Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufrn.br/handle/123456789/30056
Title: A avaliação na Educação Física Escolar sob a perspectiva das dimensões de conhecimento apresentadas na BNCC
Authors: Ferreira, José Celso Barros
Advisor: Oliveira, Márcio Romeu Ribas de
Keywords: Educação Física Escolar;Avaliação da aprendizagem;Dimensões do conhecimento;Base Nacional Comum Curricular
Issue Date: 8-Jun-2020
Publisher: Universidade Federal do Rio Grande do Norte
Citation: FERREIRA, José Celso Barros. A avaliação na Educação Física Escolar sob a perspectiva das dimensões de conhecimento apresentadas na BNCC. 2020. 162f. Dissertação (Mestrado Profissional em Educação Física em Rede Nacional) - Centro de Ciências da Saúde, Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal, 2020.
Portuguese Abstract: A avaliação da aprendizagem na Educação Física Escolar encontra desafios que vão além dos presentes nos demais componentes curriculares. A forma como a área organiza e avalia a relação dos corpos dos sujeitos com os objetos de conhecimento, gera possibilidades que parecem ainda pouco compreendidas no cotidiano escolar. Para além das dimensões dos conteúdos (atitudinal, procedimental e conceitual), apresentadas nos Parâmetros Curriculares Nacionais (1998), a área encontra na Base Nacional Comum Curricular (BNCC, 2017) outras demandas organizativas. A proposta é pensar como os estudantes se relacionam com os objetos de conhecimento, privilegiando agora oito dimensões, o que nos levou ao problema de como é possível estruturar uma proposta de avaliação da aprendizagem na Educação Física Escolar, contemplando as oito dimensões apresentadas na BNCC? O presente estudo objetivou problematizar uma experiência pedagógica na Educação Física Escolar, refletindo acerca da avaliação da aprendizagem na perspectiva das dimensões de conhecimento. Foi desenvolvida uma pesquisa qualitativa exploratória, no formato de relato de experiência, que consistiu em elaborar e experimentar momentos formais de avaliação da aprendizagem, para uma turma do 8º ano do ensino fundamental. Ao todo foram seis instrumentos avaliativos com suas respectivas fichas de registro. A observação participante foi a técnica utilizada para construção dos dados de campo por meio de roteiros de observação. A análise documental foi utilizada para confrontar as descrições dos roteiros de observação com os princípios norteadores para a elaboração de instrumentos, transformados em categorias de análise. Como resultados, podemos destacar a construção e defesa dos próprios princípios norteadores, uma vez que o momento avaliativo deve ser um momento formativo, extensão do processo de ensino-aprendizagem, não devendo se encerrar em si mesmo e por isso não faz sentido apontar instrumentos como certos e/ou errados. Outro resultado é a ampliação da noção de instrumento de verificação da aprendizagem, enquanto um conjunto de ações que objetivam favorecer que os estudantes expressem suas habilidades, atendendo aos princípios construídos. Não se deve confundir com as fichas de registros, estas, apesar de integrar os instrumentos, apenas devem registrar graficamente as especificidades dos mesmos. As próprias fichas e súmulas desenvolvidas para nossa experiência são resultados relevantes que apontam como elaborar e conduzir momentos avaliativos. As soluções encontradas para supressão dos dilemas e dificuldades de uma empreitada deste tipo aparecem também como resultados, como a escolha em conjugar algumas dimensões no mesmo instrumento em decorrência do pouco tempo efetivo de aula. Outra é o balanço entre o uso de instrumentos mais complexos e trabalhosos com outros mais simples e práticos para se adequar às demandas do professor. Concluímos que as experiências desenvolvidas aqui apontam uma possibilidade satisfatória, e ainda pouco explorada, de se avaliar as aprendizagens na Educação Física Escolar, considerando as diversas formas dos estudantes se relacionarem com os objetos de conhecimento.
Abstract: The assessment of learning in Physical Education in Schools finds challenges that go beyond those present in other curricular components. The way in which the area organizes and evaluates the relationship of the subjects' bodies with the objects of knowledge, generates possibilities that still seem to be poorly understood in the school routine. In addition to the dimensions of the contents (attitudinal, procedural and conceptual), presented in the Parâmetros Curriculares Nacionais (1998), the area finds in the Base Nacional Comum Curricular (BNCC, 2017) other organizational demands. The proposal is to think about how students relate to the objects of knowledge, privileging now eight dimensions, which led us to the problem of how it is possible to structure a proposal for evaluating learning in Physical Education at School, contemplating the eight dimensions presented in the BNCC? The present study aimed to problematize a pedagogical experience in Physical Education at School, reflecting on the assessment of learning from the perspective of the dimensions of knowledge. An exploratory qualitative research was developed, in the format of an experience report, which consisted of elaborating and experimenting formal moments of learning assessment, for a class of the 8th grade of elementary school. Altogether there were six evaluation instruments with their respective registration forms. Participant observation was the technique used to construct the field data through observation scripts. Documentary analysis was used to compare the descriptions of the observation scripts with the guiding principles for the elaboration of instruments, transformed into analysis categories. As a result, we can highlight the construction and defense of the guiding principles themselves, since the evaluative moment must be a formative moment, an extension of the teaching-learning process, and should not end in itself and therefore it does not make sense to point out instruments such as right and / or wrong. Another result is the expansion of the notion of a learning verification instrument, as a set of actions that aim to encourage students to express their skills, taking into account the built principles. It should not be confused with the record sheets, these, despite integrating the instruments, should only graphically record their specifics. The fact sheets and summaries developed for our experience are relevant results that point out how to elaborate and conduct evaluative moments. The solutions found to suppress the dilemmas and difficulties of such an endeavor also appear as results, such as the choice to combine some dimensions in the same instrument due to the short time spent in class. Another is the balance between the use of more complex and laborious instruments with others that are simpler and more practical to adapt to the teacher's demands. We conclude that the experiences developed here point to a satisfactory, and still little explored, possibility of evaluating learning in school physical education, considering the different ways that students relate to the objects of knowledge.
URI: https://repositorio.ufrn.br/jspui/handle/123456789/30056
Appears in Collections:PPEFRN - Mestrado Profissional em Educação Física em Rede Nacional

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Avaliacaoeducacaofisica_Ferreira_2020.pdf13.51 MBAdobe PDFThumbnail
View/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.