Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufrn.br/handle/123456789/19995
Title: Crescimento inicial e morfologia foliar em plantas de Mimosa caesalpiniaefolia Benth. Em função do manejo microbiano, sob estresse salino
Authors: Menezes, Virginia Cláudia de Lima
Keywords: Matéria orgânica;Micorriza;Salinidade
Issue Date: 19-Dec-2014
Publisher: Universidade Federal do Rio Grande do Norte
Citation: MENEZES, Virginia Cláudia de Lima. Crescimento inicial e morfologia foliar em plantas de Mimosa caesalpiniaefolia Benth. Em função do manejo microbiano, sob estresse salino. 2014. 40f. Dissertação (Mestrado em Ciências Florestais) - Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal, 2014.
Portuguese Abstract: O sabiá (Mimosa caesalpiniaefolia Benth.) é uma espécie endêmica do bioma Caatinga, sendo considerada tolerante aos estresses salino e hídrico. O processo de salinização dos solos e das águas subterrâneas e superficiais é um dos mais importantes problemas de degradação ambiental, com seus efeitos prejudiciais sendo mais pronunciados nas áreas de regiões áridas e semiáridas, e que vem crescendo rapidamente em diversas partes do globo, causando problemas de grandes proporções na produtividade das culturas agrícolas. Condicionadores orgânicos como esterco de curral e casca de arroz podem contribuir para redução da PST, possivelmente em virtude da liberação de CO2 e produção de ácidos orgânicos, durante a decomposição da matéria orgânica, além de atuarem como fontes de cálcio e magnésio e inibirem a disponibilidade do sódio. A associação íntima e benéfica das micorrizas com as plantas resulta no aumento da absorção de água e nutrientes pelos vegetais, principalmente o fósforo, devido sua baixa mobilidade no solo. O objetivo deste trabalho foi a avaliação do crescimento inicial de mudas de sabiá sob inoculação com fungos micorrízicos arbusculares, adubadas com esterco de curral e irrigadas com água de diferentes níveis de salinidade. O experimento foi instalado em condições de casa de vegetação nas dependências da Escola Agrícola de Jundiaí - UFRN, Campus Macaíba. O delineamento estatístico adotado foi o inteiramente casualizado composto de doze tratamentos – três substratos (solo estéril, esterco e FMA), quatro níveis de salinidade (0,2; 1,5; 3,0 e 4,5 dS m-1 ) e cinco repetições, totalizando sessenta unidades experimentais. Os resultados indicam que a inoculação de fungos micorrízicos possui contribuições para o crescimento das plantas, sobretudo em raízes e parte aérea, o que sugere que sua aplicação seja benéfica no estabelecimento de plantas de sabiá em condições naturais, com solo pobre em P. Os níveis de salinidade não causaram efeitos com relevância estatística no desenvolvimento das plantas, indicando a resistência do sabiá à mesma.
Abstract: The sabiá (Mimosa caesalpiniaefolia Benth.) is an endemic species of the Caatinga biome, considered tolerant to salt and water stress. The process of salinization of soil and groundwater and surface water is one of the most important problems of environmental degradation, with its harmful effects being more pronounced in the areas of arid and semiarid regions, and rapidly growing in many parts of the globe, causing problems of the major crop yield. Organic conditioners as barnyard manure, and rice hulls can contribute to reducing the PST, possibly due to the release of CO2 and the production of organic acids during the decomposition of organic matter, and act as sources of calcium and magnesium and inhibit the availability sodium. The intimate association of mycorrhizae and beneficial to plants results in increased uptake of water and nutrients by plants, especially phosphorus, due to their low mobility in soil. The objective of this study was to evaluate the initial growth of thrush seedlings under inoculation with mycorrhizal fungi and fertilized with manure corral and irrigated with water of different salinity levels. The experiment was conducted in greenhouse conditions of vegetation on the premises of the Agricultural School of Jundiaí - UFRN, Campus Macaíba. The adopted statistical design was randomized composed of twelve treatments - three substrates (sterile soil, manure and FMA), four salinity levels (0.2, 1.5, 3.0 and 4.5 dS m-1 ) and five repetitions, totaling sixty experimental units. The results indicate that inoculation with mycorrhizal fungi own contributions to the growth of plants, especially in roots and shoots, which suggests that its application is beneficial in establishing thrush plants in natural conditions, with poor soil in P. Levels salinity caused no effects with statistical significance in plant development, indicating Sabia resistance to it.
URI: https://repositorio.ufrn.br/jspui/handle/123456789/19995
Appears in Collections:PPGCF - Mestrado em Ciências Florestais

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
CrescimentoInicialMorfologia_Menezes_2014.pdf1.18 MBAdobe PDFThumbnail
View/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.