Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufrn.br/handle/123456789/25507
Title: Espetáculo à mesa: ética da alimentação no Masterchef Profissionais
Authors: Chaves, Viviany Moura
Keywords: Ética na alimentação;Visibilidade midiática;Gastronomia;Reality show;Masterchef Profissionais Brasil
Issue Date: 27-Apr-2018
Citation: CHAVES, Viviany Moura. Espetáculo à mesa: ética da alimentação no Masterchef Profissionais. 2018. 108f. Dissertação (Mestrado em Ciências Sociais) - Centro de Ciências Humanas, Letras e Artes, Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal, 2018.
Portuguese Abstract: Considera-se que atualmente as produções televisivas têm se dedicado em conferir uma visibilidade midiática ao ato de comer e cozinhar. Os reality shows são exemplos do aumento do espaço da visibilidade da gastronomia, pois se configuram numa estratégia convidativa para unir dois fortes elementos: o comer e o jogar. Desse modo, o espetáculo gastronômico enaltece a cozinha como um espaço de competição e, neste contexto, observa-se à importância de refletir sobre a formação de uma ética em torno da questão alimentar na mídia. O propósito deste estudo foi compreender a ética da alimentação no contexto da mídia a partir do programa do tipo reality show Masterchef Profissionais. Utilizou-se a técnica de análise de imagens em movimento para elaboração das categorias analíticas do corpus investigado que foram sistematizadas da seguinte forma: (1) os shows contemporâneos no qual a gastronomia torna-se um espetáculo televisivo apresenta o espaço da cozinha de forma maquiada, deslocada e distante da realidade que não pode ser alcançada, exceto por uma experiência vicária; (2) a cozinha midiática é a concretização do espetáculo, refere-se à construção de um ideal de cozinha feita para um consumo puramente visual, interpretada como uma arena midiática de desinibição que tem a figura do chef de cozinha estrategicamente enaltecida; (3) as relações de poder na cozinha, ainda que atendam uma lógica hierárquica no âmbito profissional, se tornam autoritárias e abusivas quando não há o estabelecimento de uma sócio-ética, privando a ética de atuar em prol da democracia; (4) o comer pode ser compreendido como uma via regeneradora para instaurar uma antropoética da alimentação, ampliando os dilemas éticos da alimentação a uma esfera política. O exercício de pensar sobre a relação da alimentação e da ética impulsionada pela visibilidade midiática, vislumbra a modelização de um novo formato de cozinha que é produzida por um sistema de linguagem mediada por imagens, a qual sua construção tem ressignificado as relações simbólicas com o alimento, com o ato de cozinhar e com a própria mídia.
Abstract: It is considered that the television productions have been dedicated to giving a media visibility to the act of eating and cooking. Reality shows are examples of the increase in the visibility space of gastronomy, since they are an inviting strategy to unite two strong elements: eating and playing. Therefore, the gastronomic spectacle praises the kitchen as a space of competition and, in this context, the importance of reflecting on the formation of an ethics around the food question in the media is observed. The purpose of this study was to understand the ethics of food in the context of the media from the reality show program Masterchef Profissionais. We used the technique of moving image analysis to elaborate the analytical categories of the investigated corpus that were systematized as follows: (1) the contemporary shows where gastronomy becomes a television show presents the space of the kitchen in a makeup, displaced and distant from reality that can not be achieved except by vicarious experience; (2) the media kitchen is the concretization of the spectacle, it refers to the construction of an ideal of kitchen made for a purely visual consumption, interpreted as a media arena of disinhibition that has the figure of the chef of kitchen strategically exalted; (3) power relations in the kitchen, even if they meet a hierarchical logic in the professional scope, become authoritarian and abusive when there is no establishment of a socio-ethics, depriving ethics of acting in favor of democracy; (4) eating can be understood as a regenerative way of establishing a food anthropology, by extending the ethical dilemmas of food to a political sphere. The exercise of thinking about the relation of food and ethics driven by media visibility, envisions the modeling of a new kitchen format that is produced by an image-mediated language system, where its construction has re-signified symbolic relations with food, with the act of cooking and with the media itself.
URI: https://repositorio.ufrn.br/jspui/handle/123456789/25507
Appears in Collections:PPGCS - Mestrado em Ciências Sociais

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
EspetáculoMesaEtica_Chaves_2018.pdf1.78 MBAdobe PDFThumbnail
View/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.