Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufrn.br/handle/123456789/23232
Title: Crescimento, produção e distribuição de bionassa de espécies florestais em resposta ao método de cultivo
Other Titles: Growth, production and distribution of biomass of forest species in response to the cultivation method
Authors: Silva, Mileny Galdino da
Keywords: Adubação;Manejo do solo;Produtividade florestal
Issue Date: 15-Feb-2017
Citation: SILVA, Mileny Galdino da. Crescimento, produção e distribuição de bionassa de espécies florestais em resposta ao método de cultivo. 2017. 72f. Dissertação (Mestrado em Ciências Florestais) - Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal, 2017.
Portuguese Abstract: O conhecimento sobre o crescimento e potencial produtivo de espécies florestais deve contribuir de forma significativa como base necessária para a proposição de ações que permitam uma correta restauração ou conservação de áreas. Contribuindo para um adequado planejamento da exploração de determinada área e conservação de agroecossistemas, o que contribui para uma produção sustentável de seus produtos. Sendo assim, objetivou-se avaliar o crescimento, a produção e distribuição de biomassa de acácia (Acacia mangium Willd.), nim (Azadirachta indica A. Juss) e sabiá (Mimosa caesalpiniaefolia Benth.), de 1 a 4 anos de idade, em resposta ao método de cultivo. O experimento foi dividido por espécie, sendo o delineamento experimental em blocos casualizados em esquema fatorial (4 anos x 2 métodos de cultivo), com dois tratamentos (métodos de cultivo), menos intensivo (A0) e mais intensivo (A1), e quatro repetições, totalizando oito parcelas. Sendo as oito parcelas de 576 m² (24 m x 24 m), totalizando 4608 m² de efetivo plantio amostrado, com espaçamento entre plantas de 3 m x 3 m, sendo 64 plantas/parcela e parcela útil de 36 plantas, sendo 28 plantas de bordadura. No tratamento mais intensivo utilizou-se esterco bovino (4,0 t/ha), superfosfato triplo (146,0 kg/ha) distribuídos em sulcos e calcário (2,0 t/ha). Em todos os tratamentos aplicou-se NPK (6-30-6: 100 g/planta), em covas laterais. O crescimento de cada árvore foi obtido pelas seguintes variáveis: DAP- Diâmetro Altura do Peito 1,3 m (cm), Altura (m). A partir destes dados foram calculados a área basal (m2/ha), volume (m3/ha) e Incremento Médio Anual (IMA) (m3/ha/ano). Para a obtenção da biomassa da parte aérea a árvore média foi abatida, e seus componentes (folhas, galhos, casca e lenho) separados, pesados e secos, obtendo-se biomassa fresca e seca. Em todas as variáveis estudadas apresentaram comportamentos diferenciados, em que o tipo de cultivo influenciou diferentemente no crescimento e produção de biomassa. O preparo de solo inicial do solo, juntamente com a adubação de esterco bovino, superfosfato triplo, NPK e calcário influenciam positivamente o crescimento e a produção volumétrica da acácia, nim e sabiá. O método de cultivo mais intensivo, teve maior influência nas espécies acácia e nim, onde para o sabiá a variável distribuição de biomassa teve influência apenas para o compartimento lenho, os demais compartimentos não sofreram influência do cultivo mais intensivo.
Abstract: The knowledge about and productive potential of forest species should contribute significantly as basis for the proposition of actions that allow a correct restoration or conservatio. Contributing to an appropriate planning of the exploitation of particular area and conservation of ecosystems, which contributes to a sustainable production of their products. This study aimed to evaluate growth, production biomass distribution of three acácia (Acacia mangium Willd), neem (Azadirachta indica A. Juss) and sabiá (Mimosa caesalpiniaefolia Benth) from 1 to 4 years of age, in response to the method cultivation. The experimental design was a randomized block factorial two treatments, less intensive and more intensive, and four repetitions, totaling eight installments. Being the eight parcels of 576 m ² (24 x 24), with spacing between plants of 3 m x3 m, being 64 plants/plot and useful portion of 36 plants. In the treatment with more intensive cultivation was used bovine manure (4.0 t/ha), super triple (146.0 kg/ha) distributed in furrows and calcareous (2.0 t/ha) and NPK (6-30 -6:100 g/plant), in pits side. All treatment more intensive was applied NPK (6-30 -6:100 g/plant), in pits side. The growth of each tree was obtained by measuring the height (m) and diameter (cm). From these data were calculated the basal area (m2/ha), volume (m3/ha) and Average annual incremente (m3/ha/ano) To obtain the of the aerial part biomass average tree was felled, and its components (leaves, twigs, bark and wood) separated, weighed and dried, yielding fresh and dry biomass. In all the variables studied, they presented differentiated behaviors, in which the type of crop influenced differently in the growth and biomass production. Initial soil preparation, together with fertilization of bovine manure and triple superphosphate, NPK and limestone positively influence the growth and volumetric production of acacia, neem and sabiá. The most intensive cultivation method had a greater influence on the acacia and neem species, where for the sabiá the variable biomass distribution had influence only for the wood compartment, the other compartments were not influenced by the more intensive cultivation.
URI: https://repositorio.ufrn.br/jspui/handle/123456789/23232
Appears in Collections:PPGCF - Mestrado em Ciências Florestais

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
CrescimentoProducaoDistribuicao_Silva_2017.pdf1.34 MBAdobe PDFThumbnail
View/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.