Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufrn.br/handle/123456789/32600
Full metadata record
DC FieldValueLanguage
dc.contributor.authorNascimento, Marcos Adller de Almeida-
dc.contributor.authorCavalcante, Carlos Eduardo-
dc.contributor.authorSouza, Washington José de-
dc.contributor.authorCunha, Abdon Silva Ribeiro da-
dc.date.accessioned2021-05-31T14:48:47Z-
dc.date.available2021-05-31T14:48:47Z-
dc.date.issued2010-
dc.identifier.citationNASCIMENTO, Marcos Adller de Almeida; CAVALCANTE, Carlos Eduardo; SOUZA, Washington José de; CUNHA, Abdon Silva Ribeiro da. Comportamento organizacional no trabalho voluntário: motivos, perfis e correlações na pastoral da criança. Estudos do CEPE, [s. l.], n. 31, p. 97-132, 2010. Disponível em: https://online.unisc.br/seer/index.php/cepe/article/view/1382/1152. Acesso em: 10 ago. 2020.pt_BR
dc.identifier.issn1982-6729-
dc.identifier.urihttps://repositorio.ufrn.br/handle/123456789/32600-
dc.languagept_BRpt_BR
dc.publisherEstudos do CEPEpt_BR
dc.rightsAttribution 3.0 Brazil*
dc.rights.urihttp://creativecommons.org/licenses/by/3.0/br/*
dc.subjectPastoral da criançapt_BR
dc.subjectTrabalho voluntáriopt_BR
dc.subjectMotivos de entradapt_BR
dc.titleComportamento organizacional no trabalho voluntário: motivos, perfis e correlações na pastoral da criançapt_BR
dc.typearticlept_BR
dc.description.resumoEste estudo tem por objetivo conhecer elementos que motivam a entrada de pessoas no trabalho voluntário, especificamente na Pastoral da Criança, nas cidades de João Pessoa e Natal. A pesquisa foi realizada junto a voluntários de vinte e cinco paróquias da cidade de João Pessoa/PB e vinte da cidade de Natal/RN, totalizando 324 questionários, em uma população estimada de 500 voluntários. O instrumento de coleta de dados aplicado foi um questionário de perguntas elaboradas a partir de idéias teóricas extraídas de Souza, Medeiros e Fernandes (2006). O tratamento dos dados foi feito a partir da aplicação de medidas estatísticas multivariadas que buscaram explicar a correlação (Pearson e Spearman) existente entre os motivos de “entrada” e os dados sócio-demograficos. No momento seguinte, aplicaram-se as técnicas “Análise F-ANOVA” e “teste de Bonferroni” entre as variáveis de estudo e as variáveis sócio-econômicas “estado civil” e “ocupação”, no intuito de comprovar se há diferença nas médias das respostas dos voluntários. Os perfis “afetivo” e “altruísta” tiveram as maiores médias. Surgiram correlações entre os motivos de entrada, a idade e renda familiar e diferenças entre o grupo de aposentados e o de voluntários que não tem renda própriapt_BR
Appears in Collections:CCSA - DEPAD - Artigos publicados em periódicos
FELCS - Artigos publicados em periódicos

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
ComportamentoOrganizacionalTrabalho_Nascimento_2010.pdf156,04 kBAdobe PDFView/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons