Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://repositorio.ufrn.br/jspui/handle/123456789/12572
Título: Metagenômica comparativa de solo de regiões de mata atlântica e caatinga do estado do Rio Grande do Norte - Brasil
Autor(es): Pacchioni, Ralfo Goes
Palavras-chave: Metagenoma;Solo;Pirosequenciamento;MEGAN;CARMA;MG-RAST;Caatinga;Mata atlântica;Metagenome;Soil;Pyrosequencing;MEGAN;CARMA;MG-RAST;Caatinga;Atlantic Forest
Data do documento: 2-Dez-2010
Editor: Universidade Federal do Rio Grande do Norte
Citação: PACCHIONI, Ralfo Goes. Metagenômica comparativa de solo de regiões de mata atlântica e caatinga do estado do Rio Grande do Norte - Brasil. 2010. 156 f. Dissertação (Mestrado em Bioquímica; Biologia Molecular) - Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal, 2010.
Resumo: The microorganisms play very important roles in maintaining ecosystems, which explains the enormous interest in understanding the relationship between these organisms as well as between them and the environment. It is estimated that the total number of prokaryotic cells on Earth is between 4 and 6 x 1030, constituting an enormous biological and genetic pool to be explored. Although currently only 1% of all this wealth can be cultivated by standard laboratory techniques, metagenomic tools allow access to the genomic potential of environmental samples in a independent culture manner, and in combination with third generation sequencing technologies, the samples coverage become even greater. Soils, in particular, are the major reservoirs of this diversity, and many important environments around us, as the Brazilian biomes Caatinga and Atlantic Forest, are poorly studied. Thus, the genetic material from environmental soil samples of Caatinga and Atlantic Forest biomes were extracted by direct techniques, pyrosequenced, and the sequences generated were analyzed by bioinformatics programs (MEGAN MG-RAST and WEBCarma). Taxonomic comparative profiles of the samples showed that the phyla Proteobacteria, Actinobacteria, Acidobacteria and Planctomycetes were the most representative. In addition, fungi of the phylum Ascomycota were identified predominantly in the soil sample from the Atlantic Forest. Metabolic profiles showed that despite the existence of environmental differences, sequences from both samples were similarly placed in the various functional subsystems, indicating no specific habitat functions. This work, a pioneer in taxonomic and metabolic comparative analysis of soil samples from Brazilian biomes, contributes to the knowledge of these complex environmental systems, so far little explored
metadata.dc.description.resumo: Os microorganismos desempenham importantes funções na manutenção dos ecossistemas, o que explica o enorme interesse em compreender as relações existentes entre estes organismos, bem como entre eles e o meio. Estima-se que o número total de células procarióticas na Terra seja entre 4 e 6 x 1030, constituindo um enorme pool biológico e genético a ser explorado. Apesar de atualmente apenas 1% de toda essa riqueza poder ser cultivada por técnicas laboratoriais padrão, ferramentas metagenômicas permitem o acesso ao potencial genômico de amostras ambientais de forma independente de cultivo, e em associação com tecnologias de sequenciamento da terceira geração, a cobertura amostral se torna ainda maior. Solos, em particular, são os maiores reservatórios dessa diversidade, e muitos ambientes importantes ao nosso redor, como os biomas brasileiros Caatinga e Mata Atlântica, são pouco estudados. Sendo assim, o material genético ambiental de amostras de solo dos biomas Caatinga e Mata Atlântica foi extraído através de técnicas diretas, pirosequenciado, e as seqüências geradas foram analisadas através de programas de bioinformática (MEGAN, MG-RAST e WEBCarma). Perfis taxonômicos comparativos das amostras mostraram que os filos Proteobacteria, Actinobacteria, Acidobacteria e Planctomycetes foram os mais representativos. Em adição, fungos do filo Ascomycota foram identificados predominantemente na amostra de solo de Mata Atlântica. Perfis metabólicos mostraram que, apesar da existência de diferenças ambientais, sequências de ambas as amostras foram inseridas similarmente nos diversos subsistemas funcionais, não indicando funções habitat específicas. Este trabalho, pioneiro em análises taxonômicas e metabólicas comparativas de amostras de solo de biomas brasileiros, contribui para o conhecimento destes sistemas ambientais complexos, até então pouco explorados
URI: http://repositorio.ufrn.br:8080/jspui/handle/123456789/12572
Aparece nas coleções:PPGB - Mestrado em Bioquímica

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
MetagenômicaComparativaSolo_Pacchioni_2010.pdf2,76 MBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.