Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://repositorio.ufrn.br/jspui/handle/123456789/12177
Título: Apoio governamental à inovação tecnológica: análise da indústria farmacêutica paraense
Autor(es): Oliveira, Gabriel Antônio Ribeiro
Palavras-chave: Inovação tecnológica;Sistema nacional de inovação;Indústria farmacêutica;Technological innovation;National system of Innovation;Pharmaceutical industry
Data do documento: 27-Ago-2010
Editor: Universidade Federal do Rio Grande do Norte
Citação: OLIVEIRA, Gabriel Antônio Ribeiro. Apoio governamental à inovação tecnológica: análise da indústria farmacêutica paraense. 2010. 107 f. Dissertação (Mestrado em Políticas e Gestão Públicas; Gestão Organizacional) - Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal, 2010.
Resumo: The transformations economical, cultural and social that happen in world ambit they are associated to the intense progress and expansion of new technologies, forcing governments, people, companies and nations to the introduction of new patterns of behavior, forcing, in that way, to the continuous renewal of products and technological processes to maintain the competitiveness, so much among nations, as in the managerial world. In that matter, the technological innovation is recognized as basic factor of maintainable economical competitiveness, being the responsible for the breaking and/or improvement of the techniques and production processes, what presupposes the systematization varied institutional arrangements that they involve firms, interaction nets among companies, government agencies, universities, research institutes, laboratories of companies and scientists and engineers activities. Those arrangements, to the if they articulate with the educational system, with the industrial and managerial section and, also, with the financial institutions, they take the form that Freeman (1987) it coined of national system of innovation, promoted through public politics of CT&I, which seek to induce and to support innovative initiatives in the companies, as well as to establish demands and to prioritize vocations and regional potentialities. In that context of government support to the technological innovation interferes this study, that it looked for to know the reasons of the fragility innovative in the pharmaceutical industry of State of Pará in Brazil, pointed for PINTEC (2005), starting from the point of view of the businessmen of that section. For such, the qualitative approach was used - with interviews directing semi and the technique of the content analysis. The results of the research pointed that the fragilities innovative of the section links to the ignorance of the government support to the technological innovation on the part of the businessmen of the pharmaceutical industry of State of Pará in Brazil
metadata.dc.description.resumo: As transformações econômicas, culturais e sociais que ocorrem em âmbito mundial estão associadas ao intenso avanço e expansão de novas tecnologias, forçando governos, pessoas, empresas e nações à introdução de novos padrões de comportamento, obrigando, desse modo, à renovação contínua de produtos e processos tecnológicos para manter a competitividade, tanto entre nações, como no mundo empresarial. Nesse particular, a inovação tecnológica é reconhecida como fator básico de competitividade econômica sustentável, sendo a responsável pelo rompimento e/ou aperfeiçoamento das técnicas e processos de produção, o que pressupõe a sistematização de variados arranjos institucionais que envolvem firmas, redes de interação entre empresas, agências governamentais, universidades, institutos de pesquisa, laboratórios de empresas e atividades de cientistas e engenheiros. Esses arranjos, ao se articularem com o sistema educacional, com o setor industrial e empresarial e, também, com as instituições financeiras, tomam a forma que Freeman (1987) cunhou de sistema nacional de inovação, promovido por meio de políticas públicas de CT&I, as quais visam induzir e apoiar iniciativas inovadoras nas empresas, como também estabelecer demandas e priorizar vocações e potencialidades regionais. Nesse contexto de apoio governamental à inovação tecnológica se insere este estudo, que buscou conhecer as razões da fragilidade inovativa na indústria farmacêutica paraense, apontada pela PINTEC 2005, a partir do ponto de vista do empresariado desse setor. Para tal, utilizou-se a abordagem qualitativa - com entrevistas semi diretivas e a técnica da análise de conteúdo. Os resultados da pesquisa apontaram que as fragilidades inovativas do setor se relacionam ao desconhecimento do apoio governamental à inovação tecnológica por parte do empresariado da indústria farmacêutica paraense
URI: http://repositorio.ufrn.br:8080/jspui/handle/123456789/12177
Aparece nas coleções:PPGA - Mestrado em Administração

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
GabrielARO_DISSERT.pdf1,12 MBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.