Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufrn.br/handle/123456789/35475
Full metadata record
DC FieldValueLanguage
dc.contributor.advisorSampaio, Luciano Menezes Bezerra
dc.contributor.authorQueiroz, Jéssica Dalliane Gomes
dc.date.accessioned2017-06-26T15:15:40Z
dc.date.accessioned2021-09-20T15:16:40Z-
dc.date.available2017-06-26T15:15:40Z
dc.date.available2021-09-20T15:16:40Z-
dc.date.issued2016
dc.identifier2012908612pr_BR
dc.identifier.citationQUEIROZ, Jéssica Dalliane Gomes. Eficiência em educação nos municípios do Rio Grande do Norte: um modelo DEA Network. 2016. 53f. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Administração), Departamento de Ciências Administrativas, Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal, 2016.pr_BR
dc.identifier.urihttps://repositorio.ufrn.br/handle/123456789/35475-
dc.languagept_BRpr_BR
dc.publisherUniversidade Federal do Rio Grande do Nortepr_BR
dc.rightsopenAccesspr_BR
dc.subjectEficiênciapr_BR
dc.subjectEducaçãopr_BR
dc.subjectDEApr_BR
dc.subjectNetworkpr_BR
dc.titleEficiência em educação nos municípios do Rio Grande do Norte: um modelo DEA Networkpr_BR
dc.typebachelorThesispr_BR
dc.publisher.countryBrasilpr_BR
dc.publisher.initialsUFRNpr_BR
dc.contributor.referees1Gurgel, André Morais
dc.contributor.referees2Salgado, Camila Cristina Rodrigues
dc.description.resumoO objetivo deste trabalho é analisar o desempenho dos municípios do Rio Grande do Norte no ensino fundamental (5º e 9º ano), aplicando o modelo Network Data Envelopment Analysis (DEA). Com este modelo, é possível avaliar a eficiência dos municípios em adquirir os recursos necessários (físicos e humanos) para o desenvolvimento educacional e, em seguida, a transformação desses recursos em desempenho acadêmico. Para isso, serão consideradas variáveis de insumo e produto obtidas nos portais do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (INEP), Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) e Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE); sendo esta análise dividida em dois estágios, ou seja, uma análise de eficiência em redes. No primeiro estágio, são utilizados o Índice de Desenvolvimento Humano (IDH) e o gasto público (Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais da Educação – FUNDEB), entrada utilizada para analisar a aquisição em relação à oferta de ensino, representada no estudo pelo número de professores e escolas (outputs). Já no segundo estágio, os produtos intermediários gerados no primeiro estágio são então utilizados como entrada, além do número de alunos, tendo como produto final o indicador de efetividade do ensino, representado pela variável de desempenho no IDEB. Inicialmente, foram utilizados outros 3 modelos para comparação, em um deles mudou-se apenas a orientação, já para os dois restantes foi utilizado o modelo tradicional com retorno variável de escala e orientação ao output. A partir dos resultados de eficiência, considerando o modelo Network, tem-se que o município de Viçosa foi eficiente para todos os modelos utilizados. São João do Sabugi e Timbaúba dos Batistas também tiveram um bom desempenho, só não foram considerados eficientes em um dos modelos.pr_BR
dc.publisher.departmentAdministraçãopr_BR
Appears in Collections:CCSA - TCC - Administração

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
EficienciaEmEducacao_Queiroz_2016.pdfAdministração867,68 kBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.