Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://repositorio.ufrn.br/jspui/handle/123456789/13768
Título:  Capital Social e Desenvolvimento Rural: acesso, uso e gestão da água nos Territórios Rurais do Sertão do São Francisco
Autor(es): Bispo, Rogério de Souza
Palavras-chave: Capital Social;Desenvolvimento Rural;Recursos Hídricos;Social Capital;Rural Development;Water Resources
Data do documento: 7-Abr-2010
Editor: Universidade Federal do Rio Grande do Norte
Citação: BISPO, Rogério de Souza. Capital Social e Desenvolvimento Rural: acesso, uso e gestão da água nos Territórios Rurais do Sertão do São Francisco . 2010. 160 f. Tese (Doutorado em Desenvolvimento Regional; Cultura e Representações) - Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal, 2010.
Resumo: This study aimed to contribute to the discussion of social capital, seeking to relate that to the access, use and water resources management in the Sao Francisco Vale, specifically in rural areas of the wilderness of San Francisco situated in the State of Bahia and Pernambuco. As, stimulate action possibilities for individuals (family rural) apart by a patrimony public so precious that is water. Besides a theoretical discussion of social capital (networks, trust, participation) and rural development. We applied 387 questionnaires to farmers and some interviews with actors social of territorial forum and committee of the São Francisco basin where it was possible to correlate our variables in order to confirm our hypothesis: social capital is a key element to ensure access, use and management of water for rural families living in irrigated and rainfed areas
metadata.dc.description.resumo: Este trabalho teve como objetivo contribuir com o debate do capital social, buscando relacionar este com o acesso uso e gestão dos recursos hídricos no Vale do São Francisco, mais precisamente nos territórios rurais do Sertão do São Francisco situados no Estado da Bahia e Pernambuco. Bem como, estimular possibilidades de ação por sujeitos (família rurais) apartados por um bem público tão precioso que é a água. Além de uma discussão teórica sobre o capital social (redes, confiança, participação) e desenvolvimento rural. Aplicamos 387 questionários com agricultores familiares e algumas entrevistas com atores sociais dos fóruns territoriais e do comitê da bacia do São Francisco onde foi possível correlacionar nossas variáveis no intuito de comprovar nossa hipótese: capital social é um elemento chave para garantir acesso, uso e gestão da água por famílias rurais que vivem nos perímetros irrigados e em áreas de sequeiro
URI: http://repositorio.ufrn.br:8080/jspui/handle/123456789/13768
Aparece nas coleções:PPGCS - Doutorado em Ciências Sociais

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
RogerioSB_TESE.pdf3,15 MBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.