Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufrn.br/handle/123456789/31693
Title: A prática do estudante estagiário remunerado com educandos que apresentam deficiência
Authors: Pereira, Louise Sayonara Guedes
Keywords: Estágio remunerado não obrigatório;Educação inclusiva;Deficiência;Prática pedagógica
Issue Date: 31-Aug-2020
Publisher: Universidade Federal do Rio Grande do Norte
Citation: PEREIRA, Louise Sayonara Guedes. A prática do estudante estagiário remunerado com educandos que apresentam deficiência. 2020. 102f. Dissertação (Mestrado em Educação) - Centro de Educação, Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal, 2020.
Portuguese Abstract: A inclusão de alunos com deficiência, transtornos do desenvolvimento e altas habilidades/superdotação trouxe necessidade de reestruturação do ambiente escolar. A democratização dos processos de ensino e aprendizagem, um novo pensar sobre a prática pedagógica e novos agentes surgem para mediar e transpor as muitas barreiras, que vão desde aspectos arquitetônicos até aspectos pedagógicos, sob os quais transitam os estudantes estagiários remunerados. Nesse sentido, este trabalho visa analisar de que forma a prática pedagógica do estudante estagiário remunerado tem sido instituída frente a alunos que apresentam deficiência intelectual e múltipla em uma escola regular da Rede Municipal da cidade do Natal-RN. De modo específico, buscamos descrever o processo desta prática identificando suas dificuldades, desafios e perspectivas. Assim, para alcançarmos os objetivos propostos, adotamos uma abordagem metodológica qualitativa (CHIZZOTTI, 1995), adotando um perfil de pesquisa exploratória (GIL, 2007). Utilizamos como método investigativo o Estudo de Caso, que se caracteriza como um tipo de pesquisa cujo objeto é uma unidade que se analisa profundamente, envolvendo o exame detalhado de um ambiente, de um simples sujeito ou de uma situação em particular (GODOY, 1995; YIN, 2001). Utilizamos, para a construção de dados, a entrevista semiestruturada, que foi aplicada com duas estagiárias remuneradas, um docente da classe regular e a gestora pedagógica, orientada por um roteiro validado e estruturado, e a partir das observações realizadas e registradas em diário de campo. A análise e a interpretação de dados foram alicerçadas na Análise de Conteúdo, (BARDIN, 2011), tendo como categorias: Formação; Prática pedagógica no processo de estágio; Inclusão. Finalizamos este estudo apontando para o ensino colaborativo como apoio à inclusão escolar, ressaltando a necessidade do comprometimento de todos os atores presentes no ambiente escolar na promoção da efetiva inclusão.
Abstract: The inclusion of students with disability, developmental disorders, high-abilities and intellectual giftedness have reconstructed the school environment. The democratization of the learning-teaching process, new concepts of pedagogical practices and new agents of mediation have emerged to overcome multiple existing barriers, from architectural to pedagogical aspects, and among them, the paid internship student. This thesis aims to analyze in what way the paid internship student’s pedagogical practice has been established towards students with intellectual and multiple disabilities in a regular city school from Natal, Rio Grande do Norte. Specifically, we aim to describe the process of this practice identifying its difficulties, challenges and perspectives. Thus, to achieve the proposed objectives, we choose to adopt a qualitative approach (CHIZZOTTI, 1995) with an exploratory research profile (GIL, 2007). As an investigative method, we use the Case Study, which characterize as a kind of research whose object is an unity which is analyzed profoundly, involving the detailed exam of an environment, of a simple subject or of a particular situation (GODOY, 1995; YIN, 2001). We use, for the data construction, the semi structured interview, that was conducted with two paid internship students, a regular class teacher and the education administrator, guided by a script that was validated and structured from observations and field journals. The data analysis was based on the Content Analysis (BARDIN, 2011) with the categories of Formation; Pedagogical practice in the internship process; and Inclusion. We finished this study pointing out to the collaborative teaching as a support for school inclusion, highlighting the need for the participation of every agent in the school environment in the promotion of effective inclusion.
URI: https://repositorio.ufrn.br/handle/123456789/31693
Appears in Collections:PPGED - Mestrado em Educação

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Praticaestudanteestagiario_Pereira_2020.pdf1.6 MBAdobe PDFThumbnail
View/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.