Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufrn.br/handle/123456789/22631
Title: It's always six o'clock now: as gerações de 30, 60 e 90 sob a ótica da pressa, das acelerações do tempo e dos diferentes momentos da evolução das tecnologias da comunicação
Authors: Oliveira, Emmerson Aguilar de
Keywords: Teorias da comunicação;Disjunção do tempo e do espaço;Percepção do tempo;Práticas sociais;Tecnologias
Issue Date: 23-Feb-2017
Citation: OLIVEIRA, Emmerson Aguilar de. It's always six o'clock now: as gerações de 30, 60 e 90 sob a ótica da pressa, das acelerações do tempo e dos diferentes momentos da evolução das tecnologias da comunicação. 2017. 89f. Dissertação (Mestrado em Estudos da Mídia) - Centro de Ciências Humanas, Letras e Artes, Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal, 2017.
Portuguese Abstract: A pesquisa propõe reflexões sobre a percepção do tempo em diferentes momentos da evolução das tecnologias da comunicação, a saber: (1) período do predomínio dos jornais, revistas, rádio e cinema, (2) período de expansão da televisão no Brasil e (3) período que compreende a expansão do uso da internet e do surgimento das transmissões via satélite. Discute, assim, a percepção do tempo, traduzida pelas práticas sociais associadas à pressa de três décadas distintas: a de 1930, a de 1960 e a de 1990, e a associação de uma percepção acelerada da passagem do tempo com as tecnologias abordadas no trabalho. A base empírica do trabalho consiste em nove entrevistas realizadas de acordo com as técnicas da História Oral, uma proposta teórico-metodológica que agregou novas possibilidades às técnicas já conhecidas e largamente aplicadas nas investigações conduzidas nas Ciências da Comunicação, proporcionando novos horizontes, devido à revalorização de experiências únicas e individualizando vozes em um período histórico onde a “globalização” fortalece o conceito de massas. A fundamentação teórica da pesquisa apresenta reflexões balizadas principalmente por Norval Baitello Junior, José Carlos Meihy, Renato Ortiz, Stephen Bertman e Paul Virilio. A abordagem hermenêutica proposta por Michel de Certeau atuou como base no tratamento das informações coletadas nos trabalhos de campo desenvolvidos durante a pesquisa.
Abstract: This research proposes reflections about the perception of time in different periods of communication technologies evolution, such as: (1) the period of newspapers, magazines, radio and the cinema predominance, (2) the period of the television expansion in Brazil and (3) the period that consists of the expansion of the use of internet and the advent of satellite transmissions. Thus, it discusses the perception of time through the social practices related to hurry of three different generations: the 30's, the 60's and the 90's, and the relation established between an accelerated perception of time and the technologies studied in this dissertation. The empirical basis of the research consists of nine interviews which were held according to the Oral History techniques, a theoretical-methodology proposal that added new possibilities to the already known techniques and are widely applied in researches conducted by the Communication Sciences, providing new horizons, due to the revaluing of single experiences and individualizing voices in a historical period where “globalization” fortifies the mass concept. The research theoretical foundation shows reflections based specially on Norval Baitello Junior, José Carlos Meihy, Renato Ortiz, Stephen Bertman and Paul Virilio. The hermeneutical approach proposed by Michel de Certeau acted as the basis in the processing of the information collected in the field research developed during the investigation.
URI: https://repositorio.ufrn.br/jspui/handle/123456789/22631
Appears in Collections:PPGEM - Mestrado em Estudos da Mídia

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
EmmersonAguilarDeOliveira_DISSERT.pdf1.09 MBAdobe PDFThumbnail
View/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.