Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://repositorio.ufrn.br/jspui/handle/123456789/13845
Título: A arte de si: uma análise da ascese nas comunidades alternativas
Autor(es): Santos, Ana Cecília dos
Palavras-chave: Ascese. Subjetividade. Espiritualidade. Ambiente;Asceticism. Subjectivity. Spirituality. Environment
Data do documento: 3-Jun-2014
Editor: Universidade Federal do Rio Grande do Norte
Citação: SANTOS, Ana Cecília dos. A arte de si: uma análise da ascese nas comunidades alternativas. 2014. 146 f. Tese (Doutorado em Desenvolvimento Regional; Cultura e Representações) - Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal, 2014.
Resumo: In this research, we studied alternative communities that promote self-care practices, as well as environmental and community care.We problematized if there are ascetical practices in these communities - understanding asceticism from Ortega (2008) and Foucault (2006, 2009, 1998), which would be a transition from one type of subjectivity to another one to be achieved through exercises on itself, in other words, the ascetic oscillates between a refused identity to another to be drawn by an art that focuses itlself.This research was conducted through the analysis of files, observations of daily practices and interviews with open questions in order to achieve reflections and thoughts of the residents of alternative communities.For our study, we chose the Alternative Community of Campina, located in the Capon Valley/Bahia; Sabiaguaba community, located in Fortaleza-CE; and the National Meeting of Alternative Communities (ENCA). The research points to ways of living that create new subjectivities, in which the subject feels responsible for taking care of themselves, others and the environment
metadata.dc.description.resumo: Nessa pesquisa, estudamos comunidades alternativas que promovem práticas de cuidado de si, cuidado com o ambiente e a comunidade. Problematizamos se nessas comunidades existe uma ascese - entendendo o ascetismo a partir de Ortega (2008) e Foucault (2006, 2009, 1998), o qual seria uma passagem de um tipo de subjetividade para outra a ser atingida, mediante exercícios sobre si, ou seja, o asceta pendula entre uma identidade recusada para outra a ser aspirada que incide mediante uma arte de si. Essa pesquisa foi realizada por meio da análise de arquivos, observações das práticas cotidianas e entrevistas com questões abertas, a fim de se obter reflexões e pensamentos dos moradores das comunidades alternativas. Para nosso estudo, escolhemos a Comunidade Alternativa de Campina, localizada no Vale no Capão/Bahia; Comunidade de Sabiaguaba, localizada em Fortaleza-CE; além da participação no Encontro Nacional de Comunidades Alternativas (ENCA). A pesquisa aponta para formas de viver criadoras de novas subjetividades, nas quais o sujeito se sente responsável por cuidar de si, dos outros e do ambiente
URI: http://repositorio.ufrn.br:8080/jspui/handle/123456789/13845
Aparece nas coleções:PPGCS - Doutorado em Ciências Sociais

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
AnaCS_TESE.pdf1,9 MBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.