Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://repositorio.ufrn.br/jspui/handle/123456789/13499
Título: Características genotípicas e fenotípicas de Candida Albicans isoladas da cavidade bucal de pacientes transplantados renais com ênfase na ação do extrato bruto de Eugenia uniflora em fatores de virulência
Autor(es): Silva, Walicyranison Plinio da
Palavras-chave: Candida albicans. Candidíase oral. Pacientes transplantados renais. Genotipagem. Fatores de virulência. Eugenia uniflora. Produtos naturais;Candida albicans. Oral candidiasis. Kidney transplant recipients. Genotyping. Virulence factors. Eugenia uniflora. Natural products
Data do documento: 11-Jun-2013
Editor: Universidade Federal do Rio Grande do Norte
Citação: SILVA, Walicyranison Plinio da. Características genotípicas e fenotípicas de Candida Albicans isoladas da cavidade bucal de pacientes transplantados renais com ênfase na ação do extrato bruto de Eugenia uniflora em fatores de virulência. 2013. 109 f. Dissertação (Mestrado em Bioanálises e Medicamentos) - Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal, 2013.
Resumo: Candida albicans is a diploid yeast that in some circumstances may cause oral or oropharyngeal infections. The investigation of natural products is mandatory for the discovery of new targets for antifungal drugs development. This study aimed to determine the genotypes of 48 clinical isolates of C. albicans obtained from the oral cavity of kidney transplant patients from two distinct geographic regions of Brazil. In addition, we investigated three virulence factors in vitro: phospholipase activity, morphogenesis and the ability to evade from polymorphonuclear neutrophils. The expression of these virulence factors in vitro was also investigated in the presence of the crude extract of Eugenia uniflora. The genotype A was the most prevalent (30 isolates; 62.5%), followed by genotype C (15 isolates; 31.5%) and genotype B (3 isolates; 6.25%). When microsatellite technique with primer M13 was applied, 80% of the isolates from the South were placed within the same cluster. All Genotype C strains were grouped together within two different clusters. Genotype C was considered more resistant to PMNs attack than genotypes A and B. Strains isolated from the South of Brazil showed higher ability to combat PMNs phagocytosis. We found a high rate of genotype C strains isolated from the oral cavity of this group of patients. The crude extract of E. uniflora inhibited proper hypha formation and phagocytosis by PMNs, but had no significant effect on phospholipase activity. This study characterized oral C. albicans strains isolated from kidney transplant recipients and will contribute for the better understanding of the pathogenesis and alternative therapeutics for oral candidiasis
metadata.dc.description.resumo: Candida albicans é uma levedura diplóide que em certas circunstâncias pode causar infecções da cavidade oral e da orofaringe. A investigação de produtos naturais é fundamental para a descoberta de novos alvos para o desenvolvimento de drogas antifúngicas. Este estudo objetivou determinar os genótipos de 48 isolados clínicos de C. albicans obtidos da cavidade oral de pacientes transplantados renais de duas distintas regiões geográficas do Brasil. Além disso, foram investigados três fatores de virulência in vitro: atividade de fosfolipase, morfogênese e a capacidade de escapar do ataque de neutrófilos polimorfonucleares. A expressão destes fatores de virulência também foi investigada na presença do extrato bruto de Eugenia uniflora. O genótipo A foi o mais prevalente (30 isolados; 62,5%), seguido do genótipo C (15 isolados; 31,5%) e do genótipo B (3 isolados; 6,25%). Quando a técnica do microssatélite com o primer M13 foi empregada, 80% dos isolados da região Sul foram agrupados no mesmo cluster. Todos os isolados do genótipo C foram agrupados juntos em dois diferentes clusters bem definidos. Isolados do genótipo C foram considerados mais resistentes à ação de PMNs do que os dos genótipos A e B. As cepas isoladas do Sul do Brasil demonstraram maior habilidade em combater a fagocitose por PMNs. Encontrou-se uma alta taxa de isolados do genótipo C da cavidade oral deste grupo de pacientes. O extrato bruto de E. uniflora inibiu a formação de hifa e fagocitose por PMNs, mas não apresentou efeito significativo na atividade de fosfolipase. Este estudo caracterizou isolados clínicos de C. albicans da cavidade oral de pacientes transplantados renais, contribuindo para um melhor entendimento da patogênese e terapêutica alternativa para a candidíase oral
URI: http://repositorio.ufrn.br:8080/jspui/handle/123456789/13499
Aparece nas coleções:PPGCF - Mestrado em Ciências Farmacêuticas

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
WalicyranisonPS_DISSERT.pdf2,71 MBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.