Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufrn.br/handle/123456789/23181
Full metadata record
DC FieldValueLanguage
dc.contributor.authorLima, Aline Cristina Silva-
dc.contributor.authorMedeiros Neta, Olivia Morais de-
dc.date.accessioned2017-05-29T14:15:11Z-
dc.date.available2017-05-29T14:15:11Z-
dc.date.issued2015-
dc.identifier.citationLIMA, Aline Cristine Silva; MEDEIROS NETA, Olivia Morais de. As práticas pedagógicas no ensino de história no contexto da formação do técnico em turismo do CEFET/RN ao IFRN (2005-2011). Mneme: Revista de Humanidades, v. 16, p. 77-112, 2015. Disponível em: <https://periodicos.ufrn.br/mneme/article/view/8032/6122>. Acesso em: 25 abr. 2017.pt_BR
dc.identifier.issn1518-3394-
dc.identifier.urihttps://repositorio.ufrn.br/jspui/handle/123456789/23181-
dc.description.abstractAll This work is part of the discussions undertaken in the pos graduate program in professional education (PGPPE), that aimed to analyze pedagogical practices developed in history teaching of integrated course mid level technical tourism, by today called IFRN/Campus Central/Natal, under the aegis of the curriculum from 2005-2011. The proposal of integrated high school (IHS) is entering the work as an educational principle, considering not only its productive dimension, but its historical dimensions, ontological and social. So, we guided our research on the principles defined by Antonio Gramsci about the relationship education/work. To base our discussions about the history teaching in a refreshing curricular perspective, we dialogue with ideas of Circe Bittencourt, Carla Pinsky and Jaime Pinsky. We also evaluated the conceptions of pedagogical practices, according to Sánchez Vázquez. The contributors of the research were three history teachers that worked in CEFETRN/IFRN between 2005 and 2011, selected by having more time operating in the tourism course, and graduating students of classes 2005-2008, which belonged to the group that was present at the institution during the time set for the study. We used as research technique, semi-structured interviews and focus groups, in order to understand the conceptions of pedagogical practices in the history teaching and their specific in IHS'spt_BR
dc.languageporpt_BR
dc.rightsAcesso Abertopt_BR
dc.subjectEnsino de Históriapt_BR
dc.subjectEnsino Médio Integradopt_BR
dc.subjectCurrículopt_BR
dc.subjectPráticas Pedagógicaspt_BR
dc.subjectEducação Profissionalpt_BR
dc.titleAs práticas pedagógicas noensino de história no contexto da formação do técnico em turismo do CEFET/RN ao IFRN (2005-2011)pt_BR
dc.typearticlept_BR
dc.description.resumoEsse trabalho é parte das discussões empreendidas no Programa de Pós-Graduação em Educação Profissional (PPGEP), que teve como objetivo analisar as práticas pedagógicas desenvolvidas no Ensino de História do Curso Técnico de Nível Médio Integrado em Turismo, do hoje denominado IFRN/Campus Natal- Central, sob a égide da matriz curricular 2005-2011. A proposta do Ensino Médio Integrado (EMI) é de inserir o trabalho como princípio educativo, considerando não somente sua dimensão produtiva, mas suas dimensões históricas, ontológicas e sociais. Por isso, norteamos nossa pesquisa nos princípios definidos por Antônio Gramsci acerca da relação Educação/trabalho. Para embasar nossas discussões sobre o Ensino de História em uma perspectiva curricular renovadora, dialogamos com as ideias de Circe Bittencourt, Carla Pinsky e Jaime Pinsky. Avaliamos também as concepções de Práticas Pedagógicas, conforme Sánchez Vázquez. Os colaboradores da pesquisa foram três professores de História que atuaram no CEFETRN/IFRN entre 2005 e 2011, selecionados por terem mais tempo de atuação no Curso de Turismo; e estudantes egressos das turmas 2005 a 2008, que pertenciam ao grupo que esteve presente na instituição durante o recorte temporal definido para estudo. Usamos como técnica de pesquisa, entrevistas semiestruturadas e grupos focais, com o intuito de compreendermos as concepções de práticas pedagógicas no Ensino de História e suas especificidades no universo do EMI. Concluímos que não há uma regularidade entre o que se propõe no currículo formal e o que se vivencia na prática, posto que as ações dos professores são fruto de sua formação inicial, suas concepções de mundo, de sociedade e das relações que se estabelecem cotidianamente no espaço escolar. Não há, pois, um modelo de prática para o Ensino de História no EMI, mas múltiplas práticas e métodos, que se configuram em Ensinos de Históriapt_BR
Appears in Collections:CE - Artigos publicados em periódicos

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
AsPráticasPedagógicas_2015.pdf332.55 kBAdobe PDFThumbnail
View/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.