Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufrn.br/handle/123456789/21284
Title: Blog PROERD no sertão: letramento e ação social
Authors: Oliveira, Débora Maria da Silva
Keywords: Letramento no trabalho;Blog PROERD no sertão;Multiletramento;Linguística Aplicada
Issue Date: 3-Nov-2015
Publisher: Universidade Federal do Rio Grande do Norte
Citation: OLIVEIRA, Débora Maria da Silva. Blog PROERD no sertão: letramento e ação social. 2015. 152f. Dissertação (Mestrado em Estudos da Linguagem) - Centro de Ciências Humanas, Letras e Artes, Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal, 2015.
Portuguese Abstract: Este trabalho contempla eventos e práticas de letramento em contexto de políticas públicas antidrogas, mais precisamente, na atuação de policiais militares do Programa Educacional de Resistência às Drogas (PROERD). Esses formadores desenvolvem ações voltadas para a prevenção ao abuso de drogas lícitas e ao uso de drogas ilícitas, bem como divulgam, através de relatos, suas ações, iniciativas e campanhas de prevenção em uma rede operativa virtual. Assim sendo, a pesquisa proposta tem como objeto de estudo os posts do blog PROERD no Sertão, publicados por policiais militares da região do Seridó/RN. Sua configuração em domínio virtual contempla posts de ações desenvolvidas junto a alunos de escolas públicas do Ensino Fundamental e comunidade, na perspectiva de chamar a atenção para a prevenção quanto ao uso e abuso de drogas lícitas e ilícitas. Nesse sentido, a pesquisa objetiva analisar eventos e práticas de letramento implementados por policiais proerdianos no que se refere à produção e à publicação de posts no referido blog. Em termos teóricos, apoia-se nos pressupostos dos Estudos de Letramento como prática social (BARTON; HAMILTON, 1993, 1998, 2000; KLEIMAN, 1995, 2008; STREET, 1984; OLIVEIRA, 2008, 2010; ROJO, 2009), na teoria dos gêneros (OLIVEIRA, 2010; BRONCKART, 2004, 2006), nos estudos dos elementos de dimensão pragmática, esquemática e linguística (KOCH; FÁVERO, 1987), nos estudos da multimodalidade (KRESS; VAN LEEUWEN, 2006 [1996]; DIONÍSIO, 2006; SANTAELLA, 2012; ALMEIDA, 2011), nos conceitos de agenciamento (BANDURA, 2001), hipertexto e hipermídia (NOJOSA, 2007; KOMESU, 2004; GOMES, 2010; KARWOSKY, 2012; FERRARI, 2007), bem como nos fundamentos que tematizam linguagem e trabalho (SOUZA-E-SILVA, 2002; DUARTE; FEITOSA, 1998; PAZ, 2008, 2010). Metodologicamente, a investigação se insere no campo da Linguística Aplicada (MOITA-LOPES, 1996, 2006; PENNYCOOK, 2006), segue abordagem de natureza qualitativa e assume características da pesquisa explicativa (MOREIRA; CALEFFE, 2006; BOGDAN; BIKLEN, 1994; MINAYO, 2010; CHIZZOTTI, 2005). A geração de dados se desenvolve por meio de técnicas padronizadas (GIL, 1994) que compreendem entrevistas e questionários, as quais possibilitam o “cruzamento” ou a triangulação de informações (COX; ASSIS-PETERSON, 2001). As discussões dos dados convergem para a revisitação das categorias (elementos e componentes) propostas por Hamilton (2000), ao analisar eventos e práticas de letramento, assim como para a focalização dos movimentos verticais (telerrealidade, cibercultura) e horizontais (convivência/televivência; local/global; espaço geográfico/eletrônico) que se presentificam no hiperdomínio (ciberespaço, blogosfera). A relevância da pesquisa situa-se no fato de trazer para o âmbito acadêmico tópicos específicos do domínio do trabalho, mais precisamente do âmbito da política de segurança pública, com vistas a contribuir para a ampliação dos Estudos de Letramento. Igualmente, a importância social da pesquisa constitui-se significativa pelo fato de trazer visibilidade acadêmica para os colaboradores, vislumbrando-os como agentes potenciais da segurança pública, capazes de realizar mudanças sociais em termos de ação instrumental e de ação simbólica ou comunicativa (MAGALHÃES, 1994), tornando a prática de produção de posts uma ação autoconsciente e reflexiva, mesmo em meio às contradições dos processos sociais que dificultam a plena efetivação das Políticas Públicas Antidrogas no Brasil.
