Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufrn.br/handle/123456789/23510
Title: Coração sonoro - afetos, corpos e máquinas nas festas de música eletrônica
Authors: Neves, Thiago Tavares das
Keywords: Afetação;Corpo;Música;Máquina;Festas de música eletrônica
Issue Date: 26-Aug-2016
Citation: NEVES, Thiago Tavares das. Coração sonoro - afetos, corpos e máquinas nas festas de música eletrônica. 2016. 176f. Tese (Doutorado em Ciências Sociais) - Centro de Ciências Humanas, Letras e Artes, Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal, 2016.
Portuguese Abstract: O objetivo deste trabalho é explorar as diversas sensibilidades e formas de afetar e ser afetado, não só compreendendo os afetos no plano dos sujeitos, mas também os assumindo como fluxos de passagens para formas distintas de expressão e conexão. Nas festas de música eletrônica, os afetos são produzidos e potencializados também por meio das máquinas musicais e sociais que agem diretamente sobre o corpo e alteram o processo de sociabilidade. Os afetos, os corpos e as máquinas funcionam aqui como operadores conceituais para entender as dimensões sociais, culturais e filosóficas das festas de música eletrônica. Afeto é entendido aqui sob a ótica de Spinoza (1677/2010) como afecção do corpo: uma ação, uma potência de agir que pode ser aumentada ou diminuída. Os afetos nas festas de música eletrônica podem ser provocados pela ação da música sobre os indivíduos, dos participantes entre si ou potencializados por meio das drogas, especialmente o ecstasy. Spinoza (1677/2010) traça duas definições sobre o corpo: na cinética, o corpo está diretamente ligado à relação de velocidades e lentidões, movimento e repouso, é essa relação de velocidades e lentidões que formará o corpo. Já a outra definição é dinâmica, todo corpo se define por certo poder de ser afetado. Os afetos são potencializados também através das máquinas que agem diretamente sobre o corpo. As máquinas são entendidas também como extensões do corpo humano, sistemas de fluxos e cortes com capacidade de produção e criação. As máquinas podem ser artificiais, humanas e sociais. Gilles Deleuze (2010), Félix Guattari (1988) e Edgar Morin (2008) são os principais suportes teóricos para pensar o conceito de máquina. A partir dessa premissa, é possível a conexão entre máquinas artificiais e humanas nas festas música eletrônica, nas quais foram percebidos diferentes tipos de afetações: corporais, sonoras, sociais e maquínicas. A afetação está diretamente ligada ao conceito de Spinoza (1677/2010) de afetos e afecções. Remete não só ao estado do corpo quando afeta e é afetado, mas também à ação, à transformação que o corpo sofre/age quando é afetado ou afeta. Afetação corresponde a todo o processo afetivo. As afetações podem ser corporais, quando o corpo é afetado por outro corpo humano; sonoras, quando o corpo é afetado por qualquer estímulo sonoro; sociais quando o corpo humano se conecta com outro corpo humano ou artificial e maquínicas, quando o corpo é afetado por máquinas. O recorte empírico abrange dois festivais de música eletrônica, o King festival em Recife e o Dream Valley em Florianópolis e festas de música eletrônica situadas em Natal, especialmente a PAJUX. O método de pesquisa trata-se de uma cartografia complexa, na qual mesclo o método cartográfico proposto por Deleuze e Guattari (1995) com apoio na epistemologia da complexidade de Edgar Morin (2007a).
Abstract: The aim of this study is to explore the various sensitivities and ways of affecting and being affected, not only comprising the affections in the plane of the subjects, but also taking as passages flows for different forms of expression and connection. In electronic music parties, affections are produced also potentiated by the musical and social machines that act directly on the body and alter the process of sociability. Affections, bodies and machines work here as conceptual operators to understand the social, cultural and philosophical dimensions of electronic music parties. Affection is seen here from the perspective of Spinoza (1677/2010) as a condition of the body, an action, a power of action that can be increased or decreased. Affections in electronic music parties can be triggered by the music action on individuals, the participants each other or potentiated through drugs, especially ecstasy, which act directly on the body. Spinoza (1677/2010) traces two definitions about the body: the kinetics, the body is directly connected to the relations of speeds and slowness, motion and rest, is this relation of speeds and slowness that will form the body. Already the other definition is dynamic, whole body is defined by a certain power of being affected. The affects are enhanced also through the machines that act directly on the body. The machines are also seen as extensions of the human body, cut flow systems with capacity of production and creation. The machines can be artificial, human and social. Gilles Deleuze (2010), Felix Guattari (1988) and Edgar Morin (2008) are the main theoretical support to think the concept of machine. From this premise, is possible the connection between artificial and human machines in electronic music parties, which were perceived different kinds of affectations: bodily, sonorous, social and machinic. The affectation is directly linked to the concept of Spinoza (1677/2010) of feelings and affections. Refers not only to the state of the body when it affects and is affected, but also to action, the transformation that the body suffers / acts when it is affected or affects. Affectation corresponds to all the affective process. The affectations can be bodily, when the body is affected by another body; sonorous, when the body is affected by any sound stimulus; social, when the human body connects with another human body or artificial and machinic, when the body is affected by machines. The empirical cut covers two electronic music festivals, the King festival in Recife and the Dream Valley in Florianopolis and electronic music parties located in Natal, especially PAJUX. The research method it is a complex cartography, which was blended the cartographic method proposed by Deleuze and Guattari (1995) with support in the epistemology of complexity of Edgar Morin (2007a).
URI: https://repositorio.ufrn.br/jspui/handle/123456789/23510
Appears in Collections:PPGCS - Doutorado em Ciências Sociais

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
CoracaoSonoroAfetos_Neves_2016.pdf3,25 MBAdobe PDFThumbnail
View/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.