e trabalho: impedimentos, planos e mudanças. Conclui-se esse estudo com o alcance dos objetivos, cuja temática é relevante para a saúde pública de homens pescadores. Sugere-se medidas de prevenção, promoção e recuperação da saúde do homem pescador, além das condições seguras, saudáveis e dignas como compromisso das políticas de saúde.
Abstract: Spinal cord injury causes permanent disabling manifestations, affecting the anatomic integrity, bodily changes and functional limitations related to the disability state. It was aimed to analyze the social representation, stress level and experiences of fishermen victims of spinal cord injury caused by diving accident in the Northern beaches of Brazil. It is a descriptive - exploratory study with quantitative, qualitative and representational data developed i n fishermen’s villages in nine beaches of Northern shore/RN, between October 2013 to August 2014, after the approval of the Ethics Committee in Research of the Universidade Federal do Rio Grande do Norte, under the number 431.891/2013, CAAE 20818913.0.0000 .5537. The sample was composed by 44 fishermen with spinal cord injury, defined from inclusion and exclusion criteria of the participants. It was used as instrument to collect the data a semi structured interview. Quantitative data was analyzed by descrip tive statistics, showing the data through table, boxes and graphics by Microsoft Excel. Data from interviews were submitted to the software called Analyse Lexicale par Contexte d’un Ensemble de Segments de Texte (ALCESTE) using the analysis of the Social R epresentation Theory and Center Core Theory. It is shown the outcomes of the research through four articles, following the normative recommendations of the journals. Participants of the study were all male, age mean 49,6 years, elementary school (68,2%), m arried (77,3%); paraplegia sequel (50,0%). Most of them showed stress (75,0%), almost in the exhaustion stage (33,3%), prevalent insomnia symptoms (95,5%) in the last hours; hypertension (97,7%) in the last week and sexual troubles (95,5%) in the last mont h). Decompressive illness caused spinal cord injury (57,1%), occurred prevalently in low summer (75,0%), northern shore (96,4%), having as main consequences the paresthesia and pain in the upper and lower limbs (67,9%), followed by death (25,0%). Interview analysis under the understanding of Social Representation of spinal cord injury allowed the appearance of seven categories: Treatment: limitation and expectative; Spinal Cord injury: before and after; Retirement: reality yet to come; Disability: dependenc y, incapacity, vulnerability; Overcoming and autonomy; Self feelings: physics losses and new start; Life and labor: impediments, plans and changes. The center core of the representation is found in the first category by the expectative and limitation on th e treatment, meanwhile the outskirt elements are in seventh and third categories. Physics limitation for fishing activities and retirement expectative is the most outstanding of the structure. Social representation concerning spinal cord injury is found in a transaction moment between before and after with the prevented fishing activity, coping of the situation with the potential remaining. The anchoring is established in the desire for changes related to the improvements of life and health conditions exper ienced day by day through faith. This study finishes pointing out the range of the objectives, which topic is relevant for public health of fishermen. It is suggested prevention measures, promotion and health recovery of fishermen, besides safe, healthy an d worthy conditions as a compromise of social and health politics.
URI: https://repositorio.ufrn.br/jspui/handle/123456789/19968
Appears in Collections:PPGE - Doutorado em Enfermagem

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
ElianeSantosCavalcante_TESE.pdf2.69 MBAdobe PDFThumbnail
View/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.