Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufrn.br/handle/123456789/39098
Title: Prevalência de anquiloglossia em neonatos na Maternidade Escola Januário Cicco
Other Titles: Prevalence of ankyloglosis in neonates in Maternidade Escola Cicco
Keywords: Prevalência;Prevalence;Freio Lingual;Lingual Frenum;Recém-Nascido;Newborn
Issue Date: 15-Dec-2020
Publisher: Universidade Federal do Rio Grande do Norte
Citation: SALES, Flávia Carolina Casagrande Fernandes. Prevalência de Anquiloglossia em neonatos na Maternidade Escola Januário Cicco. 2020. 43f. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Odontologia) - Departamento de Odontologia, Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal, 2020.
Portuguese Abstract: Objetivo: Aferir a prevalência da anquiloglossia em neonatos nascidos na Maternidade Escola Januário Cicco (MEJC), Natal- RN, de janeiro de 2016 a dezembro de 2019, através do diagnóstico de anquiloglossia seguindo Protocolo do Teste da Linguinha, seguindo o Protocolo de Martinelli. Métodos: Foi realizada análise obtida do banco de dados do serviço em de planilha em Excel já existente no serviço, onde foram observados os resultados dos exames do Teste da Linguinha no período de janeiro de 2016 a dezembro de 2019. Resultados: Participaram da pesquisa 11038 bebês, dos quais 47,82% eram do gênero feminino e 51,79% do gênero masculino. A prevalência observada durante este período foi de 4,69%, variando significativamente entre os anos, ou seja, 2,99%, 3,84%, 5,91%, 6,25%, em 2016, 2017, 2018 e 2019 respectivamente. Observou-se uma maior prevalência no gênero masculino comparado ao feminino, na proporção de 2:1. Conclusão: A análise dos resultados desta pesquisa aponta para uma alta taxa neste período de prevalência de anquiloglossia em neonatos nascidos na Maternidade Escola Januário Cicco, Natal-RN, sendo mais frequente no sexo masculino do que no feminino.
Abstract: Aim: This study aimed to assess the prevalence of ankyloglossia in neonates born at Maternidade Escola Januário Cicco (MEJC), Natal-RN, through the diagnosis of ankyloglossia following the Linguinha Test Protocol. Methods: An analysis of the database that already existed in the service was carried out through an Excel spreadsheet, where the results of the tests of the Linguinha Test were observed from January 2016 to December 2019, and these results were presented in a descriptive manner, as if dealing with a prevalence study. Results: 11038 babies participated in the research, of which 47.82% were female and 51.79% male. The prevalence observed in this period was 4.69%, but there was a significant variation between the years, being 2.99%, in 2017 of 3.84%, in 2018 of 5.91% and in 2019 of 6.25 %. There was a higher prevalence in males compared to females, in the proportion of 2: 1. Conclusions: The analysis of the results of this research points to a high prevalence rate of ankyloglossia in neonates born at Maternidade Escola Januário Cicco, Natal-RN, being more frequent in males than in females.
URI: https://repositorio.ufrn.br/handle/123456789/39098
Other Identifiers: 20180131436
Appears in Collections:CCS - TCC - Odontologia

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
PrevalenciaNeonatosMaternnidade_Sales_2020.pdf1,07 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.