Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://repositorio.ufrn.br/jspui/handle/123456789/13328
Título: Investigação farmacoepidemiológica do uso do clonazepam no distrito sanitário leste em Natal-RN
Autor(es): Diniz, Rodrigo dos Santos
Palavras-chave: Farmacoepidemiologia;Clonazepam;Erros de medicação;Farmácia comunitária;Segurança de medicamentos;Pharmacoepidemiology;Clonazepam;Medication errors;Community pharmacy;Drug safety
Data do documento: 4-Fev-2011
Editor: Universidade Federal do Rio Grande do Norte
Citação: DINIZ, Rodrigo dos Santos. Investigação farmacoepidemiológica do uso do clonazepam no distrito sanitário leste em Natal-RN. 2011. 5 f. Dissertação (Mestrado em Ciências da Saúde) - Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal, 2011.
Resumo: Prescription errors are the most serious type of medication errors found in the health system. The main purpose of this study was to evaluate the quality of clonazepam prescriptions. A descriptive and observational study with retrospective data collection was conducted at 30 community pharmacies in Natal/RN, Brazil, after informed consent was obtained from the pharmacists. A sample of 313 prescription notifications was randomly collected in October 2009. They were analyzed for legible handwriting and completeness. During the study, one researcher, two pharmacists, and one pharmacy undergraduate student evaluated patient and purchaser identification, pharmaceutical form, dosing regimen, administration route, and prescription by generic name. This research was approved by the institutional Ethics Committee. Among the 313 collected notifications, only 44.1% were legible. A total of 55.91% (175/313) had at least one illegible item, 100% contained incomplete information, and 97.12% (304/313) contained one or more abbreviations. The proportion of illegible handwriting related to the patient s identification (p=0.0001) was statistically significantly greater than that related to the drug purchaser s identification (p=0.0004). Contrary to legal requirements, prescriptions with the generic name accounted for 13.42% (42/313) of the total. All the examined notifications were handwritten. Prescription errors, which potentially can have serious consequences, have been evaluated worldwide, although little is known about this subject as it relates to community pharmacies. This study showed high percentages of prescribing problems, which justifies the development of future research about medication errors in community pharmacies and education activities for prescribers
metadata.dc.description.resumo: Os erros de prescrição são os mais sérios tipos de erros de medicação encontrados no sistema de saúde. Sendo assim, o principal objetivo desse estudo foi avaliar a qualidade das notificações de receita de clonazepam. Um estudo descritivo e observacional, com coleta retrospectiva de dados, foi conduzido em 30 farmácias comunitárias no município de Natal/RN, Brasil. Após a obtenção do termo de consentimento livre e esclarecido por parte dos farmacêuticos comunitários, uma amostra de 313 notificações de receita de clonazepam foi aleatoriamente coletada em Outubro de 2009. As notificações foram analisadas quanto à legibilidade e completude de informações. Durante o estudo, uma comissão, constituída por um dos pesquisadores, dois farmacêuticos e um estudante de graduação em farmácia, avaliou os seguintes parâmetros: identificação do paciente e comprador do medicamento, forma farmacêutica, posologia, via de administração e prescrição pela denominação genérica. A pesquisa foi aprovada pelo Comitê de Ética em pesquisa da Universidade Federal do Rio Grande do Norte. Dentre 313 notificações de receita de clonazepam coletadas, apenas 44,1% apresentaram-se legíveis. Um total de 55,91% (175/313) demonstrou pelo menos um dado ilegível, 100% continham informações incompletas e 97,12% (304/313) possuíam uma ou mais abreviaturas. A proporção de ilegibilidade relacionada à caligrafia da identificação do paciente (p=0,0001) foi estatisticamente mais significante que a relacionada à caligrafia da identificação do comprador do medicamento (p=0,0004). Contrariando dispositivos legais, a prescrição pela denominação genérica ocorreu em apenas 13,42% (42/313) do total. Todas as notificações de receita examinadas estavam escritas à mão. Os erros de prescrição, que potencialmente podem levar a sérias consequências, têm sido mundialmente estudados, embora pouco seja conhecido no âmbito da farmácia comunitária. Esse estudo mostrou elevados percentuais de problemas relacionados à prescrição, o que justifica o desenvolvimento de pesquisas futuras sobre erros de medicação em farmácias comunitárias e de atividades de ensino para os prescritores
URI: http://repositorio.ufrn.br:8080/jspui/handle/123456789/13328
Aparece nas coleções:PPGCSA - Mestrado em Ciências da Saúde

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
RodrigoSD_DISSERT_partes.pdf43,37 kBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.