Abstract: This study consists of the analyses of literacy events and practices in an anti-drug public policy context, more precisely with research locus formed by the operation of military police officers from PROERD (Educational Program of Resistance to Drugs). The aforementioned trainers perform actions intended to prevent licit and illicit drug abuse, as well as divulge their actions, initiatives and prevention campaigns through actions’ reports in a virtual operating network. Therefore, the object of study are the posts from the blog “PROERD no Sertão” (PROERD in the backlands) created by military police officers from the region of Seridó/RN. In virtual domain, it contemplates posts of the actions developed along with students from Elementary public schools and community, with a view to direct attention to the prevention of licit and illicit drug use and abuse. The study aims to analyze the literacy events and practices implemented by PROED officers in respect to the productions and publishing of posts in the referred blog. In theoretical terms, it is based on the pressupositions of Literacy Studies as social practice (BARTON; HAMILTON, 1993, 1998, 2000; KLEIMAN, 1995, 2008; STREET, 1984; OLIVEIRA, 2008, 2010; ROJO, 2009), on genre theory (OLIVEIRA, 2010; BRONCKART, 2004, 2006), on studies of elements of linguistic, schematic and pragmatic dimension (KOCH; FÁVERO, 1987), on studies about multimodality (KRESS and VAN LEEUWEN, 2006 [1996]; DIONÍSIO, 2006; SANTAELLA, 2012; ALMEIDA, 2011), on concepts of agency (BANDURA, 2001), hypertext and hypermedia (NOJOSA, 2007; KOMESU 2004; GOMES, 2010; KARWOSKY, 2012; FERRARI, 2007), as well as on fundamentals which have language and work as theme (SOUZA and SILVA, 2002; DUARTE; FEITOSA, 1998; PAZ, 2008, 2010). Methodologically, this investigation inserts into the Applied Linguistics field (MOITA-LOPES, 1996, 2006; PENNYCOOK, 2006) and follows a qualitative approach, bearing descriptive research characteristics (MOREIRA; CALEFFE, 2006; BOGDAN; BIKLEN, 1994; MINAYO, 2010; CHIZZOTTI, 2005). Data generation was developed through standard techniques (GIL, 1994) which comprise interviews and questionnaires and enable the “intersection” or triangulation of information (COX; ASSIS-PETERSON, 2001). Data discussion converge to the revisitation of categories (elements and components) proposed by Hamilton (2000), when analyzing literacy events and practices, as well as the focalization of vertical (tele-reality, cyberculture) and horizontal (living/tele-living; local/global; geographical/electronic space) movements that are evoked in hyperdomain (cyberspace, blogsphere). The relevance of this study lies in the fact of bringing specific topics from the work domain to the academic realm, more specifically from the public security policy with a view to contribute to the expansion of Literacy Studies. Equally, the social importance of this study is significant due to the academic visibility it provides for the collaborators, depicting them as potential agents of public security, able to make social changes in terms of instrumental and communicative or symbolic action (MAGALHÃES, 1994). This makes the practice of writing posts a self-conscious and reflexive action, even amid the contradictions of the social processes, which hamper the full effectuation of Anti-drug Public Policies in Brazil.
URI: https://repositorio.ufrn.br/jspui/handle/123456789/21284
Appears in Collections:PPGEL - Mestrado em Estudos da Linguagem

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
DeboraMariaDaSilvaOliveira_DISSERT.pdf5.12 MBAdobe PDFThumbnail
View/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.