Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://repositorio.ufrn.br/jspui/handle/123456789/12276
Título: Cultura como desenvolvimento entre os Paresi Kozarini
Autor(es): Silveira, Ema Maria dos Santos
Palavras-chave: Etnologia. Paresi-Kozarini. Etnografia. Cultura. Identidade. Etnodesenvolvimento;Ethnology. Paresi-Kozarini. Ethnography. Culture. Identity. Ethnodevelopment
Data do documento: 4-Out-2011
Editor: Universidade Federal do Rio Grande do Norte
Citação: SILVEIRA, Ema Maria dos Santos. Cultura como desenvolvimento entre os Paresi Kozarini. 2011. 159 f. Dissertação (Mestrado em Antropologia Social) - Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal, 2011.
Resumo: The proposal of the present study is to get to know and to analyze the building up of the culture notion among the participants of the Paresi Kozarini group in the ethnodevelopment context. The main focus is the ethnographic study, presenting a description of Aldeia Rio Verde (Paresi Indigenous Land), understanding it as a synthesis of historic processes which explains the current moment of Paresi Indigenous group. By using the mentioned methodology, the processes and social relations produced along the contact path of this group with regional-national culture were focused, and how that contact affects the present. The research questions which concern the present study refer to the processes of identification of the researched subjects about themselves and in relation to others. According as almost the totality of the indigenous group we usually know as Paresi, recognize itself as Kozarini, the attention is directed to the manner how they see themselves and how they differ from the other Paresi groups, not indigenous people, and other indigenous groups; and which meanings of the prefix ethno- (which culture elements) they have elected to represent and manage external matters to their culture and society, in the context of discussions about ethnodevelopment
metadata.dc.description.resumo: A proposta deste estudo é conhecer e analisar a construção da noção de cultura entre o grupo Paresi Kozarini no contexto do etnodesenvolvimento. Nosso enfoque principal é estudo etnográfico, onde descreveremos a Aldeia Rio Verde (Terra Indígena Paresi), entendendo-a como síntese dos processos históricos, que traduzem o atual momento do grupo Indígena Paresi. Com a utilização dessa metodologia, foram focalizados os processos e relações sociais engendradas ao longo da trajetória de contato desse grupo com a cultura regional-nacional, e no modo como isso repercute no presente. As questões de pesquisa que nortearam este estudo referem-se aos processos de identificação dos sujeitos pesquisados sobre si mesmos e em relação aos outros. Nessa linha de pesquisa, na medida em que a quase totalidade do grupo indígena que conhecemos, usualmente, como Paresi se autoreconhece como Kozarini, atenta-se para o modo como se veem e como se diferenciam perante aos demais grupos Paresi, os não índios e outros grupos indígenas; e quais os sentidos do prefixo etno- (quais elementos da cultura) que elegeram para se representarem e administrarem as questões externas a sua cultura e sociedade, no contexto das discussões sobre o etnodesenvolvimento
URI: http://repositorio.ufrn.br:8080/jspui/handle/123456789/12276
Aparece nas coleções:PPGAS - Mestrado em Antropologia Social

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
EmaMSS_DISSERT.pdf1,83 MBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.